agosto 16, 2017

[Resenha + Sorteio] Uma Janela para o Céu – Marina Machado

Julyana Barocci é o perfeito retrato da mulher contemporânea: ela é determinada, bem-sucedida e tem o emprego dos sonhos. Agora, aos 35 anos, percebe que conquistou tudo o que queria. Bem, quase tudo. Quando o assunto é relacionamentos, o retrato não é tão fiel assim. Em Uma janela para o céu, Julyana narra com bom humor suas aventuras e inseguranças na busca por seu par ideal. Com o súbito aparecimento de seu pai desconhecido, ela descobre os fatos que a fizeram se separar do único namorado a quem amou de verdade – e de quem ficou separada por vinte anos. Essa visitinha do passado veio para esclarecer questões mal-resolvidas ou para complicar a vida de Julyana de vez?

Chick-Lit| 286 Páginas| Editora
Novo Século (Talentos da Literatura Nacional)
| Skoob |
Compare & Compre: SaraivaAmazon | Classificação 4/5
Uma Janela para o Céu me enganou
direitinho. A capa e sinopse me venderam um livro romântico, divertido e leve –
exatamente o que os chick-lits têm de melhor. Entretanto, apesar de ter tudo
isso a trama surpreende por ir além, por focar na história de uma mulher
madura, insegura em alguns momentos, e ansiosa por encontrar o amor. Gosto de
histórias românticas que abordam temas importantes como perdão, recomeço e amor
verdadeiro (não do tipo idealizado, mas aquele que é construído aos poucos, no
dia a dia). E a história da Marina tem tudo isso e muito mais.

Julyana
acabou de flagrar o namorado em uma cena comprometedora com uma garota bem mais nova. E, como se não fosse
suficiente, ela também descobriu que a mãe mentiu a respeito de coisas importantes
do seu passado – uma delas, por exemplo, é a identidade do seu pai, aquele com
quem ela sempre sonhou conviver mas nunca teve a oportunidade de conhecer. Em
um rompante de dor e mágoas, Julyana (que não é mais tão novinha e sente o peso
dos seus trinta e cinco anos) resolve tirar um período de férias para voltar
para o interior de Minas, região em que sua mãe vive, e confrontar de uma vez por
todas o passado. O problema é que ao chegar lá a jovem descobrirá novas
mentiras e acabará ainda mais magoada com a mãe, insegura com tudo o que deixou
de viver e aproveitar por causa dos segredos de sua família, e ansiosa para
superar o passado. E é nessa ânsia por um novo futuro que ela reencontrará um
namorado de juventude, alguém que ela sempre amou e amará. – Ou seja, puro clima
de mentiras, perdão e reencontros, não é mesmo?
Podemos
dizer que Julyana está em crise. Ela está cansada de viver relacionamentos
falsos, que duram menos de dois meses, e de sentir que nunca será amada
verdadeiramente. Além disso, nossa protagonista quer paixão, companheirismo,
amizade e, quem sabe, a oportunidade de criar uma família. Mas parece que Julyana
sempre escolhe os caras errados ou que, depois dos trinta, não é mais vista
como uma mulher desejada. Como disse, ela está em crise. E achei legal como a autora aborda isso, mostrando as
dificuldades que toda mulher encontra nessa fase: sonhos profissionais (ADOREI
que a obra aborda esse tema sem deixar que o romance ofusque quem a
protagonista é), vontade de superar mágoas e erros antigos (aqui temos a
abordagem da ligação da jovem com seus familiares, principalmente com a falta
que ela sente da figura paterna), e uma necessidade de ser amada. Como disse no
começo da resenha, achei que o livro focaria apenas no romance, mas foi uma
surpresa gostosa ver essa mulher – doidinha, briguenta, birrenta em alguns
momentos (ás vezes parecia que ela era bem mais nova, juro que queria dar umas
sacudidas nela, risos) – descobrir
que o amor verdadeiro está, antes de mais nada, no amor próprio. No final o que fica do livro é a jornada da
protagonista: erros, vitórias, recomeços e o muito perdão.
Sem
dúvida o que mais gostei na leitura foi à jornada de amadurecimento da
protagonista e suas conversas, engraçadas e reais, com suas melhores amigas.
Elas possuem um grupo no Whats (bem gente como a gente) e conversam sobre tudo
e mais um pouco. Identifiquei-me com essas mulheres e torci bastante por elas.
Entretanto, um dos pilares mais importantes da história, que é o romance, não
me convenceu inteiramente. Logo de cara percebemos dois possíveis pares
românticos pra Julyana, seu namorado antigo e um lance proibido com um homem que ela acabou de conhecer. Um deles é
real e encantador, o outro é seguro e ao mesmo tempo impossível. Entre escolhas
e desejos, percebi que a protagonista perdeu tempo demais com o homem errado (que na realidade não é errado,
porque sem ele Julyana não teria embarcado em uma jornada de amadurecimento,
mas ainda assim, vai falar isso pro meu coração de leitora…). Queria ter
visto a paixão nascer e explodir, o dia a dia e as conversas, e a construção de
sonhos. Sinto que a protagonista teve tudo isso, mas não com o homem certo,
sabe? Não acho que estou fazendo muito sentido, até porque preciso evitar
spoilers, mas em suma digo que senti falta do romance, mesmo percebendo que ele
não era o foco da trama.
No
geral, temos um livro divertido, cheio de peripécias e planos mirabolantes, e
que foca na jornada de amadurecimento da protagonista. Aqui lemos sobre
crescimento, superação do passado e a busca pelo amor verdadeiro. Algo que
gostei bastante. Recomendo para aqueles que gostam de chick-lits que vão além
do esperado e surpreendem por abordar temas mais reflexivos.
• Sobre a Série •
Uma Janela para o Céu é o
primeiro volume de, até então, uma duologia. A continuação ainda não tem nome,
mas focará no romance de Julyana e nosso mocinho misterioso (enquanto no
primeiro vemos essa mulher crescer e amadurecer, no segundo acompanharemos ela
pronta pra engatar um romance sério).

