[Resenha + Sorteio] Acesso aos Bastidores – Olivia Cunning

Myrna é professora de psicologia e fanática pela banda Sinners. Especialmente por Brian Sinclair, o guitarrista e compositor que, além de talentoso, é deliciosamente lindo. Ela se surpreende ao encontrar a banda no mesmo hotel em que está hospedada para participar de uma conferência. Mais surpreendente ainda é, após alguns drinques juntos, despertar o desejo de Brian. Ela sabe que a vida de astro de rock tem um preço e estaria feliz deixando essa paixão para trás. Mas será que Brian e Myrna conseguirão ficar separados? Quando o passado de Myrna ameaça sua vida, Brian precisa decidir se aquilo que tiveram juntos não é a resposta que ele buscava há tanto tempo.
Romance Contemporâneo (+18) | 328 Páginas | Cortesia Editora Paralela| Skoob | Compare & Compre: SaraivaSubmarinoAmazon | Classificação: 4/5
A leitura de Acesso aos Bastidores foi completamente surpreendente. Não por a história ser inesperada, o que de fato ela não é, mas por ser eletrizante do início ao fim. Independente dos clichês é fato que a escrita da autora Olivia Cunning é hipnotizante, do tipo que faz o leitor mergulhar de cabeça na leitura. Fazia tempo que não lia um livro tão sensual – até porque enjoei um pouco desse tipo de livro – mas a narrativa é tão cativante que simplesmente não consegui parar de ler. Os protagonistas são irreverentes, a mocinha é forte e decidida, o cenário musical descrito é de arrepiar e, além de romance, sensualidade e diversão, a autora aborda temas mais complexos como relacionamentos familiares abusivos. Ou seja, a obra é uma mescla perfeita entre paixão, superação e vários tipos de amor. E eu, como não sou boba, adorei isso!

Assim como metade da população feminina do mundo, a psicóloga Myrna é apaixonada pela banda de rock Sinners. Ela é tão fã do som dos rapazes que, em suas aulas de sexualidade, usa as batidas do guitarrista do grupo para explicar aos alunos os diversos níveis do desejo humano. Por isso, quando encontra a banda no hotel em que está hospedada durante um congresso chato, Myrna não resiste e vai falar com eles, mudando completamente o rumo de sua vida. Assim que os Sinners colocam os olhos em Myrna se apaixonam por ela. Mas quem é que não o faria? Ela tem trinta e cinco anos, está completamente focada em seu trabalho, saiu de um casamento abusivo e não quer embarcar em um novo relacionamento tão cedo e, além de ser bem resolvida e linda, é boa de cama e sabe disso. Ela encanta os garotos com seu corpo e com sua personalidade, mas mesmo que todos a queiram em sua cama é Brian, o guitarrista, que tem toda a sua atenção. Embarcando em uma conversa gostosa, Brian e Myrna provam ser mais do que aparentam. Ele não é o deus do rock, é apenas um homem que está cansado de ter o coração pisoteado pelos outros. E ela é uma mulher que, mesmo não admitindo, precisa se sentir amada. O que um astro do rock e uma psicóloga têm em comum parece uma incógnita, mas aos poucos percebemos que eles são perfeitos um para o outro.

