novembro 06, 2015

[Resenha] Gelo Negro – Becca Fitzpatrick

Britt Pfeiffer passou meses se preparando para uma trilha na Cordilheira Teton, um lugar cheio de mistérios. Antes mesmo de chegar à cabana nas montanhas, ela e a melhor amiga, Korbie, enfrentam uma nevasca avassaladora e são obrigadas a abandonar o carro e procurar ajuda. As duas acabam sendo acolhidas por dois homens atraentes e imaginam que estão em segurança. Os homens, porém, são criminosos foragidos e as fazem reféns. Para sobreviver, Britt precisará enfrentar o frio e a neve para guiar os sequestradores para fora das montanhas. Durante a arriscada jornada em meio à natureza selvagem, um homem se mostra mais um aliado do que um inimigo, e Britt acaba se deixando envolver. Será que ela pode confiar nele? Sua vida dependerá dessa resposta.

Suspense | 304 Páginas
| Cortesia
Editora Intrínseca |
Skoob | Compare: SubmarinoSaraivaAmazon| Classificação:
4
/5
Por ser
fã assumida do trabalho da Becca Fitzpatrick (sim, sou das antigas e adoro Hush Hush) não resisti e embarquei com
tudo na leitura de Gelo Negro. Minhas
expectativas eram altas, afinal imaginei que a trama seria semelhante aos
outros títulos da Becca, os quais sempre me conquistaram logo nas primeiras
páginas. Entretanto, me deparei com uma leitura inicialmente maçante que quase
me fez abandonar o livro. Ao ler os primeiros capítulos tive a sensação de
estar caminhando para lugar nenhum.
Mas a boa a notícia é que me empenhei para continuar a leitura e, graças aos
céus, acabei me surpreendendo muito com ela. Além de acompanhar o
amadurecimento da autora como escritora, a história nos faz mergulhar em um
mistério eletrizante, do tipo que vai além do suspense ao descrever uma jornada
tanto de sobrevivência quanto de crescimento pessoal. Portanto, por mais que o
começo da obra não seja arrebatador, seu desenvolvimento é para lá de instigante
e perturbador.

Britt passou
por um rompimento amoroso que mexeu com ela. O fim do relacionamento fez com
que a jovem quisesse provar para todos, principalmente para o ex-namorado, o
quanto é forte e durona. Por isso, ao invés de ter férias na praia (opção da
maioria das garotas da região), ela e a melhor amiga vão para a
Cordilheira Teton, um
lugar recluso, dominado pela neve, que prometia muita aventura e trilhas
incríveis. Entretanto, ao invés das férias dos sonhos, Britt acaba em uma
grande enrascada. Depois de uma nevasca inesperada, ela e a amiga – ainda distantes
do destino final – precisam abandonar a segurança do carro e procurar abrigo.
Nessa busca elas encontram uma cabana e dois rapazes, inicialmente possíveis
salvadores. Porém, o que elas não sabem é que ao entrar nessa cabana estão
assumindo o risco de não sair de lá salvas… Quem são esses estranhos? Serão
eles os mocinhos ou vilões? Será que Britt e a amiga viverão para contar suas aventuras?
Uma das
coisas que mais gostei nessa história foi, sem dúvida, do mistério por trás
dela. Antes da viagem de Britt a autora nos apresenta o caso de uma jovem que,
ao sair bêbada com um estranho, acaba em uma cabana abandonada nas montanhas.
Seu fim? Não sabemos, pelo menos não até Britt começar sua jornada. Assim, logo
de cara fica óbvio para o leitor que tem algo – ou alguém – causando o
desaparecimento e a morte de jovens mulheres. E isso é ainda mais assustador
porque ao sabermos disso logo de cara, e ao ligarmos o passado com o presente,
nos damos conta de que, provavelmente, é para esse fim que Britt e a amiga
caminham. E isso é extremamente apavorante! Além disso, o diferencial da obra é
que seu enigma não é tão previsível quanto pensamos. Não trata apenas de
entender o que aconteceu com as garotas desaparecidas ou o que acontecerá com
Britt e a amiga, mas também de desvendar o verdadeiro motivo por trás das
mortes. E nesse ponto a autora inova, não apenas por nos enganar com pistas
falsas, mas principalmente por fugir do clichê ou do previsível. O que
intensifica a vontade de unir as peças e montar, de uma vez por todas, esse
intrincado quebra-cabeças.
Fora o
suspense, outro ponto bacana da obra é o amadurecimento da protagonista. Passar
por tudo o que ela passa não é para qualquer um, tanto é que ao longo do livro
vemos Britt se transformar em uma nova garota. Talvez o risco constante de
morte faça isso, mas é incrível acompanhar como os olhos da jovem se abrem para
o mundo ao seu redor. Adorei ver que, de uma garota insegura e mimada, ela vira
uma mulher decidida a se salvar. E também adorei que a autora usou isso para
falar sobre o empoderamento feminino, para mostrar para Britt e para as
leitoras em geral que não precisamos de um salvador, que somos fortes o
suficiente para batalharmos por nossas vidas. Tanto é que o romance
desenvolvido na obra não coloca o homem como herói e a mulher como a donzela em
perigo, mas sim como seres complementares que juntos, apenas juntos, poderão se
salvar. O único ponto falho, pelo menos para mim, é que o romance é fantasioso
em demasia. Entendo todos os aspectos sociais abordados pela autora nas
personalidades do casal protagonista, mas acho que a autora pecou ao
transformar uma experiência de vida ou morte em um episódio romântico.
No
geral a obra é bem escrita, inteligente, fluída (só achei o começo um pouco
maçante, como disse anteriormente) e extremamente real. Aprendi muito com a
leitura, me emocionei com ela, e no final fiquei com uma sensação gostosa de
ter lido um ótimo livro. Super recomendado!
Beijos,