 Sorteio

Gostou da resenha? Então que tal concorrer
a um exemplar do livro
? Para participar basta:

• Possuir
endereço de entrega no Brasil;

Comentar nessa resenha (Só serão aceitos comentários relacionados com o
conteúdo da postagem);
• Preencher
o seguinte formulário:
a Rafflecopter giveaway

Prontinho, agora você já está participando! A promoção fica
no ar até o dia
30 de Agosto e o
ganhador será divulgado no dia seguinte. Lembrando que o mesmo tem até 48 horas
para responder o contato de solicitação de endereço, se não, realizaremos um
novo sorteio. Além disso, vale salientar que o envio do prêmio pode demorar até
40 dias.

Beijos,



Participe Aqui

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

31 Comentários

  • I am Raay
    30 agosto, 2017

    Oi pah
    Arrasou na resenha e me deixou bastante curiosa para saber mais detalhes desta história… Achei bem interessante tudo que se passa… E bem " gente como a gente" rs

  • Beatriz Nobre
    29 agosto, 2017

    Gostei bastante da resenha e achei a história bem interessante!

  • Sobre!
    29 agosto, 2017

    Gostei bastante da resenha e achei o livro bem interessante!

  • Camila Fernandes
    28 agosto, 2017

    Hahahha, mas que resenha legal. Quando eu vi a capa e li o titulo do livro, nao sei porque, mas pensei que a historia seria completamente diferente. Nunca imaginaria que seria um romance leve, com pitadas de humor e com uma pegada diferente do "mesmo". Fiquei bem curiosa para ler um pouco mais sobre essa tal evolução e amadurecimento da personagem que você diz, alem de conhecer e me encantar por esses personagens nem tao secundários assim que parecem ser incríveis. Resenha muito bem escrita! Alem de vontade de ler esse livro, fiquei com vontade de ler a continuação (que nem foi escrita ainda KKKKKKKKKK)

  • JULIANA
    28 agosto, 2017

    Não tem e-book? Procurei na Amazon… NADA… : (

  • Thais Crivelari
    28 agosto, 2017

    Já me ganhou no " ansiosa por encontrar o amor".
    Minas? Livro br então? Já quero!!
    "descobrir que o amor verdadeiro está, antes de mais nada, no amor próprio" Me ensina issooo prota ♥
    Socorro que tem dialogos com as bbfs dela? Já amei… Sinto que vou me identificar
    " Recomendo para aqueles que gostam de chick-lits que vão além do esperado e surpreendem por abordar temas mais reflexivos." Então… PARTIUUU kkkk
    (ignora esse jeito besta de comentar, peguei mania por causa de um site de fanfics: Social Spirit ^^)

  • Gabriele Morais Gabi
    25 agosto, 2017

    Amei a resenha!!
    Fiquei muito curiosa para ler o livros!!