A relação de Brian e Myrna, como é de se esperar, começa pelo desejo. Eles passam os primeiros capítulos se conhecendo na cama, explorando a paixão arrebatadora que sentem um pelo outro. Como o envolvimento tem data para acabar, Myrna aproveita o máximo, explorando todas as suas vontades e fantasias sem deixar a vergonha falar mais alto. O que não deixa essa relação fútil e puramente física, é que Myrna precisa de Brian para superar o ex-marido. Quando casada a jovem sofreu com o descontrole do conjugue que não entendia que ela, principalmente por trabalhar com a sexualidade humana, tendia a ser participativa na cama. – Poxa, ela trabalha com isso, é claro que conhece um ou outro truque! Por isso, quando Brian embarca com ela na realização de suas fantasias, Myrna se deixa levar, usando o tempo ao lado dele para superar as inibições que criou graças aos insultos do seu ex-marido. Confesso que a parte sensual me chocou em alguns momentos. A autora não tem vergonha de explorar e focar no desejo de Myrna, narrando cenas que me deixaram envergonhada só de ler. Risos. Ainda assim, nada é impensado ou puramente carnal, os limites de pudor são deixados de lado, contudo sempre existe um pouco a mais: mais sentimento, mais cura, mais necessidade de libertação emocional.
“Ele faz você dizer coisas que me fazem rir e pensar. E lhe dá esse temperamento gentil e romântico ao qual fico tentando resistir. Sua personalidade, seu talento, sua alma. É ele que faz de você o que você é. Está tudo nessa sua cabeça maravilhosa. Mas não me entenda mal. O corpo que acompanha é maravilhoso também”.
Além do alto teor sexual, a obra explora como o relacionamento de Brian e Myrna os modifica. Para ela, Brian é uma ponte para a superação do passado. Já para ele, Myrna é a segurança que sempre buscou, a parceira que olha para o Brian antes de olhar para o deus do rock, e que tem orgulho dele como os seus pais não são capazes de ter. Mas sabe qual é o problema? Brian está caidinho por ela enquanto Myrna não quer se envolver; ela já sofreu demais e tem nojo da palavra amor. Portanto, quando o relacionamento deles deixa de forcar no sexo, é Brian que tem que provar a Myrna que o amor pode ser bom. Assim, em meio a uma história previsível a autora cria uma mocinha independente, segura e que, ao contrário do esperado, foge de qualquer relacionamento sério. Bacana, não é mesmo? Adorei como o amor nasce aos poucos e como o casal se torna um só. Eles definitivamente se completam em suas aventuras, por isso desde o começo o companheirismo entre eles é evidente. E até gostei do fato de Myrna ser avessa a relacionamentos, pois isso faz Brian batalhar para tê-la. Outro ponto que gostei foi como toda a banda faz parte da história. É comum o fato deles se intrometerem no relacionamento de Brian e Myrna, de roubarem a cena em alguns momentos, e de deixarem as leitoras enlouquecidas e apaixonadas por cauda um deles. Sério, que banda mais incrível é essa?! Sortuda é a Myrna que esbarrou com eles por aí.
Enfim, a obra é divertida, envolvente, sensual e um tanto quanto emocionante e surpreendente. Contudo, saliento que é o tipo de livro voltado para um público específico, para os leitores mais acostumados com histórias eróticas. Se você é um desses, então leia esse livro sem medo. Tenho certeza que, assim como eu, você adorará a leitura e se apaixonará por esses personagens.
• Sobre a Série •
Acesso aos Bastidores é o primeiro volume da série Sinners ou Tour que, até o momento, conta com seis livros (o último é uma espécie de coletânea que narra o casamento de cada membro da banda. Como não amar? ♥) .
O bacana é que cada obra narra a história de um casal diferente, deixando a saga mais dinâmica e envolvente.
• Sorteio •
Gostou da resenha? Então que tal concorrer a um exemplar do livro? Para participar basta:
·         Possuir endereço de entrega no Brasil;
·         Comentar na resenha SOBRE a resenha (Atenção: Comentários como “Participando”, “Eu quero” ou “Que legal” serão desconsiderados);
·         Preencher o seguinte formulário:
Prontinho, agora você já está participando! A promoção fica no ar até o dia 31 de Maio e o ganhador será divulgado no dia primeiro do mês seguinte. Lembrando que o mesmo tem até 48 horas para responder o contato de solicitação de endereço, se não, realizaremos um novo sorteio. Além disso, vale salientar que o envio do prêmio será realizado pela editora, o que significa que o mesmo pode demorar até 30 dias.
Boa sorte a todos!

51 comentários:

  1. Mais um livro hot que entra para a lista de desejados... Sério que você ficou chocada ao ler algumas cenas do livro? haha. Esta é uma qualidade de um bom livro hot: quando a autora capricha na descrição dos acontecimentos. Hehe!!!

