abril 30, 2016

[Resenha] A Rebelde do Deserto – Alwyn Hamilton (+Sorteio)

O deserto de Miraji é governado por mortais, mas criaturas míticas rondam as áreas mais selvagens e remotas, e há boatos de que, em algum lugar, os djinnis ainda praticam magia. De toda maneira, para os humanos o deserto é um lugar impiedoso, principalmente se você é pobre, órfão ou mulher. Amani Al’Hiza é as três coisas. Apesar de ser uma atiradora talentosa, dona de uma mira perfeita, ela não consegue escapar da Vila da Poeira, uma cidadezinha isolada que lhe oferece como futuro um casamento forçado e a vida submissa que virá depois dele. Para Amani, ir embora dali é mais do que um desejo — é uma necessidade. Mas ela nunca imaginou que fugiria galopando num cavalo mágico com o exército do sultão na sua cola, nem que um forasteiro misterioso seria responsável por revelar a ela o deserto que ela achava que conhecia e uma força que ela nem imaginava possuir.

Fantasia | 312 Páginas
| Cortesia
Editora Seguinte|
Skoob | Compare
& Compre:
BuscapéSaraivaAmazon| Classificação:
5
/5
Geralmente contenho – mesmo que seja parcialmente – a empolgação na hora de
escrever minhas resenhas. Entretanto, é impossível fazer isso quando me deparo
com leituras tão espetacularmente maravilhosas quanto a de A Rebelde do Deserto. Terminei a obra poucas
horas atrás e, desde então, não consigo parar de pensar em sua misteriosa trama,
em seus personagens cativantes, e no que os próximos volumes dessa saga reservam.
Confesso que não é fácil uma história de fantasia me envolver completamente,
porém quando isso acontece me apaixono de corpo e alma – o que significa que
vou babar infinitos arco-íris (e talvez não ser nenhum pouco racional) ao falar
dessa leitura incrível, eletrizante e para lá de surpreendente.

A obra tem como pano de fundo o deserto de Miraji (onde homens e seres
místicos, apesar da iminente guerra que os separa, vivem sob o mesmo céu) e
gira em torno da jovem Amani. Depois da morte dos pais, Amani vai morar
indesejavelmente na casa de parentes distantes. A vida ao lado dos familiares
não é a das melhores, mas o que realmente incomoda a jovem é a certeza de que
nada de bom acontece com as mulheres que vivem na cidade de Vila da Poeira.
Inserida em uma sociedade machista e extremamente preconceituosa, o destino de
Amani – e o de qualquer outra mulher nascida no deserto – é aceitar o que os
homens ao seu redor escolhem para ela: insignificância social, casamento
precoce, agressão, e o constante abuso moral e/ou sexual. Prestes a se casar, a
ser mais uma entre as muitas esposas do tio, Amani resolve arriscar tudo e
fugir. A jovem quer uma vida diferente, quer ser reconhecida por quem é e não por
seu gênero, por isso, ela se disfarça e segue em busca de um novo destino. O
resultado é pura aventura, mistério, paixão e inúmeras batalhas – tanto sociais
quanto físicas. A trajetória de Amani é permeada de dor e perdas, entretanto ao
lutar por um futuro diferente ela vai descobrir mais sobre si mesma e sobre
seus verdadeiros sonhos.

Eu era uma garota do deserto. Achei
que soubesse o que era calor. Estava enganada.

