[Resenha] 8 Segundos – Camila Moreira

O que fazer, quando dois mundos totalmente diferentes se chocam em uma realidade não esperada? Pietra sempre teve tudo o que desejava, mas após ser obrigada a passar trinta dias isolada em uma das fazendas da família, ela vai descobrir que nem tudo está ao alcance de suas mãos. Um peão de olhos azuis está tirando o sono da princesa da cidade. Lucas Ranger é um homem ligado às coisas mais simples da vida. Suas maiores paixões são o rodeio, o campo e os animais. Lucas não se deixa levar pelos lindos olhos verdes de Pietra, ele sabe que ela significa problema. Mas será que o cowboy indomável, irá se deixar laçar por uma menina de cristal? Oito segundos... uma história de amor e paixão superando as diferenças.
Romance Contemporâneo | 280 Páginas | Cortesia Suma de Letras | Skoob | Compare& Compre: SaraivaSubmarinoAmazon | Classificação: 4/5

A cada livro que leio da Camila Moreira me apaixono mais um pouco por sua escrita. 8 Segundos tem uma narrativa tão envolvente que não consegui parar de lê-lo. – Sério, estava caindo de sono e mesmo assim não fui capaz de interromper a leitura. A obra é divertida, romântica, sensual e muito emocionante; uma mescla perfeita de sentimentos que dão vida a uma história repleta de superação. E o melhor é que a autora nos engana direitinho! A trama começa com uma mocinha fútil, com os protagonistas em pé de guerra, e com um relacionamento puramente carnal. Entretanto, superando as expectativas, a obra logo revela sua real abordagem: um amor forte que ultrapassa as barreiras do preconceito e da vingança. E, mesmo permeada de clichês, é fato que adorei cada faceta dessa história.

A obra é narrada sob duas óticas: a de Pietra e a de Lucas. Como reflexo da morte precoce da mãe e da ausência constante do pai, Pietra tornou-se uma mulher mimada, mandona e superficial. Sua vida é regrada de mordomias, futilidades, festas sem sentido e pessoas descartáveis. E seu mais novo sonho é morar em Paris, algo que seu pai – como um último apelo à sanidade da filha – diz que ela só realizará se antes passar um tempo na fazenda da família.  Nem preciso dizer que a patricinha não vai se adequar a vida no campo, certo? Já Lucas faz o estilo bom moço. Formado em medicina veterinária, o jovem trabalha na fazenda do pai de Pietra, vive com o tio e a prima (que ele considera como uma irmã mais nova), é amado por todos na região, e faz muito sucesso com as mulheres. Seu maior sonho é montar touros profissionalmente e ser reconhecido por isso. É óbvio que Pietra e Lucas são como água e óleo. Porém, o convívio diário na fazenda acenderá neles a chama do desejo. E enquanto eles embarcam em um relacionamento de brigas e provocações, aos poucos vão aprendendo que são mais parecidos do que poderiam imaginar. De fato, logo eles descobrirão que o passado já tratou de unir, e talvez até de definir, seus destinos.
“Nós dois fomos salvos por esse amor que nasceu inesperadamente. Contrariando a tudo e a todos, juntamos o melhor dos dois mundos e fizemos dele o nosso mundo. Meu e seu.”
Pietra chega à fazenda causando: saltos altos, roupas de marcas, olhar de superioridade... Mas assim que ela bota os olhos em Lucas as coisas começam a mudar. De início a relação entre eles é toda baseada no desejo. Afinal, o fato é simples: Pietra quer Lucas, e ela está acostumada a ter tudo o que quer. Já Lucas, por mais que a deseje, não está disposto a ser o novo brinquedinho da garotinha mimada pelo pai. Assim, eles vão divertindo o leitor com suas brigas e confusões; com um relacionamento estilo cão e gato – algo como “te quero mais não devo” – que nos envolve completamente. É clichê como tudo começa, não posso negar, contudo a narrativa da autora é tão cativante que é impossível não simpatizar com esses dois. Pietra é chata e Lucas também não fica atrás. Mas eles são fortes, determinados, decididos e bem-humorados. Dessa forma, além de diálogos irônicos e sensuais, temos um casal que adora uma boa pegadinha. O que, claro, garante muita diversão.


