Destaques

Newsletter

assine a newsletter!

E receba a notificação de novos posts por e-mail

junho 19, 2017

[Resenha] Quando a Noite Cai – Carina Rissi

Por Paola Aleksandra

Briana Pinheiro sabe que não é a pessoa mais sortuda do mundo. Sempre que ela está por perto algo vai mal, especialmente no trabalho. Por isso é tão difícil manter um emprego. E a garota realmente precisa de grana, já que a pensão da família não anda nada bem. Mas esse não é o único motivo pelo qual Briana anda perdendo o sono. Quando a noite cai e o sono vem, ela é transportada para terras distantes: um mundo com espadas, castelos e um guerreiro irlandês que teima em lhe roubar os sonhos... e o coração. Depois de ser demitida — pela terceira vez no mês! —, Briana reúne coragem e esperanças e sai em busca de um novo trabalho. É quando Gael O’Connor cruza seu caminho. O irlandês de olhar misterioso e poucas palavras lhe oferece uma vaga em uma de suas empresas. Só tem um probleminha: seu novo chefe é exatamente igual ao guerreiro dos seus sonhos. Enquanto tenta manter a má sorte longe do escritório, Briana acaba por misturar realidade e fantasia e se apaixona pelo belo, irresistível e enigmático Gael. Em uma viagem à Irlanda, a paixão explode e, com ela, o mundo de Briana, pois a garota vai descobrir que seu conto de fadas está em risco — e que talvez nem mesmo o amor verdadeiro seja capaz de triunfar...
Romance| 448 Páginas|  Cortesia Editora Verus| Skoob | Compare & Compre: SaraivaSubmarinoAmazon| Classificação 5/5
É fato que a Carina Rissi sempre me surpreende com suas histórias bem-humoradas e apaixonantes. Entretanto, dessa vez senti uma conexão ainda maior com a narrativa e fiquei com a impressão de estar lendo algo mais maduro e emocionante. Assim, além de romantismo e diversão, descobri que Quando a Noite Cai também traz uma história cheia de reviravoltas e sentimentalismo (tem até uma pitadinha bem-vinda de drama). A obra gira em torno de um velho clichê: o almejado amor que supera as barreiras do tempo. E, ao unir fantasia e realidade, a autora criou uma história que impressiona, cativa e deixa no leitor a sensação gostosa de coração aquecido e sorriso bobo no rosto. Com uma trama que ganha vida a cada página lida, Carina escreveu sobre o amor e seus padrões de uma forma que é, acreditem ou não, imprevisível.

