junho 17, 2015

[Resenha] O Garoto dos Olhos Azuis – Raiza Varella

Bárbara é linda, loira e bem-sucedida. Desde que assistiu a uma cerimônia de casamento pela primeira vez, ainda criança, seu sonho é apenas um: percorrer o tapete vermelho da igreja, vestida de noiva. Porém, contrariando todas as suas expectativas, ao ser abandonada no altar, a vida de Bárbara desmorona. Ela decide voltar à cidade natal e passa a viver com os irmãos e mais dois amigos. Todos homens. Com a ajuda de Vivian, uma espécie de Barbie Malibu, Bárbara tenta superar sua decepção amorosa recente e uma da adolescência, que volta com tudo à sua memória: o garoto dos olhos azuis. Será que o cavalo branco só passa uma vez? É isso que Bárbara vai descobrir com bom humor, jogo de cintura e uma pitada de neurose, em O Garoto dos Olhos Azuis, romance de estreia de Raiza Varella.

Romance | 352 Páginas
| Cortesia
Pandorga| Skoob | Compare & Compre: SaraivaAmazon| Classificação: 4/5
Existem momentos em que precisamos de
histórias que nos prendam logo nas primeiras páginas e, para a minha alegria, O garoto dos olhos Azuis foi exatamente
assim: envolvente do início ao fim. Repleto de bom-humor, emoção, romance e
superação, o livro traz uma história de amor que, contra tudo e contra todos,
vence as dificuldades da vida e prova a força desse sentimento. Entre idas e
vindas, Bárbara vai ter a oportunidade de descobrir o que significa amar
completamente alguém, mas antes – já que “rapadura é doce mas não é mole não” –
ela vai ser traída e abandonada na igreja por seu príncipe encantado. Será o coração dessa jovem capaz de superar
tamanha dor? E o principal, será ela forte o suficiente para recomeçar?


Quando Bárbara assistiu seu primeiro
casamento, ainda novinha de tudo, ela fez algo inusitado: no momento da entrada
da noiva, ao contrário da maioria dos convidados, ela fixou seu olhar no noivo.
Nessa hora a menina sonhadora teve certeza que queria casar e ter um noivo que
a olhasse com amor e carinho, um noivo que se emocionasse só de ver a mulher da
sua vida vestida de noiva. Ao passar dos anos, a garotinha cresceu e se
transformou em uma mulher bonita, inteligente e independente. Morando longe da
família e trabalhando em um famoso escritório de advocacia, Bárbara encontra
seu príncipe e está pronta para realizar o sonho de casar. O problema é que o
noivo não está certo disso e, além de trai-la com uma amiga, ainda a abandona
no altar. Com o coração em frangalhos, a jovem volta para o interior de Santa
Catarina e para o seio da sua amada – e muito barulhenta – família. Um tempo
depois, cansada do olhar de piedade da mãe, Bárbara aceita morar na capital com
os irmãos e seus dois amigos. Ela, irritada com o término e descrente nos
homens, acaba indo morar com quatro brutamontes mandões e controladores! Claro
que isso não poderia dar certo, entretanto, entre picuinhas e brigas, Bárbara encontra
nesses rapazes tudo o que precisava: carinho de irmãos, ombros amigos, e um
amor único e verdadeiro.

É fácil entender e se compadecer com o
sofrimento de Bárbara. Assim como muitas de nós, ela realmente acreditava que
estava com o homem da sua vida, por isso, além da dor da traição a jovem também
passa a cultivar um sentimento de descrença quanto á existência do amor e dos finais
felizes. Gostei de como a autora focou no processo de cura da protagonista.
Bárbara leva um tempo para acalmar seu coração e, enquanto isso, conta com a
presença e amizade de duas pessoas muito importantes: Ian e sua irmã Vivian.
Vivian é a amiga verdadeira que Bárbara tanto precisava, já Ian é um protetor
mandão e brigão que, no fundo, só quer vê-la feliz. É fato que Bárbara e Ian
vivem brigando, mas isso porque entre eles existe muito mais que amizade; algo
que eles não tardaram a descobrir. Sendo assim, quanto ao romance, achei que a
autora acertou em cheio. A forma como os personagens se provocam, como eles
conversam sobre tudo, e como se divertem juntos, faz o leitor suspirar e torcer
enlouquecidamente para que eles fiquem juntos, até porque para isso acontecer,
Bárbara só precisa dar mais uma chance ao amor – pelo menos foi isso que eu
pensei até o primeiro terço da história. Quando tudo caminhava para um romance,
no melhor estilo cão e gato, divertido e sensual, a autora surpreende e muda
completamente o rumo da narrativa. A obra que até então era leve e divertida,
tornou-se profundamente emocional. E, como não esperava por isso, fui
arrebatada e surpreendida pelo drama que tende a colocar um ponto final na
relação de Ian e Bárbara, um enlace que nem teve tempo de começar.