Entretanto, o decorrer da história não é nem de longe tão leve como a primeira parte do livro. Assim que Pietra começa a mudar, a perceber a vida vazia que levava – e, consequentemente, a se entender com Lucas – a jovem passa por várias provações. Ela descobrirá que quer mais do futuro, encontrará o amor verdadeiro, enfrentará a dor da perda, e desvendará segredos familiares que mudarão totalmente o rumo de sua vida. E é nesse ponto que o foco da obra deixa de estar no romance carnal e passa a dar vida a algo profundo e sincero, a um sentimento de entrega e doação digno de ser intitulado amor. Confesso que a mudança da narrativa não foi inesperada, desde o início ficou claro para mim que ela ocorreria, porém não dá para negar que ela causa certa estranheza. É bom sair do previsível, ainda mais quando mergulhamos profundamente na trama e encontramos um vasto leque de emoções, mas não esperava que uma obra que começou tão divertida se transformasse em uma tremenda lição de vida. Realmente me envolvi com a luta desses personagens, com seus medos e sonhos, e com a força que eles demonstram mesmo quando falham.


No geral, o livro é bem clichê e tem um final previsível, mas supera as expectativas do leitor por ir além daquilo que o gênero limita que a obra seja. Sabe aquela velha ideia de que um romance sensual não é emocionante? Bobeira! A Camila Moreira mostra como a vida real é: repleta de desejo, diversão, mágoas, segredos, medos e superação. Ela dá um toque de novela mexicana para a história, mas isso é uma característica de sua escrita, que segue uma linha mais direta e objetivo. Portanto, para quem gosta do gênero eis uma leitura mais que obrigatória.
“Nunca provoque um peão: ele só precisa de oito segundos para te enlouquecer”.

Beijos,


Participe Aqui

34 comentários:

  1. Olá Pah
    A historia é interessante, não parece ter nada mais marcante, e sim ser uma historia de amor.
    Dois personagens totalmentes diferentes, que acabam se apaixonado...por mais que não pareca ter algo diferente, não tem como não se interessar.
    já ouvi falar bastante dele, nunca parei para ler.
    Amo romance,
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Ahh... mas quem não gosta de sentir um gostinho previsível de vez em quando... Um conto de fadas parece! O amor proibido que no final é feliz para sempre! Até sorri sem querer aqui na frente do computador....

    ResponderExcluir
  3. Ahahahahaha adoreiiiii a frase final! kkkkkkk Eu tenho esse livro, mas ainda não li, achei super interessante a sinopse, principalmente pq eu amo histórias de peão!!! ahahahah adorei a resenha e a Camila pelo visto vai me conquistar logo no primeiro livro que vou ler dela!!! :)

    ResponderExcluir
  4. Caramba!
    Confesso que me surpreendi, Pah.
    Essa capa me fez passar longe até mesmo da sinopse, mas a tua resenha me ganhou. Gosto muitíssimo de narrativas alternadas, de acompanhar o crescimento de protagonistas, de romance apimentado, de casais que "não se bicam", rs.
    Não tinha o menor interesse na obra, mas isso acaba de mudar!
    Fiquei imaginando essa capa com uma moça usando salto, no lugar de botas :p

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Não curto muito esses livros com pegada meio adulta, mas amei muito a resenha, foi muito bem elaborada. Parabéns.