Claro que o que mais amei no livro foi sua crítica social. Ao criar uma
região mística muito similar à Arábia em seus costumes e tradições, a autora Alwyn
Hamilton conseguiu expor os pontos altos e baixos tanto da cultura quanto da
natureza arenosa de tal país. Assim, ao mergulharmos na história percebemos que
Miraji pode ser resumido em: guerra religiosa, desigualdade econômica, longas extensões
de deserto, e uma cultura que diminui o valor da mulher. E esse último tópico
guia a narrativa do início ao fim – o que, claro, eu amei completamente.
Através de Amani, uma personagem forte e destemida, a autora faz valiosos questionamentos
sobre a força feminina, seu papel na sociedade, e os abusos que tantas de nós
enfrentam simplesmente por não nascerem homens. É doloroso ver as mulheres de Miraji
serem abusadas, usadas e tratadas como mero objeto, e descartadas por perderem
valor perante a necessidade de um homem. Mas é pior ainda parar para pensar
que, por mais que estejamos falando de uma fantasia, existe uma triste verdade por
trás dessa leitura. Por isso, outro ponto que me fez amar a obra foi a
construção da personalidade de Amani e como, através de seus ideais, ela confronta
que a sociedade dita como obrigação de uma mulher. A jovem é tudo o que mais
amamos em protagonistas: irônica, cabeça quente (não dá para negar que gostamos
de mocinhas turbulentas, não é mesmo?),
guerreira, e dona de suas escolhas. Amani é o tipo de jovem mulher que faz de
tudo para alcançar seus objetivos, porém o que surpreende é que ela é sincera o
suficiente para aceitar e escutar as aclamações de seu coração. Ao logo da
história a personagem cativa, surpreende e amadurece de uma forma tão especial
que, sinceramente, me sinto como sua melhor amiga. Definitivamente amei Amani e
seu jeito direto e forte de ser.
Além da narrativa reflexiva e de uma protagonista para lá de especial, A Rebelde do Deserto conta com uma
narrativa extremamente eletrizante. De começo é difícil entender o universo
criado pela autora (principalmente porque existem vários nomes místicos
desconhecidos que só apreendemos com o avançar das páginas), mas ainda assim é
impossível desgrudar dessas páginas e de todos os mistérios que elas prometem
conter. O fato é que a narrativa é ágil e não fica girando em círculos, muito
pelo contrário, as coisas ocorrem e se modificam em uma velocidade que mantem
nossa curiosidade a mil. Fora isso a obra conta com: uma batalha bem construída
e cheia de capítulos dignos de fazer nosso queixo cair; tantas surpresas que a
impressão é de que o livro é bem maior do que realmente é; personagens
secundários envolventes e cativantes (que roubam nosso coração a cada nova
página); e um romance digno de um casal forte e destemido.  Ou seja, o livro é recheado de fantasia,
mistério, paixão, diversão, amizade e muita aventura.
O único ponto falho é a autora ainda não ter lançado a continuação. Apaixonei-me
perdidamente por esse universo misterioso e cativante (que, não sei certo por
qual motivo, me lembrou os livros da Cassandra Clare) e não vejo a hora de ler
os próximos capítulos protagonizados por Amani, a rebelde do deserto.
• Sobre a Série •
A Rebelde do Deserto é o primeiro volume da trilogia A Rebelde
do Deserto
. Até o momento, infelizmente, ainda não sabemos os títulos ou as
datas de lançamento dos próximos volumes da saga.

• Sorteio • 

Que tal ganhar um exemplar desse livro lindo? Comente na resenha, se inscreva, e participe! (Lembre, para participar você precisa ter endereço de entrega no Brasil):

a Rafflecopter giveaway

Beijos,


confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

77 Comentários

  • Amanda Oliveira
    23 maio, 2016

    Eu fiquei encantada com a capa. Adorei a sua resenha, me deu mais vontade ainda de ler esse livro, que parece ter uma história bem envolvente e em cenários que eu gosto.

    bjss

  • Iêda Cavalcante
    22 maio, 2016

    Oiee!
    Eu estava namorando essa capa desde que o livro foi lançado, mas ficar sabendo que a história vai além da bela capa é o melhor de tudo.
    Sem falar que livros com personagem forte sempre me agrada, e Amani com certeza já me ganhou.
    Bjokas!

  • Rayane Colombo Gomes
    21 maio, 2016

    gosto mto de personagens fortes e que lutam pelo que acreditam. achei mto bacana a construção deste personagem. adorei a capa do livro. mto lindo. tomara qe eu consiga ganhar!!! hahah quero mto ler. ah achei a tematica tao diferente. nunca li um livro que fale sobre o deserto

  • jamyle alves
    21 maio, 2016

    MUITO OBRIGADA POR ESSA RESENHA!!! estou ha muito tempo querendo ler esse livro, agora com certeza vai!

  • Karoline Arruda
    21 maio, 2016

    Eu quero muito ler esse livro. Já vi várias resenhas positivas!! Tbm vim do YouTube, hihi

  • Unknown
    21 maio, 2016

    Amo livros assim é quero esse pra mim! Hahaha fiz uma rima!!

  • Andreia Carvalho
    20 maio, 2016

    sua resenha me deixou louca para ler esse livro, querrooo!!