    Abraços, www.likelivros.blogspot.com

    Gostei muito da sua resenha. Abraço!
    www.likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Pah! Tudo bem?
    Assim como você também enjoei um pouco desse tipo de história, e concordo que uma boa escrita faz toda a diferença!
    A trilogia "Eu te vejo" que você deve conhecer da autora Irene Cao segue esse mesmo estilo, e a escrita é muito envolvente também!
    Acho que vou gostar de "Acesso aos bastidores", pois a história envolve outros temas, não é só sexo.
    Obrigada pela indicação!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Gostei da sua resenha e da ideia da autora de uma mulher independente e que não está em busca de nenhum príncipe, somente quer aproveitar sua vida. Mas como não curto muito os livros com teor sexual, provavelmente não lerei esse. Mas para quem gosta do gênero, para ser um livro bem construído!

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Já tinha lido a sinopse desse livro e me interessado pela história, afinal, sou apaixonada por histórias envolvendo música. Mas quando li a sinopse não imaginei que teria essa alto teor sexual que você citou. Não sou a maior fã de livros com muitas cenas de sexo, mas pela resenha se vê que o livro vai além disso, então vou participar do sorteio.

    ResponderExcluir
  5. já estou meio saturada também com esses romances hot, mas vamos combinar que é impossível resistir à uma trama com astro de rock né kkkkkkkkkk
    o romance deles parece ser bonitinho, mas bem previsível mesmo ;x
    não sei, mas não tem sexo demais ai não? ;x
    fiquei curiosa e adorei a capa deles, principalmente a ultima! :D
    achei a capa linda! fiquei curiosa *-*

    ResponderExcluir
  6. Imagina ficar assim tão perto dos integrantes da sua banda favorita *-* e ainda MAIS perto de um integrante em especial, se é que me entende :P
    Eu gosto de livros eróticos, mas confesso que tenho certo receio porque li um que foi traduzido de uma forma extremamente puritana. Odiei.
    Gostei disso da mocinha ser independente e o mocinho ter que lutar pelo seu amor. Não é tão comum assim, né?
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. A cada resenha minha vontade de ler aumenta. Essa historia me cativou.

    ResponderExcluir
  8. Amei a resenha!
    Estou tão feliz que a série está agradando. Conheci os livros da Olivia Cunning em 2012 e me apaixonei. Sou uma das leitoras que engrossou o coro para a série ser publicada no Brasil. É muito bom ter feito parte disso e ver que a galera está gostando da estória.
    Mal posso esperar para ver o segundo livro publicado!

    ResponderExcluir
  9. Olá Pah
    Apesar de ser uma pessoa que leia livros eróticos, não te como não ficar com vontade, curiosa pra ler.
    Tem uma historia linda, com os personagens tendo problemas, dramas e um passado sofrido.
    Acho que é uma romance quente, onde os personagens vão juntos voltar a viver, à ser feliz.
    Ótima resenha Pah.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. O primeiro livro que li desse estilo literário foi cinquenta tons, na época até achei divertido mas depois que eu li outros percebi que não era tudo aquilo. Gosto muito de livros de romance e esse me chamou atenção por , aparentemente, ter uma historia um pouco diferente das que eu li até hoje. Confesso que fico com um pouco de medo de séries muito extensas, pq as vezes o autor perde um pouco o foco e os últimos livros sempre acabam me dedesencantando. Mas vale a pena tentar né? Beijos

    ResponderExcluir
  11. O primeiro livro que li desse estilo literário foi cinquenta tons, na época até achei divertido mas depois que eu li outros percebi que não era tudo aquilo. Gosto muito de livros de romance e esse me chamou atenção por , aparentemente, ter uma historia um pouco diferente das que eu li até hoje. Confesso que fico com um pouco de medo de séries muito extensas, pq as vezes o autor perde um pouco o foco e os últimos livros sempre acabam me dedesencantando. Mas vale a pena tentar né? Beijos

    ResponderExcluir
  12. Assim como você também dei uma enjoada de livros muito sensuais, mas esse me chamou a atenção pela ligação com a música <3
    amo livros que tenham bandas, bastidores de shows e etc.
    se um dia tiver a oportunidade irei ler sim.

    bjs
    Tais
    http://www.leitorafashion.com.br

    ResponderExcluir
  13. Já tinha lido outra resenha a respeito do livro, tão boa quanto essa.. Apesar de a história parecer um tanto interessante ,não curto muito esse tipo de livro , então provavelmente não seria um que eu correria pra ler..