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Ai, a cada resenha que leio desse livro fico com mais vontade de lê-lo. Estava hesitando quanto a colocá-lo na minha estante do Skoob, mas agora acho que não tenho escolha :)

    http://sobrecontarhistorias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Amo a escrita da Camila. E me sinto honrada por estar em seus agradecimentos. Acompanhei o nascimento dessa obra, LUCAS RANGER e meu marido literário <3
    Falo de boca cheia e com muito orgulho o quanto esse livro é lindo, bem escrito e com uma enredo envolvente. Lucas e Pietra são o verdadeiro casal fogo e gasolina e a cada nova página você vai se descobrindo mais apaixonado por eles. A Patricinha e o caipira <3

    ResponderExcluir
  8. Após a leitura do Livro O Amor Não Tem Leis, muito curiosa para ler outros livros da autora. Pela resenha, acredito que o livro é tão bom quanto.

    ResponderExcluir
  9. PaolaEstou lendo esse livro,confesso que no início não gostei devido a carnalidade,palavras e expressões que não me agradam ,porém depois dessa resenha, darei a obra oportunidade para também poder mergulhar na parte que realmente pode valer a pena.Beijos!!!

    ResponderExcluir
  10. AAAAH, Pah,
    acho que faz mais de uma semana que estou ensaiando para comprar este livro. coloco no carrinho, tiro, coloco de novo, tiro outra vez...
    estou morrendo de curiosidade em ler ele, parece ser uma trama ótima. nunca li nada da autora, mas só vejo resenhas positivas dos livros dela.
    e ver essa resenha de 8 Segundos sua me deixou mais curiosa ainda, porque temos gostos parecidos, então tenho certeza que vou amar ele também! *----*
    acho que vou parar de enrolar e comprar ele hoje mesmo ;~~

    ResponderExcluir
  11. Ooi Pah,
    Não gosto muito desses livros com pegada meio adulta, mas adorei a resenha.
    Parece ser uma historia bem bacana, gosto muito de histórias clichês.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  12. Já vi outras resenhas e comentários a respeito desse livro .. Apesar de se passar em um ambiente que eu não curto muito, o que faria com que eu tivesse mais dificuldade de me familiarizar com a obra possivelmente , ainda assim parece ser um livro muito bom por tudo que já ouvi e li a respeito.. Portanto, surgindo uma oportunidade quero conferir..

    ResponderExcluir
  13. Estou louca pra ler esse livro. Li aqui no seu blog as resenhas dos dois livros dela de O amor não tem leis e já adquiri o primeiro e quando vi que a Suma ia lançar este livro eu adorei a ideia agora depois de ver a resenha dele aqui minha determinação em ler o livro aumentou. Lucas deve ser um cara muito lindo pra conquistar o olhar da Patricinha né?

    Bjus

    ResponderExcluir
  14. "..com um relacionamento estilo cão e gato – algo como “te quero mais não devo”.." Só nessa frase a sua resenha já me ganhou e me convenceu a ler o livro, meu tipo de história favorita.

    ResponderExcluir
  15. Hello!
    Amooo romances e esse já tinha me interessado qdo vi. Não ligo se for mais clichê! As vezes é ler algo previsível.
    Achei a capa bonita, adoro essas coisas country., mto charmoso!
    Gosto de narrativas alternadas, da pra ver oq os personagens pensam.
    Bju

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Não tinha lido nada a respeito do livro e gostei bastante.
    Gosto de romances e a história mesmo sendo clichê pareceu ser boa. Os personagens principais também são legais e pelo que foi escrito é uma história de superação e no decorrer do livro a protagonista se torna uma pessoa melhor.
    Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  17. Já adorei a resenha. E livros clichês e previsíveis são os melhores livros de mulherzinha :) Nunca tinha nem ouvido falar dessa autora, mas já gostei bastante.

    ResponderExcluir
  18. Oi, Pah!
    Que bom que mesmo a obra sendo clichê e sensual ainda mostra o verdadeiro amor, mesmo assim acho que é mais pra fãs do gênero mesmo, então não fiquei com vontade de ler.
    Ótima resenha! Bjos <3

    ResponderExcluir
  19. Oi, não gosto muito de ler romances, principalmente desse tipo. Bjus.