  • Andreza Layla
    20 maio, 2016

    'Homens e seres Místicos' já é algo que me encanta. Personagen forte e que luta e corre atrás do que quer, que deseja igualdade, isso é ótima.
    Amei essa resenha. Quem sabe eu ganhe esse livro?!
    😉 Bjs.

  • Beatriz Costa
    20 maio, 2016

    Eu sou louca pra ler esse livro desde que foi lançado lá fora e depois da sua resenha a ontade só aumentou! tomara que eu ganhe! hahaha beijos! você é linda e parece ser super humilde, te acompanho há um tempo mas é o meu primeiro comentário, also: vim do youtube 🙂

  • Pamela Alves
    20 maio, 2016

    Estou muito curiosa para ler esse livro, a capa por si só já chama a atenção. Adoro protagonistas com personalidade forte e cativante. O enredo, ao meu ver, é bem intrigante. Foi destacado na resenha que ele(o livro) possui uma narrativa ''extremamente eletrizante'', o que me deixou ainda mais empolgada com relação a leitura.

  • Leticia Rodrigues
    19 maio, 2016

    oi 🙂
    Adorei a resenha, já estava loca pra ler esse livro depois que lia sinopse, agora com essa resenha, eu preciso desse livro! kkk

    Letícia Rodrigues – leticialbr@hotmail.com
    Blog -http://pordentrodolivro.blogspot.com.br/

    =^.^=

  • Gisele Gi
    18 maio, 2016

    Depois dessa resenha maravilhosa fiquei ansiosa

  • Taiane Barboza
    18 maio, 2016

    Assim que vi a capa desse livro já me interessei, mas depois dessa resenha sei que preciso ler agora, parecer o tipo de historia que amo, e com um cenário exótico que me faz já amar sem nem ter lido ainda, amei a resenha!

    beijos

  • Adrieli Ribeiro
    18 maio, 2016

    Quando vi esse livro já achei a capa simplesmente maravilhosa, ao ler sobre a história a vontade de lê-lo é ainda maior!!! ❤️❤️

  • Unknown
    18 maio, 2016

    Preciso ler esse livro!!

  • Maria Fernanda Medeiros
    18 maio, 2016

    Já previ tudo, não precisei nem de bola de cristal: vou ler e morrer todo dia um pouco enquanto espero a continuação! Vivo repetindo aqui que estou fugindo de séries, mas como fica a vida do ser humano com uma resenha dessas???

  • Lisandra Sartori
    18 maio, 2016

    Já tinha visto esse livro antes, mas não sabia sobre o que era e pela capa achei que fosse uma história completamente diferente, tipo príncipe da persa rsrsrsrsrsrs. Gostei da resenha e com certeza vou colocar na minha lista de desejados.

  • Brooklyn Baby
    18 maio, 2016

    Livro lindo, quero ler para ontem.

  • Anita carolina Martins
    18 maio, 2016

    Oi Pah!
    Faz tempo que não te vejo tão empolgada com um livro de fantasia. O que me deixa mais ansiosa para lê-lo! Adorei a resenha!
    Beijos

  • Anita carolina Martins
    18 maio, 2016

    Oi Pah!

    Faz tempo que não te vejo tão empolgada com um livro de fantasia. Deve ser realmente bom! Estou ansiosa para ler!!
    Beijos

  • Lavínia Macedo
    18 maio, 2016

    eu estou louca para ler este livro. Já tinha ouvido falar mas nunca havia me interessado muito, mas agora vendo sua resenha eu fiquei muitoo curiosaa

  • Juliana Mattos
    18 maio, 2016

    Estava louca pra ler esse livro desde que vi comentários sobre ele lá fora, aí somou tua resenha + ver o resultado da edição da seguinte… GENTE! Como ficou absurdamente linda e brilhosa! Hahaha <3

  • A capa é linda e o título bem criativo,adorei a sua resenha e espero que os outros livros sejam lançados logo ♡

  • karoline bastos
    16 maio, 2016

    Ameeeei a resenha!!! estou empolgadíssima para ler esse livro! uma trama totalmente diferente, adorei!

  • Karolaine Thomé
    15 maio, 2016

    Amei a resenha <3 E simplesmente apaixonada pela capa rsrs A história parece muito boa, gosto muito quando há a mistura de aventura com romance, ainda mais pelo teor de crítica social impregnado na história. Além disso, amo quando sou exposta a uma cultura diversa, me faz ficar encantada e refletir bastante (além de sonhar haha).
    E sobre sua crítica: Deixou ainda mais fofa a resenha sua empolgação haha
    Beijo <3

  • janaina silva
    15 maio, 2016

    Tramas como essa ,com um quê de realidade,é sempre mais instigante.E se é carregado de aventuras com uma personagem feminina forte,se torna melhor ainda.
    Também achei a capa linda!!!!
    Fiquei bem curiosa com essa história.