    ResponderExcluir
  14. Já li faz um esse livro, mas tenho um caso de amor e ódio com ele. Ele tem alguma coisa que me faz ama-lo, mas as cenas super explícitas (pelo menos em inglês) me fizeram desgostar mas não gosto desse estilo, mas nossa, adoro demais esse livro! O dos outros então, melhor ainda! Não vejo a hora do lançamento no Brasil, quero eles na minha estante *-*

    ResponderExcluir
  15. Gosto muito de livros que exploram o lado sensual dos protagonistas e esse chamou bastante atenção por ser o mocinho que necessita de algo a mais do relacionamento enquanto a mocinha corre do compromisso. Deve ser mesmo um ótimo livro. Vou acompanhar a série que promete me agradar muito.

    Bjus

    Val

    ResponderExcluir
  16. Oi, Paola!!!
    Quer saber o que uma Psicóloga como eu e um astro do rock temos em comum? Melhor ficar na minha imaginação!!! Kkk!
    També estou cansada de livros de temática sensual e este me chamou atencão, por que será? rs!
    Fiquei curiosa pela escrita da autora que traz este componente compulsivo na leitura, adoro!!! E também por não ser uma história instantânea onde mal se conhecem e já vão para cama. Homem que batalha por uma mulher é de suspirar! Enfim fiquei interessada!

    Sucesso e beijinhos!!!
    Anna - http://arvoredoscontos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Pah!
    Vários aspectos me atraíram no livro: primeiro ter a música envolvida, uma psicóloga, e claro o romance, ainda mais que é erótico.
    É com certeza a fórmula perfeita. E o enredo parece rico de muitas influências agradáveis que tornam a leitura curiosa.
    Quero ler com certeza.
    Bom final de semana!!
    “Pensamento positivo, otimismo e fé são o combustível de uma mente sadia.”(carlosmenduina)
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Boa Tarde!!
    sol.antuano@ig.com.br
    O livro é muito bom pra quem gosta desse cenário meio proibido com estrelas do rock, não é uma leitura sofrida e desgastante, os rapazes são todos adoráveis e engraçados, principalmente o fofo do Brian e estou ansiosa pelo lançamento dos próximos livros da série.

    ResponderExcluir
  19. Oi, não gosto de livros de romance, piorou livros que ainda são eróticos. Bjus.

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Mesmo com comentários positivos, não me interessei pelo livro, pois não gosto do gênero.
    Mas gostei da resenha, apontando o que você gostou e o que não gostou. A protagonista parece bem diferente do que lemos atualmente, sendo bem segura e decidida.

    ResponderExcluir
  21. Ooi Pah,
    O livro não me interessou muito, apesar de que eu adoro histórias com um enrendo musical, mas não gosto muito do gênero.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  22. Cara, não vou mentir, gosto muito de livros assim e esse livro com certeza entrou na minha lista de livros desejados. Já vi muita gente que gostou desse livro e já tinha visto a serie antigamente, mas não tinha me lembrado dela ate ver o lançamento no Brasil e agora estou louca pra ler. Não lembrava da sinopse por isso fiquei surpresa ao ver que ela é que não que gosta da relacionamento, mas isso não diminuiu muinha curiosidade ^^
    ótima resenha.

    ResponderExcluir
  23. Pela capa e sinopse eu ja imaginei que o livro fosse mais sensual/erótico e eu não sou muito acostumada com a leitura desses. Mas achei bacana a união de personagens que aparentemente são tão diferentes e ainda mais ela que é a avessa ao amor hahaha Imagino que a escrita deva ser muito boa e só pela resenha eu senti o quanto a banda e seus integrantes são cativantes!

    ResponderExcluir
  24. Estou louca por esse livro pos se tratar de um gênero que amo e tbm claro de amar livros de roqueiros rsrs. Não sabia que a mocinha tem 35 anos, pensava que era mais nova. Ainda bem que cada livro é um personagem diferente , aí não fico ansiosa esperando a continuação. Adorei sua resenha e claro participando do sorteio :D

    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Pah! Eu só li alguns livros hots, me interessei por este. Embora nunca tivesse ouvido sequer falar da Olivia, somente agora, eu quero ler.