  • Micheli Pegoraro
    25 agosto, 2017

    Oi Pah,
    Adoro um bom chick-lit com uma história leve, divertida e uma romance água com açúcar, mas como é bom ser surpreendida com um livro que vai muito além dessa essência do gênero. Estava aguardando resenha desse livro, pois já tinha sido cativada ao ler a premissa, e agora depois de saber um pouco mais dessa história sei que vai ser uma leitura muito gostosa de ler. Amo livros que focam no amadurecimento das protagonistas, e vai ser uma leitura com muitas reflexões ao acompanhar a insegura Julyana em sua jornada de autoaceitação.
    Beijos

  • Milena Soares
    23 agosto, 2017

    Olá! Curto muito um chick-lits e amei saber que protagonista é um mulher de 35 anos, essa resenha me deixou ainda curiosa em conferi essa história.

  • Maíra Souza
    23 agosto, 2017

    Participando!
    Pela resenha me parece uma história fraquinha apesar de todo o drama e amadurecimento da protagonista, porque isso é uma coisa importante. E apesar de chick-lits não serem meus prediletos, parece uma história legal. Lerei se tiver a oportunidade! 😉
    maiiira04@gmail.com

  • Mônica Kaster
    22 agosto, 2017

    Adoro ChickLit com um pouco de drama, e personagens que amadurecem! A capa esta linda e fofa, adorei as cores…

  • Patricia FQ
    22 agosto, 2017

    Leio pouco Chick-Lit porque acho mais do mesmo e principalmente porque as protagonistas são muito infantis, mas esse me interessou pelos conflitos familiares. Gosto de ler sobre perdão, já que é difícil praticar é bom sempre ler.

  • RUDYNALVA
    21 agosto, 2017

    Pah!
    O que mais gostei foi ver que a protagonista já é de uma idade mais madura e mesmo com suas inseguranças e tantas mentiras em sua vida, procurou amadurecer e continuou em busca de sua felicidade.
    E mesmo que o romance não seja lá essas coisas, acredito que pela abordagem dos conflitos na fase em que ela está, vale super a pena a leitura.

    Participo e mais tarde sairá divulgação no blog.
    RUDYNALVA CORREIA SOARES
    rudynalva@yahoo.com.br
    Boa semana!
    "…Aceite com sabedoria o fato de que o caminho está cheio de contradições. Há momentos de alegria e desespero, confiança e falta de fé, mas vale a pena seguir adiante…"(Paulo Coelho)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

  • Márcia Saltão
    21 agosto, 2017

    Olá!
    Não conhecia o livro, mas já me encantei. Gosto de enredos que trazem protagonistas com seus dramas, mas que com força e determinação, superam seus problemas. Parece ser uma linda leitura, gostaria muito de conferir!
    Excelente resenha.
    Beijos.

  • Giulianna Santicioli
    21 agosto, 2017

    Descobri que gostava de chick-lit antes mesmo de saber o que são chick-lit, realmente, quando li a sinopse achei que o livro era um romance, mas ele é mesmo muito mais que isso, acho que essa não seria uma leitura que faria agora, estou em uma fase de que só quero e só consigo ler romances, quando foge um pouco desse gênero, o livro já não me interessa e não consigo terminá-lo, enfim, pela resenha, parece que a Julyana realmente ficou um bom tempo indo atrás dos homens errados, mas parece que isso finalmente vai mudar.
    Beijos!

  • Katharine Emídio
    21 agosto, 2017

    Pah, amei a resenha!! Legal essa parte do amadurecimento da protagonista, mas sinceramente como você falou, eu também sentirei falta do romance. Sou apegada ao romance(apesar de saber que não é só isso a vida, maaaas… kkkkk). Então, irei dar uma chance ao livro!! Super Beijo

  • Talita Oliveira
    20 agosto, 2017

    Primeiro de tudo, que capa maravilhosa, tô apaixonada!
    Gostei muito da ideia central de apesar de ser um romance abordar outros aspectos, afinal, a vida não é feita só de romance!
    Sobre a protagonista eu diria que, curto protagonistas com personalidade e força, além do livro abordar isso, tem toda a jornada de amadurecimento e o entendimento pelo amor próprio.
    Estou simplesmente super curiosa para acompanhar a jornada da Julyana, e espero que fique só nos dois livros, não gosto de séries extensas.
    Bjs! Amei a resenha!