  • Eu tinha visto este livro no Skoob e me interessei desde o primeiro instante adorei a capa e a sinopse , Achei o tema original e pela resenha deve ter sido ser bem explorado , não sabia que tinha continuação mas pretendo ler assim mesmo .

  • Eu tinha visto este livro no Skoob e me interessei desde o primeiro instante adorei a capa e a sinopse , Achei o tema original e pela resenha deve ter sido ser bem explorado , não sabia que tinha continuação mas pretendo ler assim mesmo .

  • Luiza Soares
    13 maio, 2016

    Oi, adorei a sua resenha, a capa é linda e eu amo livros de Fantasia, talvez só perca pra Romances de Época, mas enfim depois da sua resenha A Rebelde do Deserto definitivamente entrou na lista de livros que preciso ler <3

  • Cailes Sales
    13 maio, 2016

    Oi Pah!
    Primeiro gostaria de dizer que achei essa capa muito bonita!
    Nunca li nada que tivesse como pano de fundo o deserto, acho até que existem poucas publicações com esse cenário por aqui. Achei a crítica social, que você descreveu estar presente no livro, o mais interessante também. Gosto de histórias que me façam refletir, histórias com protagonistas fortes, que lutem pelo que é seu de direito, a liberdade, em todos os sentidos. Enfim, espero poder conhecer essa história, que parece tão envolvente, em breve. Bj Pah!

  • Maria Clara Brito Mendes
    13 maio, 2016

    Adorei essa capa e a sinopse! E sua resenha então?! Não leio mto esse genero, mas fiquei empolgada! Eu quero!!!

  • Andreza Galvão
    13 maio, 2016

    Paola, como é que você faz isso comigo? Me deixou apaixonada pelo livro antes mesmo de lê-lo! Haha
    Logo que você no início da resenha da condição da mulher,fiz logo uma ligaçâo com a cultura oriental, onde esses traços são bem fortes e fiquei completamente curiosa para saber como a autora escreveu essa trama, fazendo essa crítica social e criando uma personagem feminina forte que com certeza vai abalar a história. Não sabia que o livro trazia tudo isso, essa carga forte; achei que fosse só um livro de fantasia levinho,sabe? Mas é muito mais do que isso! Uma pena mesmo ainda não ter maiores detalhes sobre a continuação, mas espero que não demore muito, né?
    Ah, e você disse que se assemelha um pouco a Cassandra Clare e eu estou lendo agora um livro dela e só pensando: por que não li antes? Então,mais um motivo para querer ler A rebelde do deserto.

  • Helen Dutra
    12 maio, 2016

    Oi, Pah!
    Gostei muito da sua resenha e da premissa da história. Apesar de não ler muito esse gênero, estou empolga para conhecer A Rebelde do Deserto, principalmente pela questão da crítica social. Ouvi falar que o próximo livro da série só será lançado em 2017… 😉

    Bjos!

  • Denise Oliveira
    11 maio, 2016

    Amei a capa, a história é todo o contexto! Vou participar da promoção e torcer muito para ganhar! ����������������

  • Unknown
    11 maio, 2016

    A história desse livro é fantástica.
    Depois dessa resenha maravilhosa a vontade de ler só aumenta

  • Italo Teixeira
    11 maio, 2016

    Oi Paola, tudo bem?
    Quando vi que esse livro seria lançado ele logo me chamou atenção pela capa, e quando vi a sinopse decidi que realmente leria e desde então eles está na minha wish list. Eu não sabia das críticas sociais que o livro fazia e isso me deixou ainda mais animado para ler a obra.

  • Vanessa
    10 maio, 2016

    Oi Pah! ao ler sua resenha, lembrei muito de um livrinho de banca que eu amooo de paixão que é Guerreiro do Deserto da Sarah Morgan. Quero ler esse livro urgenteee! mas, senti falta de um comentário mais aprofundado do mocinho. Ele não é cativante??? beijinhos

    • Paola Aleksandra
      Paola Aleksandra
      11 maio, 2016

      Ele é sim! Mas existem alguns mistérios sobre ele, então preferi não falar muito 😉 Beijos

  • Tamiris Leitão
    10 maio, 2016

    Olá Pah.