O drama presente na história é bem
comovente. A autora usa os personagens para dar várias lições a respeito de
recomeços, perdão, destino e amor familiar. Gostei disso porque, graças à
mudança no rumo da narrativa, a obra tornou-se menos previsível e superficial.
No final o que parecia uma simples e divertida história de amor, revelou-se um
livro profundo e emocionante. Juro que, além de me apaixonar completamente pelo
fofo do Ian, chorei em várias partes! Minha única ressalva é a dramatização excessiva
que ocorre no desfecho. Nos capítulos finais não conseguia deixar de pensar que
a obra fugiu da vida real, representando situações com cara de novela mexicana.
– Afinal, depois de tudo o que os personagens principais passaram, eles bem que
mereciam uma folga das tramoias do destino! Contudo, ainda assim a obra é
deliciosa. Para os fãs de romance, é o tipo de leitura que vale muito a pena
ler.
Deixo aqui meus parabéns para a estreante Raiza Varella. Estou ansiosa para ler
mais livros dela.
Beijos,


Participe Aqui

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

25 Comentários

  • Aline Stroeher
    22 julho, 2015

    Aii! Esse livro está na minha wishlist há tempos!
    Adorei a sinopse dele e adorei ainda mais essa sua resenha Pah!
    Gosto muito de livros bem humorados e de novelas mexicanas!
    Com certeza irei amar!
    Fico feliz também por ser um livro nacional! Percebo que os autores brasileiros estão sendo cada vez mais valorizados!
    Obrigada pela resenha Pah!
    Beeijinhos!

  • Ju M
    02 julho, 2015

    Que delicia um livro que prende desde o início e ainda traz uma mescla de elementos: romance, humor,superação, surpresas.
    Gente, que noivo imbecil, foi bom ela não ter casado com um babaca desses, kkkkk.
    Achei legal o livro ser ambientado em cidades brasileiras, estou acostumada a serem ambientados nos EUA, Europa, ou universos fantasiosos, esse diferencial acho que torna o livro mais real e os personagens mais palpáveis.
    O drama mexicano poderia ter sido evitado mesmo, não li, mas acredito que possa ter desgastado um pouco a narrativa.
    Em todo o caso estou curiosa para ler o livro. Ah, achei a capa muito linda mas acho que não combinou com a temática do livro, me parece mais uma capa encantada, sei lá…

  • Becca Martins
    02 julho, 2015

    Este não é um livro que me despertou tanta curiosidade quanto vários outros nacionais tem despertado em mim.
    Talvez mais para frente eu dê uma oportunidade para esta leitura.
    Beijão!

  • Brenda Amorim
    29 junho, 2015

    Infelizmente nomomento não estou sendo muito fã de romance então deixarei passar.
    Voce acredita que eu nunca li nenhum livro dessa editora.

  • DeebAmorim
    28 junho, 2015

    Eu gostei muito da leitura desse livro Pah! Por mais que parecesse bem previsível no início, a mocinha logo me conquistou por sua personalidade forte e pelos seus impulsos. Me rendeu boas risadas hahahaha Mas aquela reviravolta do meio do livro só veio para deixar as coisas ainda melhores e mais profundas! Algumas coisas foram sim meio desnecessárias mas mesmo assim foi uma ótima leitura!

  • Míriam Laís Elert
    28 junho, 2015

    Quando vi a capa e comecei a ler a sinopse nem me dei de conta de que era um livro nacional -' Gostei muito da história, gosto de romances que também englobem as relações familiares, acho muito legal, pois muitas vezes temos desilusões amorosas e apenas pensamos nisso enquanto que temos nossa família sempre ao nosso lado pra nos ajudar.

  • Anônimo
    26 junho, 2015

    Ah então acho que vou me apaixonar ha, ha. Realmente traição é triste. Mas o que mais me deixou com vontade de ler, é a parte de quando ela vai morar com os irmãos. Deve ser bem engraçado a confusão deles e tudo mais. E essa capa também que perfeição.

  • Luis Carlos
    25 junho, 2015

    A capa do livro é linda *-* Fiquei morrendo de pena da protagonista hahaha a coitada foi iludida! Pelo o deu para perceber, o livro apresenta o desenvolvimento dos personagens, principalmente da protagonista, de uma forma brilhantes, e eu adoro quando isso acontece. Adorei a resenha!

  • Mariana Paiva
    23 junho, 2015

    É tão bom que as autoras nacionais estão ganhando mais destaque!
    Tem livros tão incríveis e pouco valorizados. Quero muito ler esse, muito mesmo!
    E assim como a menina aí já comentou, você também é uma das minhas!
    Choro e choro muito, fico toda emotiva. E aparentemente esse livro vai ser um desses!

