junho 24, 2016

[Resenha] Anna Vestida de Sangue – Kendare Blake

Cas Lowood herdou uma vocação incomum: ele caça e mata os mortos. Seu pai fazia o mesmo antes dele, até ser barbaramente assassinado por um dos fantasmas que perseguia. Agora, armado com o misterioso punhal de seu pai, Cas viaja pelo país com sua mãe bruxa e seu gato farejador de espíritos. Juntos eles vão atrás de lendas e folclores locais, tentando rastrear os sanguinários fantasmas e afastar distrações, como amigos e o futuro. Quando eles chegam a uma nova cidade em busca do fantasma que os habitantes locais chamam de Anna Vestida de Sangue, Cas espera o de sempre: perseguir, caçar, matar. Mas o que ele encontra é uma garota envolta em maldições e fúria, um espírito fascinante, como ele nunca viu. Ela ainda usa o vestido com que estava no dia em que foi brutalmente assassinada, em 1958: branco, manchado de vermelho e pingando sangue. Desde então, Anna matou todas as pessoas que ousaram entrar na casa vitoriana que ela habita. Mas, por alguma razão, ela poupou a vida de Cas. Agora ele precisa desvendar diversos mistérios, entre eles: Por que Anna é tão diferente de todos os outros fantasmas que Cas já perseguiu? E o que o faz arriscar a própria vida para tentar falar com ela novamente?

Fantasia Sobrenatural | 252 Páginas
| Cortesia
Editora Verus| Skoob |
Compare
& Compre:
SubmarinoSaraivaAmazon| Classificação: 3,5/5
Não nutria
grandes expectativas para a leitura de Anna
Vestida de Sangue
. Na realidade, sabia tão pouco a respeito da obra que tudo
sobre ela me surpreendeu: a juventude dos protagonistas, os mistérios por trás
da trama (e como eles são reais e reflexivos), o papel da Anna na história, e
todas as mortes aterrorizantes que foram descritas – não riam, mas cheguei até
a ficar com medo do escuro! Porém, apesar da leitura ser instigante senti que a
trama não foi feita para mim. Adoro histórias de fantasia, principalmente aquelas
que partem de clichês como um amor proibido entre um fantasma e um caçador de
fantasmas, mas o fato é que já passei da fase em que todos os livros desse
gênero conquistam meu coração. E infelizmente foi isso que aconteceu com a
trama criada pela
Kendare
Blake
: ela me deixou encantada, mas não o
suficiente para me conquistar completamente.