    Preciso dizer que não conhecia muito da história, mas vi que estava bombado nos blogs gringos e tudo mais. Finalmente parei pra ler uma resenha e preciso dizer: QUE RESENHA. Encontrar em uma história Aventura (que eu adoro), Fantasia (que eu também gosto bastante, e dá uma quebra nos romances), ter uma crítica social ATUAL (porque todo dia lutamos pelos nossos direitos de alguma forma) chega a ser incrível. Realmente, o que a Armani e o pessoal da cidade dela passa não é nenhum pouco fácil, e a autora abordar como a força da mulher pode fazer com que se supere obstáculos, trás para mim que todo o ramo empregatício deve lutar pelos direitos das mulheres, até porque, olha a autora aí lutando entre linhas?

    Enfim, fiquei muito curiosa sobre a obra.
    Beijos

  • Fabiola Cunha
    10 maio, 2016

    Gosto muito de livros que tem certo tipo de crítica a sociedade e nos mostra uma dura realidade mesmo que seja em uma história fictícia, e pelo visto, a Amani é do tipo de personagem principal na qual sou apaixonada, é destemida. Com certeza lerei este livro. Adorei sua resenha!

  • Carolina Nascimento
    09 maio, 2016

    Nossa, esse livro parece muito legal! Amo esse estilo. Já está na minha listinha haha

  • Ketriely Barcelos
    09 maio, 2016

    Eu confesso que quando vi o lançamento, ele não me atraiu muito (embora eu tenha achado a capa muito bonita), mas esses dias para trás, vi uma resenha em vídeo e o livro simplesmente passou a ser desejado por mim. Agora vi a sua resenha, e a vontade de adquiri-lo só aumentou!
    Enfim, espero conseguir adquirir esse livro logo!

  • Karol Melo
    07 maio, 2016

    Eu estava muito curiosa quanto a esse livro, mas depois de sua resenha eu vou compra-lo.Só me dá um pouco de receio não ter novidades sobre a continuação,mesmo assim vou lê-lo.
    Beijos!

    http://nomundodaka.blogspot.com.br/

  • Marcella
    06 maio, 2016

    Gostei muito da resenha e amo ler livros onde as protagonistas são guerreiras e corajosas, elas não deixam a trama parada.

  • carol
    05 maio, 2016

    Estou muito curiosa para ler esse livro, Paola! Não vejo a hora de ler.
    Adoro suas resenhas e todos os dias visito seu blog. É fantástico. Parabéns.

  • Lana Silva
    05 maio, 2016

    Após ler várias resenhas positivas em relação a esse livro comecei a me interessar em adquiri-lo, além do mais a personagem já me cativou apenas a parti da resenha, adoro garotas decididas, seguras e que vão atrás do que, achei a trama bastante envolvente, estou bastante ansiosa por essa leitura, espero não me decepcionar.

  • Milena Soares
    05 maio, 2016

    Nossa, já estava bastante interessada em ler esse livro só pela sinopse, e agora depois de ver essa resenha fiquei ainda mais ansiosa em conferi essa história que parece ser excelente!

  • Nessa
    05 maio, 2016

    Oi Pah!
    Não tenho costume de ler muitos livros de fantasia, acho que o único que li foi a saga dos tigres, que por sinal é muito bom!
    Fiquei super curiosa para ler esse livro! Obrigada por te-lo resenhado, pois senão fosse por essa resenha, provavelmente eu não me interessaria em saber do que o livro se trata.
    Beijos!

  • rhaissy gabrielle
    04 maio, 2016

    Paola parabéns pelo lindíssimo trabalho, adoro seus vídeos e resenhas. Excelente crítica, espero muito ganhar neste sorteio nunca me decepcionei com as suas indicações.Beijos Linda

  • monique eloisa
    04 maio, 2016

    A Rebelde do Deserto parece trazer um enredo inovador e original, que à primeira vista até mesmo amedronta, em virtude de tantos elementos e o desenrolar deles dentro da trama, e que acabou se mostrando uma trama de valor inestimável e dotada de uma criatividade descomunal. Misturar fantasia com faroeste e incrementá-la com toques de mitologia árabe é no mínimo surpreendente, a sua resenha nao deixo nada a desejar , ainda nao li o livro, mas fiquei super impougada pra le-lo…
    Bjo e ate..