Participe Aqui

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

33 Comentários

  • Naty Araújo
    02 dezembro, 2015

    Livros que apresentam protagonistas que amadurecem no decorrer da trama é sempre muito bom e nos passa uma grande lição. Fiquei curiosa pelo suspense contido na trama. Não li esse livro e nem a série Hush Hush rs

  • Rhoana Lersch
    30 novembro, 2015

    Apesar de amar livros que envolvam mistérios não me dei muito bem com esse livro, mas vou tentar ler de novo.

  • Rafaela Bruzadelli
    27 novembro, 2015

    Oii! Adoro livros de mistérios assim, por que sou muito curiosa e isso me incentiva a ler o mais rápido possível! E o livro ainda é da Becca (Patch <3) e tem essa capa linda, fiquei curiosa e quero ler

  • Micheli Pegoraro
    22 novembro, 2015

    Oi Pah,
    Desde o lançamento desse livro fiquei interessada em ler, pois gosto de um bom mistério e suspense. Gostei de saber que autora foge do previsível, pela sua resenha acho que vou ter uma boa experiência ao lê-lo. Já faz um tempinho que não pego um suspense pra ler e Gelo Negro parece ser um livro bem interessante, tenho a impressão que vou ficar muito curiosa durante a leitura e ler bem rapidinho, adoro livros que nos prendem até o final.
    Beijos

  • Isamara Cereser
    21 novembro, 2015

    Oie, primeira resenha que leio deste livro e sinceramente não esperava que ia me despertar curiosidade para saber mais sobre o livro,vou dar uma pesquisada e quem sabe por ele na minha listinha, afinal tem um gênero que gosto , adorei sua resenha. Beijos

  • Ycaro Brito
    19 novembro, 2015

    Oi, Pah. Gelo Negro é um livro que me encanta, gosto, principalmente, do mistério que você passa em relação à história. Este livro me trouxa várias sensações, mas a principal foi o desespero devido a situação das garotas na montanha e também conhecer alguns estranhos. Gostei bastante do livro!

  • Nati Rabelo
    18 novembro, 2015

    Oi Pah!

    Não tinha me tocado que a autora é a mesma da série Hush Hush, série essa que sempre tive vontade de ler.
    Esse livro, Gelo Negro parece ótimo! Fiquei muito curiosa e gosto de livros que trazem personagens que amadurecem.

    BEijos

  • Cailes Sales
    17 novembro, 2015

    Oii Pah! Não conheço a escrita da Becca, tenho o primeiro livro da série Hush Hush, mas ainda não o li. Você sempre fala muito bem dos livros da autora e ao saber que Gelo Negro era escrito por ela, fiquei interessada, além da sinopse tb me chamar a atenção. Gostei da premissa da história, principalmente pelo mistério e suspense. Abraço!