    ResponderExcluir
  20. Ja li algumas resenhas sobre esse livro e parece sim ter uma boa historia, alem de que eu fiquei encantada por essa capa! achei simples e fofa demais! Mas nao sei se o livro faria o meu tipo :/ talvez eu de uma chance

    ResponderExcluir
  21. Eu li, e gostei muito, os livros da Camila são muito bom de ser ler.

    ResponderExcluir
  22. Conheço esse livro, achei bem legal e fácil de ler, assim da para ler rapidinho. A capa não me chamou a atenção, mas a história valeu.

    ResponderExcluir
  23. A alguns dias atras li uma resenha negativa sobre esse livro e fiquei com um pé atras, agora estou em duvida se leio ou não, ele parece ser bem interessante mesmo parecendo ser cliche. Por enqaunto não irei atras dele, mas se eu ganhar ou tiver a chance de ter ele aparecer irei aproveitar.

    ResponderExcluir
  24. Oi Pah!
    Já li outras resenhas também sobre esse livro e apesar de não curtir muito o gênero, ele me despertou muita curiosidade.
    Espero poder lê-lo em breve.

    ResponderExcluir
  25. Já li outras resenhas positivas sobre esse livro, mas não me animo para ler. Prefiro obras que me surpreendam um pouco mais... Mas o que vale é ler de tudo um pouco.

    Abraços

    ResponderExcluir
  26. Também amooo os livros da Camila Moreira <3
    8 segundos é um otimo livro, recomendo a todos *u*
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  27. Pah!
    Gosto do estilo novela mexicana, sabe? Dá um drama maior no enredo.
    E gostaria de acompanhar tudo vivido por Pietra, até chegar a seu amadurecimento e o desenlace do romance...
    “A amizade e a lealdade residem numa identidade de almas raramente encontrada.”(Epicuro)
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Eu adorei esse jogo de ir revelando aos poucos o verdadeiro teor do amor que acontece entre os protagonistas. Muito bom saber que a mocinha não continua fútil por toda a obra, ou eu seria obrigada a dar uns bons tapas na cara dela rs
    Eu gosto da capa, apesar de romance não ser o meu gênero preferido e eu ainda não ter tido contato com a escrita da autora.

    ResponderExcluir
  29. Uiii! Os livros da Camila Moreira são sempre bem cativantes, sempre leio pelo wattpad os livros dela. Li 8 segundos por lá

    ResponderExcluir
  30. Oi Pah!
    Confesso que nunca li nada da autora, mas que 8 segundos está na minha listinha de quero ler!
    Eu amo romances e toda premissa parece ser muito boa! Espero que eu goste e me encante assim como você. Por mais que você não tenha gostado muito da segunda parte né?
    Beijos!

    ResponderExcluir
  31. O cenário desse livro me lembrou o de Uma Longa Jornada! Mas eu sei que eles devem tomar rumos diferentes. A história parece ser bem cliche mesmo, mas nao deixa de ser atraente!

    ResponderExcluir
  32. Nunca li nada da autora, mas parece uma boa pedida. Faz tempinho que não leio romances, e o fato de ser meio novela mexicana pra mim é positivo, adorava olhar os dramalhões mexicanos (usurpadora! hahaha).

    ResponderExcluir
  33. Eu tava mesmo querendo saber se ele livro valia a pena ou não...li muito sobre ele, mas quando a Pah fala eu confio mais rsss
    e pra mim não tem problema de ser uma novela mexicana não... adoro novelas mexicanas mesmo e o que seria nossa vida sem os belos ditados populares e seus clichês?! eles existem pq são reais =D
    bjs
    quatroestacoes.blog.br

    ResponderExcluir
  34. Gente do amando o livro! História clichê, mas já amanheci o dia lendo! Adooorooo

    ResponderExcluir