Briana vive com a mãe e com a irmã mais nova na pensão que elas herdaram da avó. Anos atrás, quando o pai da jovem morreu, Bri precisou abandonar seus sonhos pessoais e focar no bem estar de sua família. Como filha mais velha ela assumiu a responsabilidade de ajudar a mãe nas finanças de casa e, desde então, vem pulando de um emprego para outro na tentativa de colocar comida na mesa e também na esperança de descobrir uma possível carreira – de preferência uma que não faça aflorar seu lado desastrado (para fins de curiosidade: em um emprego ela quebrou um lustre de dois mil reais, no outro ela derrubou comida ao servir um cliente especial, no outro ela fez desabar uma prateleira inteira e assim seguimos com uma lista repleta de acidentes). Além de levar uma vida corrida e de não parar em emprego nenhum, Briana carrega um segredo: há cinco anos ela sonha, quase toda noite, com uma terra medieval recheada de intrigas e disputas por poder; um mundo de fantasia protagonizado por Locan, um guerreiro irlandês de olhos cor de âmbar. Porém, a vida da jovem vira de pernas para o ar quando, ao sair de mais uma entrevista de emprego desastrosa, Briana dá de cara com o protagonista dos seus sonhos: Locan é um homem de carne e osso! Na realidade o homem com quem Bri esbarra é Gael, um empreendedor de sucesso que vive viajando pelo mundo. Contudo, a semelhança entre eles é notável, principalmente quando o assunto é a carga elétrica que ambos – um real e outro imaginário – descarregam no coração da jovem. E a pergunta que não quer calar é: o que esses dois têm em comum? Para responder essa questão Briana terá que viver entre fantasia e realidade e descobrir como dar voz aos anseios do seu coração.
Uma coisa bem legal do livro é que ele intercala uma narrativa no passado – da descrição dos sonhos medievais da protagonista – com a narrativa do presente. Assim, temos duas histórias em uma, e devoramos o livro na ânsia de entender se elas estão conectadas de alguma forma. Além disso, por se tratar de sonhos medievais que datam o século XVI, o livro traz um toque de romance de época que amo tanto, contando com um casal incrivelmente forte e que foi constantemente provado pelo destino: Ciara e Locan são demais! Em contra partida, não tem como negar que o presente é ainda mais cativante. Briana é gente como a gente - tropeça, erra, recomeça, sonha acordada, luta e faz de tudo por aqueles que ama. A jovem cativa com sua personalidade forte, ao mesmo tempo em que diverte o leitor com as situações corriqueiras e desastrosas que enfrenta. E acho que foi isso que mais gostei no livro: tem diversão (do tipo característico da escrita da Carina Rissi), mas também tem uma personagem forte, focada e real, que representa bem as dificuldades que qualquer mulher vive em seu dia a dia. Quem me conhece sabe que gosto de chick-lits que vão além da protagonista avoada em busca do amor, portanto amei a personalidade da Briana e todas as emoções sinceras que fluem dela.
E o que falar do romance? Gael aparece para responder muitas questões pendentes na vida de Briana. Mas, ao contrário do que imaginava, a jovem assume um papel ativo na história e, no final das contas, é ela que transforma a vida desse homem solitário e marcado pelo tempo. O amor entre eles nasce do dia a dia, das conversas e histórias compartilhadas, e da importância que cada um dá ao passado do outro. Eles respeitam suas marcas e segredos, pelo menos até o amor assumir e as barreiras impostas desmoronarem, e aceitam que a confiança anda lado a lado com o amor verdadeiro. Achei Gael incrivelmente charmoso e palpável – depois de uma forte perda ele se fechou em um mundo de agonia, mas quando Briana aparece ele deixa, aos poucos, que ela traga luz para seus dias de tristeza e reclusão. Foi lindo ver como ambos abrem o coração para a força que os une, mas foi ainda mais bonito vê-los escolhendo lutar por esse sentimento. O fato é que senti o amor deles do início ao fim. Sabe aquele frio na barriga e aquela vontade de mergulhar na história e viver esse amor junto com os protagonistas? Pois bem, foi isso que senti ao acompanhar Gael e Briana. A sensação que ficou é que eles foram feitos um para o outro e que eu tive o prazer de fazer parte dessa bela história de amor.
O amor encontra alegria na felicidade do outro, porque não é feito de posse, de matéria, mas de abnegação e doação.
O livro é lindo e emocionante. Ele traz uma mensagem belíssima sobre perdão e recomeço – e sobre como ás vezes o amor pode bater duas vezes em nossa porta. Aprendi muito com esse casal e torci enlouquecidamente por eles. No final, achei a mescla de fantasia e vida real um grande diferencial para história, algo que mesmo sendo clichê foi abordado com destreza o suficiente para a criação de algo único. Sério, leiam!


Beijos,



Participe Aqui

Comentários via Facebook

18 comentários:

  1. Amei a resenha Paola! Eu já estava curiosa para ler, agora estou muito mais! Você consegue passar, através de sua resenha, a emoção que teve ao ler.
    Abraços,
    Dandara Machado

    ResponderExcluir
  2. Oi Pah!
    Carina Rissi sempre arrasando né?!
    Esse livro está na minha lista para ler desde quando soube do lançamento, porque amo livros desse tipo e agora com as ferias vou finalmente poder ler!
    Me vejo em personagens como a Briana, pensa em uma pessoa desastrada? Passo cada vexame haha
    Achei bem legal o livro ser intercalado entre duas narrativas, fez minha vontade de ler só aumentar.
    Já li Perdida da Carina e gostei bastante da historia e de sua escrita que achei bem cativante, espero gostar tanto desse quanto do outro.
    Ótima resenha como sempre Pah <3 (como sempre me deixando louca pra ler mais e mais livros haha)

    ResponderExcluir
  3. Já estava na minha listinha. Agora, não sei se consigo esperar!! ❤❤

    ResponderExcluir
  4. Oi Pah :)
    Eu só li No Mundo da Luna, da Carina e gostei d+. Me surpreendeu muito a escrita dela.
    Eu estou apaixonada pela forma que você descreveu os acontecimentos do livro. Sou desastrada que nem a Briana e meu histórico não está muito diferente do dela rsrs
    Preciso conhecer o Gael pra ontem *--*

    ResponderExcluir
  5. Oi Pah, curti a resenha e espero poder ler esse livro logo logo, eu amo romances de época e receber um dois em um nessa história com uma pitada dele deve ser muito bom <3

    ResponderExcluir
  6. Como é bom ver nota máxima num livro, só mostra que a leitura foi excepcional! A Carina é incrível, sua escrita é tão divertida e cheia de reviravoltas, por isso que adoro ler algo dela. Achei bem legal misturar passado e presente e mostrar como o amor ultrapassa tempos. Quero muito ler, várias resenhas ja me chamaram a atenção ;)

    ResponderExcluir
  7. Ai Pah, a Carina é muito maravilhosa né? Confesso que estou apaixonada por esse livro, e principalmente pelo Gael (confesso que queria ele pra mim) hahah Amei o fato da Carina mudar um pouquinho a forma de escrever, o livro tá incrível.