  • Kemmy Oliveira
    13 novembro, 2015

    Desde o lançamento desse livro que fiquei super curiosa pra saber mais sobre ele. Li diversas resenhas, todas positivas. Isso de "mesclar" passado com presente acho que não tinha sido mencionado em nenhuma outra que li, e nem essa outra jovem desaparecida.
    Enfim, gostei da parte em que você disse que trata do empoderamento feminino, e que mulheres não precisam de salvadores e tal… fiquei bem curiosa pra saber se os caras são mesmo vilões, afinal às vezes nos enganamos à primeira vista e geralmente é isso mesmo que os autores querem, rs.
    Como sempre, excelente resenha.
    Beijos

  • Olha essa capa eu achei linda viu mas a sinopse nao.me chamou nada a atencao sua resenha me animou um pouco mas nao acho.que va me arriscar nele
    http://estilodenerd42.blogspot.com.br

  • Geovanna Morgado
    10 novembro, 2015

    Nunca li nada da autora (acho que sou uma das poucas pessoas que ainda não leu hush hush) mas fiquei ansiosa depois dessa resenha e pretendo ler ainda esse ano, amo mistérios e certeza que irei gostar.
    Bjs

  • Nessa
    10 novembro, 2015

    Oi Pah
    Assim que eu vi o lançamento deste livro fiquei curiosa para ler, principalmente por ser a Becca, autora de uma série que eu amo, que é a Hush Hsuh.
    E olha, não me decepcionei, curti muito a leitura de Gelo negro, e essa capa está linda.

    Beijinhos

  • Veronica Vieira
    10 novembro, 2015

    Muito boa resenha, ja queria ler esse livro, agora fiquei com mais vontade ainda…

  • Aguida Sampaio
    09 novembro, 2015

    Oi, Paola.
    Inicialmente, o que mais me chamou a atenção em Gelo Negro foi a capa mas, lendo a resenha percebi que o livro vai muito além de uma capa bonitinha.
    O suspense/mistério que há por trás da história mexeu muito comigo e me senti super presa á resenha. Dá para se imaginar qual o fim que as meninas levam, mas de tão óbvio posso acabar tendo uma surpresa.

    Beijos

  • Lara Cardoso
    09 novembro, 2015

    Nunca li nada da autora, mas acho que começaria por esse livro, afinal, é volume único, quase um milagre! rs… Além do mais, gostei dele falar de superação, de coragem, e do que somos capazes para proteger nossa vida e aqueles que amamos.

  • Fernanda Drumond
    09 novembro, 2015

    Olá Pah!! Tudo bem?
    Primeiramente, gostaria de dar parabéns pela resenha. Muito interessante. Eu gostei muito da capa do livro também. há tempos não pego um suspense para ler. Fiquei intrigada.
    Bjs, Fernanda D.
    NovoRomance.com.br

  • Mayara Coradini
    09 novembro, 2015

    Oii!!
    Está e a primeira resenha que leio sobre o livro e fiquei super interessada pelo enredo. Gosto muito de suspense e O Gelo Negro parece muito envolvente. Britt tem uma personalidade forte, quero muito ler o livro.
    Bjos e sucesso!!

  • Leticia Golz
    09 novembro, 2015

    Oi, Pah
    Eu não li os outros livros da autora, mas tenho curiosidade por esse. Iniciar um livro com uma leitura parado é normal, mas nem sempre ele melhora. Que bom que o livro acabou melhorando, a ponto de fazer você gostar tanto. Acho que gostaria também de a autora ter trabalhado o empoderamento feminino. Ótima dica!

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

  • Luciana Lole
    09 novembro, 2015

    Pah, que resenha bacana! Eu não sou muito de ler esse tipo de livros, mas me interessei muito por esse..parece ser um mistério que vale a pena ser lido! Posta mais indicações de livros desse gênero, quero muito ler!
    Bejoss

  • Anne Karolline Santiago
    08 novembro, 2015

    Eu não conhecia o trabalho da autora e comecei com Gelo Negro. Confesso que por ele não tenho vontade nenhuma de ler mais da Becca. Não me prendeu de jeito nenhum,achei a leitura cansativa e em nada me surpreendeu. Talvez porque estou acostumada a ler thrillers e fazendo um comparativo achei fraco.