  • Jesica Duarte
    04 maio, 2016

    Muito curiosa pelo livro, amo histórias que a protagonista é uma mulher. E esse cenário de deserto é muito legal.

  • Leonarda Tavares
    04 maio, 2016

    Já vi que o amor pela capa foi geral, rsrs. Mas sem dúvida pelo que li na resenha a história faz jus a sua capa. Eu também adoro mocinhas que decididas, corajosas e cabeça quente. E pelo assunto principal que é tratado (as mulheres serem submissas) com certeza marcou outro ponto no meu interesse pela leitura. E o último ponto que me chamou atenção e não menos importante: vai ter casal *-* <3 Quero ganhar Pah, kkkkk. Beijos!

  • Barbara Reis
    04 maio, 2016

    Uaaaau *_* Acho que faz tempo que não me interesso por um livro assim. Já tinha visto esse livro antes, mas não conhecia a história ainda. Amei, to louca pra ler 😀

    @BabiStephane

  • Gabi
    03 maio, 2016

    Se te lembrou os livros da Cassie, então eu REALMENTE preciso ler isso!

  • Theresa Cavalcanti
    03 maio, 2016

    Fiquei louca pra ler depois dessa resenha. Kkk Já tinha visto esse livro, mas não tinha interesse em procurar saber mais. Agora preciso dele!

  • Luiza Soares
    03 maio, 2016

    Depois de uma grande ressaca literária, que talvez ainda não tenha nem passado, estou tentando voltar ao meu velhos hábito: ler loucamenteee kkkkk Meus gêneros favoritos são romance e fantasia, então estou literalmente CATANDO livros que misturem os gêneros pra ver se me tiram desta fossa hahaha A Rebelde do Deserto me deixou curiosa, mas vi na resenha que tem muitas crticas sociais e tal, e eu to procurando algo mais leve( besta mesmo, pra distrair e me fazer ler mais rapidamente sem nem notar como fazia antes rs), mas já adcionei ele como "quero ler" no skoob(Luiza Soares) para que eu possa dar uma chance a ele quando eu voltar ao normal 😛

  • Atitude Literária
    03 maio, 2016

    Uauuuuuuuuuuuuuuuu… Para tudo e chama a NASA. O livro acabou de subir para meu topo de desejados. Amei sua resenha e contexto da obra, já sinto uma palpitação de lê-la urgentemente.

    Ameiiii Páh.

  • Anônimo
    03 maio, 2016

    Pah, sua resenha foi muito boa e me interesei pelo livro. Adoro livros que falam de criaturas misticas e mágia.Esse livro parece muito interessante, além de falar de mágia aborda outra realidade, e nos mostra também a desvalorização da mulher. Muito anciosa por está leitura, espero ter sorte. Beijos Pah,sucesso sempre.

  • Gabriela Gonçalves
    03 maio, 2016

    Pah, eu já estava de olho nesse livro. Tô muito ansiosa para ganhar, tomara que eu consiga. Parece ser um livro incrível, com contexto social. Uma personagem forte, já me encantei antes mesmo de ler Kkkk

  • ler e tudo de bom
    03 maio, 2016

    oi amei a resenha

  • Raquel Moreira
    03 maio, 2016

    A sua resenha me deixou super ansiosa para ler este livro. Gosto de livros com personagens que amadurecem e são fortes. A capa é realmente lindíssima!

  • Cleidy Alkimim
    03 maio, 2016

    Oh meu Deus!!!
    Estou apaixonada que capa que historia <3 …
    Confesso que já estava namorando este livro kkk após a sua resenha Paola estou anciosa para ler. Ótima resenha parabéns!

  • Mariana Galvão
    03 maio, 2016

    Acho que como todo mundo eu gamei no livro pela capa, né. Mas fiquei louca pra ler depois da sua resenha! 🙂

  • Anônimo
    03 maio, 2016

    Eu já tinha visto este livro e já estava curiosa, agora com a sua resenha só aumentou a minha vontade de ler. E essa capa é perfeita <3…
    Ótima resenha parabéns pela escrita.