  • Suzzy Chiu
    22 junho, 2015

    Ahhh…suspiros pela capa viu?! Linda demais, qdo vi eu já tinha me interessado e ao ler a sinopse me interessei de verdade!
    Muito bom saber que se trata de um livro com bom-humor, emoção, romance e superação, acho que acaba dando uma lição na gente que as vezes reclama de tanta coisa ne?
    Nossa, ao ler a resenha fiquei morrendo de dó da protagonista Bárbara, me identifiquei com ela só de saber um pouco da estória. Pelo jeito até o final vai ter coisas acontecendo, igual novela mexicana como vc disse, hahaha.
    Eu também choro em livros!!! Vc é das minhas!

  • Thays Suenaga
    21 junho, 2015

    Amei muito esse livro.
    Li a sinopse e me apaixonei à primeira vista, fui caçar o livro e a autora em tudo quanto é canto

  • Fernanda Drumond
    21 junho, 2015

    Chamou minha atenção!!!
    Vou salvar esse livro na minha lista de leitura.
    bjs, Fernanda D.
    NovoROmance.com.br

  • mirian kelly
    20 junho, 2015

    A capa é um encanto!
    Sou simplesmente apaixonada por drama, e essa historia parece se desenvolver bem, com calma. Me deu até pena de Barbara, mais sempre sabemos que ela vai superar.

  • Kemmy Oliveira
    20 junho, 2015

    Pah, essa capa tá uma lindeza só!
    Gosto muito dessas histórias de amor, perdão e recomeços e gosto principalmente quando o autor foca não no problema, mas na solução. O que foi o caso desse livro, com Bárbara se curando do mal que lhe foi causado e aprendendo que (sim) finais felizes existem.
    Parece fofíssimo! Parabéns e sucesso para a autora!

    Beijos,
    Duas Leitoras

  • Crika Regina
    20 junho, 2015

    Nossa, que sofrido! Traída, abandonada.. Socorro!! (rsrs) Não conhecia esse livro, mas muito me interessei. Adorei a resenha e já anotei aqui na minha lista de desejados que cresce a cada dia. Socorro de novo hahahaha

  • Leticia
    19 junho, 2015

    Oi Pah..
    Quando vi este livro a primeira vez me encantei logo com a capa que é maravilhosa. Agora gostei muito de saber que o livro é tão bom. A trama sem dúvida é atrativa e queria conhecer mais de como a autora conseguiu explorar o drama da personagem.
    Eu sou muito de chorar em livros, e se você chorou, acho que choraria também. Ótima dica!

    livrosvamosdevoralos.bogspot.com.br

  • Julia Duarte
    19 junho, 2015

    Já tinha lido a sinopse desse livro e me interessado, agora que eu li a resenha fiquei ainda mais interessada, bem o estilo de história que eu gosto.

  • Evellyn Mendonça
    18 junho, 2015

    Ooi Pah,
    achei a capa linda, quando li a sinopse fiquei com muita vontade de ler, depois da resenha fiquei com mais vontade ainda, parece ser um livro bem legal.
    Bjs

  • Emanoelle Souza
    18 junho, 2015

    ai que resenha linda, e a capa mais ainda,ja tinha visto esse livro mais nao tinha lido uma resenha ainda e, o personagem principal masculino, já gostei dele e depois que eu li o livro Perdida da Carina, Ian nao é mais um nome comum pra mim

  • Mato por Livros
    18 junho, 2015

    Aiiii que historia e resenhas lindas.
    Esse negócio de olhar para o noivo me lembra aquele filme, acho que é Vestida para Casar rs. Fiquei mesmo muito interessada na história, mas estou morrendo de medo desse final. Não estou podendo com finais trágicos ultimamente rs. Mas vou adicionar o livro no Skoob, fiquei mesmo com muita vontade de ler.

    beijos
    Fer
    http://www.matoporlivros.com.br/

  • Rayme
    18 junho, 2015

    aaah, Pah,
    já li esse livro umas 3 vezes kkkkkkk
    adoro a trama dele! realmente, no final os personagens mereciam um descanso, mas sabe que adorei… foi uma coisa bem inesperada para mim *-*

  • sara sem h
    18 junho, 2015

    Aee, nacional!!! hahaha *u* A capa é linda e a história é bem interessante! Li a resenha e fiquei com dó da moça ç__ç Fiquei curiosa com a história dela; apesar de eu não curtir tanto romance, esse me parece legal e leria ele.

  • Maisanara F.
    17 junho, 2015

    Oi, não gosto muito de romances mas esse até que me chamou um pouco a atenção. É muito bom ver os livros nacionais ganhando lugar entre os leitores. Bjus.

  • Pepi Sandra
    17 junho, 2015

    Superar ser abandonada é bem complicado viu, ainda mias dar outra chance
    tem que ter coragem e se preparar caso aconteça novamente

    Mil beijocas
    ⋙ ♥ Blog Livros com café
    Está rolando dois sorteios lá no blog participe 😉

  • Hayanne Deise Lins
    17 junho, 2015

    O livro parece realmente bom. o/
    Gostei do resumo e da resenha, fica aquela vontade gostosa de conhecer melhor os personagens. kkkk

    Bjs
    http://www.sentido–literario.com