    ResponderExcluir
  26. A história parece ser bem clichê mesmo, mas eu gosto mesmo sendo clichê. A Myrna não parece ser daquelas protagonistas chatas, e eu também já gostei do Bryan. Gostei de saber que o amor deles nasceu aos poucos. Confesso que não tinha tanta vontade de ler esse livro, mas agora já fiquei bem interessada nele :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  27. Se alguém me perguntar: Qual o livro mais HOT que eu conheço? Acesso aos Bastidores da Olivia Cunning é a resposta com certeza!
    Confesso que algumas cenas do livro me deixaram chocadas, mas como numa estive em uma turnê com astros do Rock.
    Eu não gosto muito de livros "HOTS" mas esse com certeza me cativou bastante e achei a leitura rápida e ágil. A autora realmente sabe como segurar o leitor da primeira a última página e para quem gosta deste gênero de livros eu super indico.

    Beijos!
    Viviane Gonçalves
    vsg_caue@hotmail.com

    ResponderExcluir
  28. Como sempre, sua resenha me fez querer ler esse livro. Talvez me lembre um pouco Paixão sem Limites da Abbi Glinnes, que também é uma série Rosemary Beach, se não estou enganada. Não me incomodo com leituras com conteúdo erótico, o que gosto mesmo é de como nasce o amor nos personagens e não me importo com clichês, eles fazem parte.
    O título não me atraiu, mas depois que li sua resenha, com certeza vai pra minha wishlist. bjs Pah!!!
    quatroestacoes.blog.br

    ResponderExcluir
  29. Como sempre adorei a resenha. Esse livro já estava na minha lista e agora fiquei mais ansiosa ainda pela leitura. Beijos Pah!!!

    ResponderExcluir
  30. A narrativa parece ser realmente eletrizante. Pude perceber isso pela sua resenha e, se você ficou envergonhada lendo algumas cenas eu ficarei ainda mais rs. No entanto, gostei da dica, este casal parece ter muito o que aprender um com o outro!
    Beijos

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  31. Nunca tinha ouvido falar desse livro ou dessa autora, mas esses romances clichês são um dos meus tipos preferidos de leitura. Com certeza, ganhando ou não, já está na listinha "pequena" de próximas compras.

    ResponderExcluir
  32. Esse livro veio pra minha lista de desejados desde que estive com ele em mãos e li a sinopse na livraria. Achei legal e não sabia ainda desse lado da vida pessoal dela, sobre o ex-marido. Agora achei mais interessante, rs. E pra quem já leu Cinquenta Tons não deve ficar muito chocada lendo esse né? hahaha vamos ver!!!
    E parabéns pelo blog! Desde que descobri recentemente, estou sempre de olho ;)
    Bjinho

    ResponderExcluir
  33. Quenteeeeeeeeeeeeeeee... Aiiiiiii amo esse livro, amo essa série. Não tem como não gostar. kkkkkkk Amo esse cenário musical, literalmente ter acesso aos bastidores. Confesso que tinha medo de me chocar, mas foi uma delicia ler.

    ResponderExcluir
  34. Oi Pah,

    Nossa !!! esse livro é super recomendado,várias pessoas já me falaram dele, porém nunca tive a chance de parar para lê-lo. Com todos os pontos citados na resenha, não tem como não querer conferir.

    Abraços !!!

    ResponderExcluir
  35. Essa foi a primeira vez que li algo sobre esse livro. Imagina você poder conhecer alguém por quem você é fã e se tornar alguém "especial" para ele?! Quero lê-lo muito em breve. Beijos!