A obra gira em torno do Cas. Desde que o
pai morreu, quando ainda era um garotinho, ele segue o legado deixado por seus
ancestrais: o dom e a missão de matar fantasmas. Por causa do seu trabalho e
por sempre estar se mudando em busca de novos alvos, Cas não possui amigos e
muito menos leva a vida típica de um jovem da sua idade. Porém, tudo vira de
cabeça pra baixo quando ele e a mãe se mudam para o Canadá na intenção de eliminar
Anna, um fantasma que assombra a região e que já matou inúmeros jovens. Anna é
diferente de tudo que Cas já encontrou: ela tem sentimentos (conflitantes e
muitas vezes malignos, mas tem), sabe que está morta, e é mais poderosa que
todos os fantasmas que Cas já transformou em pó. Além disso, a tarefa de matar o fantasma de Anna não é difícil
apenas por causa do imenso poder que ela tem, mas também porque ela inspira em
Cas uma vontade gigante de protegê-la ao invés de caçá-la. Enquanto tenta
aprender mais a respeito de Anna, Cas vai acabar em uma enrascada que vai
fazê-lo encontrar amigos leais e amorosos, descobrir mais sobre quem ele é e quem
almeja ser, e desvendar segredos do seu passado há muito tempo esquecidos. Quem
poderia imaginar que Cas, o perspicaz caçador de fantasmas, acabaria em uma
missão ao lado de aliados pra lá de incomuns (entre eles uma linda jovem
fantasma?).
Tem dois pontos que amei na leitura: o
amadurecimento vivenciado por Cas e o papel da Anna na história. Apesar de
clichê, gosto de tramas que falam sobre o valor das amizades verdadeiras e
sobre a ideia de que juntos somos mais fortes. Ao longo da história, Cas vai
fazer grandes e improváveis amigos – subentenda-se por um bruxo nerd e uma
linda e manipuladora garota popular – que encantam e surpreendem o leitor por
causa da força que demostram. E o mais legal dessas amizades é que elas fazem
Cas perceber que é jovem, que almeja uma vida normal, e que quer ter laços
fraternais e criar raízes em um mesmo lugar. Achei muito fofa a ligação que
esses três criam. Já Anna é uma personagem complexa e maravilhosa. Além de se
tornar um ponto de apoio para Cas, Anna representa muito bem as garotas da
década de 60, jovens que queriam mais do que um casamento arranjado e uma vida
subjugada. Depois de ser assassinada de uma forma cruel e brutal, a jovem foi
transformada em um ser incontrolável e vingativo que está matando por mais de
sessenta anos. Por causa disso, a jovem sofreu muito, e conforme mergulhamos em
sua história torna-se impossível não torcer para ela alcançar seu almejado
final feliz.
Outros pontos positivos são a personalidade
irreverente e irônica do Cas, o romance impossível entre ele e Anna, e o clima
de suspense e de aventura que permeia todo o livro. Não posso negar que, em
certos momentos, me senti aterrorizada pela narrativa – li de noite, no
aconchego da minha cama, e quando bateu a vontade de beber água fiquei morrendo
de medo de ir pra cozinha e me deparar com um fantasma, risos. Achei as mortes descritas bem vívidas e sangrentas, o que
não deixa o livro cair na mesmice e o torna ainda mais cativante. Ainda assim, confesso
que faltou algo para que a trama conquistasse meu coração. Não me senti
totalmente conectada com a história, nem vi grandes motivos para amá-la. Também
achei o desfecho aberto e corrido em momentos que precisavam de mais detalhes e
emoção. Contudo, percebi que essa foi uma escolha da autora para nos obrigar a ler a continuação da história
de Cas e Anna.
No geral, o livro traz uma fantasia
divertida e com pequenos toques de terror. E mesmo que não tenha me envolvido
completamente, fiquei curiosa para ver o que o próximo volume trará.
• Sobre a Série •
Anna
Vestida de Sangue
é o
primeiro volume de uma duologia. Ainda não sabemos quando o segundo livro será
publicado no Brasil.
• Adaptação •
O livro
teve seus direitos adquiridos pela Fickle
Fish Films
e vai virar filme.
Cameron Monaghan e Maddie Hasson vão interpretar Cas Lowood e
Anna, respectivamente. (Fonte)
Beijos,


Participe Aqui

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

19 Comentários

  • suzana cariri
    02 julho, 2016

    Oi!
    Estou bem curiosa sobre esse livro, achei bem interessante essa trama principalmente pela Anna pois fiquei curiosa sobre como ela será retratada tendo características tão contraditórias e ainda mais com esse romance, adorei essa capa e esse livro está na minha lista de leitura !!

  • Rafaella Abreu
    01 julho, 2016

    Li esse livro a um tempinho e ele não me prendeu muito ;/

  • Jesica Duarte
    01 julho, 2016

    Quero muito esse livro, muitas pessoas falam bem dele, e espero que o filme seja tão emocionante quando o livro.

  • Lara Menezes
    01 julho, 2016

    Olá Paola! Tudo bom?
    Que pena que você não gostou do livro, acredito que eu também não gostaria, já que esse tipo de livro não faz muito o meu gênero.
    A capa é um pouco estranha…
    Parece ser legal a amizade que o Claus desenvolveu, e os seus amadurecimentos.
    Bacana.

    Beijos

  • Emanuela Vieira
    30 junho, 2016

    Oi Paola!
    Já comprei o meu livro Anna Vestida de Sangue!!!
    Adorei os comentários desse livro, vi seu vídeo Book Haul de Maio2016, adorei sua resenha, acho ótimos livros assim e disse: pronto, tá aí vou comprar. Rsrsrs Estou ansiosa para lê-lo.
    Beijos!

  • Jéssica Dias
    29 junho, 2016

    Eu estou doida pra ler esse livro faz é tempo, mas ainda não tive a oportunidade de adquiri-lo. Achei curioso você não ter se sentido envolvida com a história, pois 100% dos comentários que li sobre foi só elogios e apaixonados haha. Sou a maníaca de histórias macabras, então já sabe né haha. Beijos!