  • Vanessa DiegoBalhs
    02 maio, 2016

    Confesso que me chamou atenção foi a capa. Mas sua resenha me deixou super anciosa pela leitura uma história forte mostrando o sofrimento de muitas mulheres que ainda não são respeitadas. Parabéns pela resenha

  • Vanessa DiegoBalhs
    02 maio, 2016

    Confesso que me chamou atenção foi a capa. Mas sua resenha me deixou super anciosa pela leitura uma história forte mostrando o sofrimento de muitas mulheres que ainda não são respeitadas. Parabéns pela resenha

  • Carol N
    01 maio, 2016

    Puxa esse livro parece maravilhoso!
    Só a sinopse me fez ficar com coceirinha. Lendo a resenha, então! Preciso ler!

  • suzana cariri
    01 maio, 2016

    Oi!
    Vi esse livro no lançamentos e a capa logo me chamou atenção mas lendo a sinopse fiquei sem saber o que esperar dessa historia e agora lendo a resenha gostei muito, a historia me surpreendeu, com certeza a crítica social que a Alwyn Hamilton trás no livros e bem interessante e se tiver oportunidade quero muito ler essa historia !!

  • Larissa Alves
    01 maio, 2016

    Essa capa é maravilhosa!!! Não sabia que se tratava de uma série, parece ser realmente muito bom.

    Beijos.

  • Vania Correa
    01 maio, 2016

    Que capa maravilhosa é essa, acho bem interessante histórias que envolvam deserto, misticismo, esses homens guerreiros, sou apaixanada, fiquei bem curiosa com o final da leitura.Beijos…

  • Lara Cardoso
    01 maio, 2016

    Não sou muito fã de fantasia, mas de vez em quando aparece alguma que me conquista tanto pela capa quanto pela sinopse. Esse livro é um deles. Louca para ler.
    Beijão!

  • Bruna Lago
    01 maio, 2016

    Que capa bonita. Acho que passa o ambiente eletrizante que vice acabou de citar. Já tinha visto outras resenhas, mas nenhuma tão completa, a ponto de me fazer interessar pela historia. Fiquei ainda maos curiosa com a comparação de uma realidade existente, com certeza foi muito inteligente. Pena que não tem data de próximo lançamento, quando acontece comigo fico com o coração na mao kkk
    Boa noite!

  • Talita Oliveira
    30 abril, 2016

    Estava ansiosa pela resenha desse livro, hehe
    Não sabia que era uma trilogia, como a história é surpreendente acho ótimo que haja continuação. Gosto muito fantasia, principalmente quando ralata a realidade, nesse caso, se tratando de uma cultura diferente e mostrando coisas como a desvalorização da mulher é muito importante porque vemos sob outra perspectiva e de modo sutil.
    Amei a resenha, vou ler com certeza!! 😉

  • Maria Eduarda
    30 abril, 2016

    Oi Pah, tudo bem? Nunca tinha ouvido falar deste livro, mas depois de sua resenha, fiquei com vontade de ler! Gosto de livros que abordam temas "obscuros", faz a sociedade perceber que, mesmo nos dias de hoje, há injustiças acontecendo sem percebermos.
    Já acrescentei ele a minha lista! (rsrsrs)

    Beijos!
    http://fugadarotinaliteraria.blogspot.com.br/

  • Rhoana Lersch
    30 abril, 2016

    Oi Pah! Amei a capa desse livro, muuito linda! Livros que conseguem fazer críticas sociais sutis me interessam muito e esse parece ser um dos bons!! Adoro narrativas que mostram o amadurecimento dos personagens, por isso já adicionei ele na minha lista!! Amei a resenha, beijos.

  • Micheli Pegoraro
    30 abril, 2016

    Nossa. Que resenha e livro… Uau!
    Já fiquei intrigada pelo livro quando vi o lançamento, mas agora depois de ler essa resenha maravilhosa, o sentimento é de que preciso dele pra ontem! Amei, amei, a resenha Pah, você descreveu tão bem tudo que essa obra mais do que espetacularmente maravilhosa é, que livro mais incrível! Adoro quando são abordados temas que remetem a uma crítica social, e posso garantir que A Rebelde do Deserto será uma leitura muito prazerosa por fazer vários questionamentos sobre o valor da mulher, amo isso! Já me envolvi com a Amani, que personagem mais bem construída. Uma leitura muito boa mesmo, vou tentar comprar o livro o quanto antes.
    Beijos

  • rayane colombo gomes
    30 abril, 2016

    que capa linda e que resenha maravilhosa pah! fiqueinsuper com vontade de ler o livro. pena que nao sabemos a continuaçao quando vai ser lançada.. sempre fico chateada com isto