    ResponderExcluir
  36. Oi Pah!
    Desculpe, mas não pude dei deixar de achar estranha essa capa com o carinha parece que tá cheirando a axila da outra hahahaha
    Parece ser um bom livro, não conhecia.
    Beijos

    ResponderExcluir
  37. Tenho esse livro e não estava tao ansiosa pra le-lo, mas depois de ler sua resenha minha preguiça passou e já estou ansiosa pq acho q ele vai ser favorito da vida!
    beijos

    ResponderExcluir
  38. Ah :( parece um livro interessante, mas deve ser bom para quem gosta do estilo neh! e o meu problema nao sao nem os cliches (amo livros com romances cliches), mas é o estilo hot mesmo que ja tentei varias vezes e nunca consegui gostar :/ Essas capas kkkkk

    ResponderExcluir
  39. O livro não achei interessante, mas amei sua estante com livros, simplesmente lindo. Amei.

    ResponderExcluir
  40. Não conhecia o livro e achei a história bacana, gosto desse tipo de história, mas quando é realmente "hot" e tem um foco muito exclusivo nisso, acabo não gostando. Como envolve outras coisas eu daria uma chance ao livro :D

    ResponderExcluir
  41. Achei esse livro super interessante, adoro livros mais *hots* <3
    Louca para ler acesso aos bastidores, mesmo que eu não ganhe o sorteio eu compro haha
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  42. Oi, Pah!
    Achei bem interessante o livro, já tinha visto falar dele pelo skoob mas com a sua resenha a estória ficou mais clara pra mim. Já estou bem acostuma com essas estórias mais hot desse jeito, gosto bastante do fato de que é a mocinha que não quer um relacionamento por causa do que já passou com o ex marido e o novo boy vai ter que correr atrás. Ansiosa pra ter uma oportunidade de lê-lo

    ResponderExcluir
  43. Amei essa resenha quero muito ler esse livro. Estou ansiosa, parece ser ótimo esse livro
    já veio pra minha lista de desejados desde que li a sua resenha. abraços.

    ResponderExcluir
  44. Quando vi esse livro pensei "Mais um desses", mas gostei da resenha, afinal mostrou que nem sempre a mulher é a "romantica apaixonada", gosto de livros com mocinhas fortes e independentes, onde os caras é que tem que correr areas delas. E verdae o que uma psicologa e um roqueiro tem em comum? Fiquei curiosa para descobrir!

    ResponderExcluir
  45. Podia ser mais um desses livros sensuais, mas fiquei curiosa com essa mistura com a música (e psicologia + rock) e sua resenha me fez querer ler! Saudade dos meus tempos de seguidora de bandas...pena que não tive essa sorte aí hahah

    ResponderExcluir
  46. Podia ser mais um daqueles sensuais né, mas parece diferente, principalmente pela mistura rock + psicologia que me fez ficar bemmm curiosa.

    ResponderExcluir
  47. Não sou muito fã do gênero, mas preciso confessar que essa capa é simplesmente maravilhosa! Além disso, gostei de saber que a protagonista não é mais uma daquelas mocinhas submissas que sempre realizam a vontade do homem. Fiquei curiosa pra saber o que duas pessoas de universos tão diferentes fizeram para se atraírem rs

    ResponderExcluir
  48. Quando os autores vão entender que é necessário o mínimo de verossimilhança em uma narrativa ? Toneladas de sexo e meia dúzia de olhares carentes não contam uma história de amor. Foram 328 esperando acreditar que Brian e Myrna estavam apaixonados. Não foi dessa vez...

    ResponderExcluir
  49. Quando os autores vão entender que é necessário o mínimo de verossimilhança em uma narrativa ? Toneladas de sexo e meia dúzia de olhares carentes não contam uma história de amor. Foram 328 esperando acreditar que Brian e Myrna estavam apaixonados. Não foi dessa vez..

    ResponderExcluir
  50. Eu estava receosa deste livro explorar somente o lado sexual do relacionamento, mas se há uma abordagem das personalidades muda de figura e fica muito mais interessante, prefiro quando a história vai além da atração física e segue por um caminho mais profundo. Bjos!!!

    ResponderExcluir
  51. Não costumo ler livros "sensuais", mas o adjetivo eletrizante que você usou me deixou bastante curiosa. E o livro ganhou muitos pontos comigo ao apresentar uma mocinha independente e segura, cansada das mocinha tontas e frágeis que precisam ser protegidas. Ainda assim, esse não é o meu gênero, acho que não irei ler o livro.

    ResponderExcluir