  • Vania Correa
    29 junho, 2016

    Olha apesar que não te envolveu muito, a mim sim, fiquei apaixonada, esses personagens são fortes demais e achei Anna linda e fiquei feliz com essa amizade verdadeira, a capa está maravilhosa, beijos…

  • Leticia Golz
    28 junho, 2016

    Oi, Pah
    Que pena que a história não te envolveu completamente.
    Ri com sua resenha . Dificilmente leio ou vejo filmes de terror, justamente por isso. Nisso somos iguais, pois eu reluto em ir na cozinha beber água sempre depois de uma história de terror haha
    Mas como vi que esse livro não era tão assustador, fiquei curiosa.
    Gostaria de ler, mas depois de conhecer um pouco mais com sua resenha, vou sem grandes expectativas.

  • Paula Feitosa
    26 junho, 2016

    Não tenho muita curiosidade pela leitura, porque tenho medo desses livros que envolve muita coisa sombria.

  • Micheli Pegoraro
    26 junho, 2016

    Olá Pah,
    Quando vi o lançamento desse livro confesso que fiquei curiosa para ler, apesar de não ter o costume de ler livros de fantasia com esse enredo, então nem sei o que esperar. Mas como gosto de histórias com suspense (desde que seja bem levinho, também sou uma medrosa) acho que vou dar uma chance para esse livro quando tiver a oportunidade, mas sem aquela expectativa de me envolver.
    Beijos

  • Juliana Urakawa
    26 junho, 2016

    Nossa esse livro chamou minha atenção, parece ser muito bom!
    Com certeza vou ler *-*

  • Juliana Lima
    26 junho, 2016

    Nunca tinha ouvido falar desse livro, e como você não é todo livro de fantasia que me conquista. Acho que pela trama dá pra notar que o livro foi feito pra pré-adolescentes/adolescentes, depois de uma certa idade acredito que apesar de conseguir se divertir com o livro e sua trama, não se tem mais tanto encanto com histórias desse tipo, o que é meu caso, talvez se eu lesse esse livro há uns 7 anos atrás iria amar, mas hoje em dia é bem provável que não, tanto é que a sinopse não me chama atenção :/

  • Brenda Amorim
    25 junho, 2016

    Linda a capa.
    Gostei de saber sobre as personalidades dos personagens, mas o queme interessou é que ele é divertido e com um pouco de terror (principalmente porque não gosto muito de terror)
    Já entrou para a minha lista.

  • Naiara Fidelis Da Silva
    25 junho, 2016

    Não sabia que este livro ia virar filme, que legal. As capas dos dois são lindas e eu confesso que me interessei pela história, por envolver um romance entre caçador de fantasmas e fantasma, nunca li nenhum livro que abordasse este tema, então pra mim seria uma surpresa.

  • Theresa Cavalcanti
    25 junho, 2016

    Não cheguei ainda a conclusão se quero ou não ler esse livro. KKK

  • Larissa Alves
    25 junho, 2016

    Estou bem curiosa desde o lançamento para ler esse livro, apesar de não ser o meu gênero preferido, a sinopse me conquistou bastante e espero não me decepcionar com a leitura. Não sabia que a história teria continuação, apenas sabia da adaptação o que por sinal estou mais ansiosa ainda para o lançamento devido aos personagens rs.

    Beijos.
    Lari | Feminices da Lari

  • Paula
    25 junho, 2016

    Nossa! Confesso que sou medrosa também quando se trata de fantasmas e assim,se o livro for muito devagar, não consigo seguir adiante e ler ele até o fim. Apesar de ser bem esclarecedora e interessante a sua resenha, não me dispertou uma curisidade em alto grau pela leitura do livro. Porém, como vai virar filme, vou colocar ele na minha lista de livros para ler num futuro não tão distante. Super beijos…adoro livros e fuxicos

  • Lara Cardoso
    25 junho, 2016

    Não sabia ao certo o que esperar desse livro… tantas opiniões diferentes na internet.. Mas estava mesmo esperando sua resenha, que pra mim é sempre bem sincera, pra saber se add ou não a minha listinha!rs A conclusão é que ainda pretendo ler sim, mas não como prioridade, já que nós leitores temos uma lista imensa de leituras programadas…ehehhe
    😉
    Beijinhos

  • Priscila Tavares
    24 junho, 2016

    Oi Paola,
    estou vendo muita gente resenhando esse livro, e talvez seja por eu não curtir essas pitadas de terror, eu ainda não me senti conquistada pelo livro. Quem sabe acabo mudando de ideia.
    Beijos

    Quanto Mais Livros Melhor