  • Nayane Evylle
    19 agosto, 2017

    Oi Pah! Fez super sentido pra mim sua reflexão kkkk tem sempre alguma mocinha que vive o certo com o cara errado e tudo bem. Pelo menos amadurece como a personagem.
    Espero gostar de ler e estou participando do sorteio *-*

  • Franciele
    19 agosto, 2017

    Não me pareceu um chick-lit, já está na minha lista das próximas leituras! E esse livro relata um boa parte da vida de uma mulher aos seus 30 anos de idade e que sente já velha pra amar novamente. E pelo que li, pela sua resenha, não pode desistir jamais de encontrar o seu verdadeiro amor ♥

  • mich
    18 agosto, 2017

    Olá!
    Logo que lançou esse livro eu pensei " deve ser mais um romance água com açúcar " mas depois da sua resenha posso compreender que o livro é mais que isso..

    Gosto muito do livro que só decorrer da trama vemos o crescimento e amadurecimento da personagem..

    Já anotei para ler!!

    Bjo

  • Nabia
    18 agosto, 2017

    mais um livro pra minha lista, vistar seu blog já está virando um vício kkkk preciso aprender a me controlar

  • magomes8
    18 agosto, 2017

    Oi Paah! Que legal, já me interessei no livro pela sua resenha, eu adoro protagonistas que passam por essas "crises" kkkkk e eu gosto muito quando, além de abordar o romance entre os mocinhos, tem essa autodescoberta da protagonista. Vou ler com certeza! Quando vc indicou Procura-se um Marido, eu amei, um dos meus livros favoritos e fiquei encantada com o amadurecimento da Alicia, mais encantada do que com o romance hahahah Acho que Uma Janela para o Céu também terá esse mesmo efeito em mim.

  • Luciana Lole
    17 agosto, 2017

    Realmente não pareceu um chick lit, mas uma história que faz parte da vida de muitas mulheres depois dos seus 30 anos, e pelo que pude perceber da sua resenha, não podem desistir de encontrar a felicidade. Vai entrar para minha lista de leitura =)

  • lana Silva
    17 agosto, 2017

    E a primeira vez que me deparo com este livro, e já estou encantada, sua resenha foi suficiente para eu me cativar por esta leitura. Adoro personagens femininas como está, que mesmo cheio de problemas pessoais, ainda sim consegue dar a volta por cima, e seguir em frente de cabeça erguida. E pelo visto está autora fez um ótimo trabalho em construí uma personagem gente como a gente, no qual e fácil se identificar. Estou super ansiosa pela leitura.

    Participando.
    lannawesley@gmail.com

    Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

  • Bruna Lago
    17 agosto, 2017

    Que bom que é um livro real né? tantas pessoas passam por isso e é bom ler um livro que retrata a vida de uma personagem que é independente, mas que quer um amor também.
    Eu adorei a perspectiva da leitura, além de achar a capa bonita e com uma sinopse que chama a atenção. Que legal que vai ter uma continuação e saberemos mais sobre esse romance 🙂
    Beijos

  • Fernanda De Mello
    17 agosto, 2017

    Faz tempo que não leio um Chick-Lit, mas esse já esta na minha lista rsrsrsrs

  • Anna Mendes
    17 agosto, 2017

    Oi Paola! Adorei a resenha!
    Não costumo ler muitos livros deste gênero, mas achei este interessante. Não só por parecer ser leve e divertido, mas também por abordar os temas que você mencionou, como o perdão, recomeços e o amadurecimento da protagonista.
    Fiquei bem curiosa para fazer a leitura. E esta capa está linda demais!
    Bjos!

  • Lara Cardoso
    17 agosto, 2017

    Tenho lido algumas resenhas desse livro, porque me apaixonei pelas cores da capa e fiquei curiosa.

  • Dayana Santos
    17 agosto, 2017

    Gostei da resenha… Eu amo livros que focam no crescimento e amadurecimento dos personagens.E principalmente que independente da idade que nunca devemos desistir de buscar o amor, um companheiro.. E parece que essa personagem tem muitas reviravoltas na vida!! Com certeza colocarei na minha lista de leituras!

  • Sueme Pacheco
    16 agosto, 2017

    Kkkk ela sempre escolhe os caras errados, me identifiquei. Eu entendo a falta de sentido. E essa capa é lindíssima

  • Camila Vieira Marques
    16 agosto, 2017

    O livro parece ser legal e bastante divertido. Já quero ler 🙂
    Bela resenha.

    https://livroseimaginacoes.blogspot.com.br