    A resenha está incrível, e tenho certeza que deixou aguçada a curiosidade de muitos, os fazendo ansiosos pra ler Quando a noite cai. BEijosss

    ResponderExcluir
  8. Fiquei curiosa pra ler esse livro! Acho que vou me identificar com a Briana, principalmente na parte do desastrada hahaha 😘😘

    ResponderExcluir
  9. Oi Paola! Amei a resenha!
    Estou apaixonada pela capa deste livro! Que coisa linda!
    Adorei a premissa! Adoro livros que misturam fantasia com realidade. A protagonista parece ser muito cativante e a história parece ser muito envolvente e emocionante. Ainda não li nada da autora, mas esse livro com certeza vai para as minhas metas de leitura :)
    Bjos!

    ResponderExcluir
  10. Ahhhhhh Pah! Estou louca para ler esse livro, tive a oportunidade de conhecer a Carina e não consegui responder a ela qual era meu casal preferido! Até o momento é o Dante e a Luna, mas acho que quem sabe esse livro possa mudar minha perspectiva... Amei a resenha! Um grande beijo😊

    ResponderExcluir
  11. Carina Rissi é incrível! Preciso ler esse livro. A resenha está maravilhosa ❤
    Beijos ❤
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
  12. Oi, Pah
    Sonhos medievais! Adorei! Ainda não tinha parado para ler a descrição desse livro. Desenvolvimento da protagonista com romance... já gostei.
    Acho que a Carina já tem isso nela, transformar algo previsível e nos surpreender.
    Adorei a resenha e já desejo o livro.

    ResponderExcluir
  13. EITA PAH!
    Parece mais um romance amorzinho da autora.
    Adoro esse lance de viagem no tempo e ainda mais quando a narrativa tem passado e presente.
    Quero muito poder ler.
    “Terei toda a aparência de quem falhou, e só eu saberei se foi a falha necessária.” (Clarice Lispector)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Pah,
    A cada novo livro lido da Carina Rissi me apaixono cada vez mais por sua escrita. Amo suas histórias, são envolventes e divertidas na medida certa.
    É claro que quero ler esse livro, estou ansiosa para conhecer essa história desde quando vi o lançamento. Adoro livros onde a narrativa é intercalada entre a história presente com a do passado, ainda mais se tratando dos sonhos medievais com um lindo guerreiro irlandês ♡
    Que romance mais lindo e apaixonante esse, também quero ser cativada pelo relacionamento do casal. Adorei a personalidade da Briana, essa mulher toda desastrosa me representa kkk e muitos suspiros pelo Gael.
    Quero muito ler esse livro *-*
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Carina Rissi está se tornando uma das autoras que eu mais amo. Os livros dela são sempre incríveis, amo a construção dos personagens dela, a gente realmente compreende e passa a gostar dos personagens e as histórias dela sempre me surpreende. Já to adorando esse livro, só pelo fato de haver um contexto medieval hahahaha

    ResponderExcluir
  16. Gostei da sua resenha. Eu amo aprender outras línguas, quero aprender japonês, não sei inglês ainda, mas minha vontade de aprender japonês é tão grande que não consigo aprender inglês primeiro >.<

    ResponderExcluir
  17. Kkkk amei a història pelo resumo, quando diz que o chefe é igual ao guerreiro ja me convenci que preciso ler esse livro. Resenha sempre perfeita que me fez querer ler esse livro logo, apesar da capa ser bonita, mas não ter nada a ver com a història, na minha opinião, gostei assim mesmo.

    ResponderExcluir
  18. Olá,
    Que historia incrivel. Já tinha lido varias resenhas desse livro e me encantou a trama dele. E maravilhoso como a personagem se encontra com cara que tinha aparecido em seu sonho e na vida real e totalmente diferente. Eu já não sabia que a personagem era desastrada porque se parece um pouco a mim. Quero muito conhecer essa trama.

    ResponderExcluir

Resenhas

© Livros & Fuxicos – Desenvolvimento com por Subir