  • RUDYNALVA
    07 novembro, 2015

    Pah!
    Livros com mistério a ser desvendado, sempre me prendem e quero ler.
    Mesmo que o romance não seja lá essas coisas, tentar descobrir sobre o desaparecimento das moças no passado e relacioná-los ao desaparecimento da moças no presente, é instigante.
    “Não devemos permitir que alguém saia da nossa presença sem se sentir melhor e mais feliz.” (Madre Teresa de Calcutá)
    heirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

  • Talissa Domiciano
    07 novembro, 2015

    Amei a resenha. Quero ler e espero ser surpreendida. Suspense e romance sempre dão um friozinho na barriga.

  • Unknown
    07 novembro, 2015

    Amei a resenha. Quero ler e espero ser surpreendida. Suspense e romance sempre dão um friozinho na barriga.

  • rayane colombo gomes
    07 novembro, 2015

    fiquei com muitaaaaa vontade de ler esse livro pah.. confesso que nao sou muito fã de suspense que nao envolva um enredo policial investigativo.. mas esse parece bem legal.. sua resenha me deu mta vontade de ler e sabe o que afinal vai acontecer com ela. a brit.a unica coisa que fico meio assim eh de envolver romance numa historia assim.. como vc mesma disse

  • Carla Zambotti
    07 novembro, 2015

    Caramba, a resenha já me deixou sem fôlego, adoro livros cheios de mistérios. E não tem nada melhor do que um livro que nos surpreende. Adorei a resenha! Com certeza esse livro já está na minha lista haha

  • Viviana Atayde
    07 novembro, 2015

    Eu amei a capa, tenho um marcador e esta na minha lista de livros que quero ler, como você relatou que é um pouco maçante, mas que vale a pena a leitura mesmo assim, vou deixar mais pra frente. Ótima resenha com detalhes mas sem spoiler. Parabéns.

  • Aaron Tumenas
    06 novembro, 2015

    Minha nossa senhora, me arrepiou todinho agora! Eu tenho esse livro desde que foi lançado, estava com uma baita ressaca literária (GREY, que livro decepcionante), peguei-o para ler hoje e já estou bem no final, dei uma pausa na leitura e pensei em olhar o blog pra ver se tem resenha e quando abri foi a primeira coisa que apareceu! :O MEDO! kkkk

  • Catharina M.
    06 novembro, 2015

    Oiie
    Nossa, eu já estava louca por esse livro, agora então haha sua resenha me deixou com muita vontade, sério, eu realmente espero poder ler em breve pois adoro a autora e esse enredo está muuuuito atraente e a capa linda

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

  • Larissa Belmok
    06 novembro, 2015

    Não conhecia esse livro, e confesso que sua resenha me deixou curiosa.
    Parece ter suspense e aventura, gosto de leituras assim.
    Essa capa é uma obra de arte.
    Beijinhos!!

  • Rúbia Souza
    06 novembro, 2015

    Adoro livros que tenham um mistério e que o final possa ser surpreendente e muito diferente do que a princípio imaginávamos.
    E também é muito interessante mostrar o amadurecimento de uma garota que pode ser forte o suficiente e determinada a encarar os desafios sem ajuda de um homem.
    Com toda certeza deve ser uma ótima leitura!

  • Juliana Garcez
    06 novembro, 2015

    Oi, Pah! Tudo bem?

    Comprei esse livro esses dias no Submarino. Chegou essa semana! E chegou amassado… Decepção total! =( Mas enfim, eu li a premissa e fiquei SUPER interessada na obra. Depois de ler sua resenha fiquei mais animada ainda! Confio muito no seu gosto literário e nas críticas que você faz. Ainda bem que você persistiu na leitura, em?! Teria deixado de ler um otimo livro =) Eu nunca li nada da Becca, será minha primeira leitura.

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

  • Natalia Kiel
    06 novembro, 2015

    Olá, Paola.

    Caramba!!!!! Que capa Linda!!!! O livro dever muito emocionante mesmo.

    Sem duvidas será um livro da minha estante.

  • Tais Bruna
    06 novembro, 2015

    Oi Pah,

    Assim como você também sou fã da Becca por conta de Hush Hush.
    Ainda não tive oportunidade de ler esse livro novo dele, mas tenho bastante vontade.
    Já vi outras pessoas falando que o início é bem maçante e a leitura demora um pouco a engrenar, pelo menos quando for ler eu estarei preparada né?

    bjs
    Tais
    http://www.leitorafashion.com.br