junho 18, 2018

[Resenha + Sorteio] Noites de Sol – Bruno Bucis

A noite e o dia são coisas que só se misturam perfeitamente em dois lugares: no céu de Brasília e na mente de Soraya. A protagonista deste livro é uma adolescente da periferia do Distrito Federal que narra os altos [poucos] e [muitos] baixos de seu último ano de ensino médio. Acompanhada de seus amigos que não são tão inseparáveis como ela imagina, Soraya descobre a cada capítulo que amadurecer é mais difícil do que qualquer prova de gramática. É em uma trilha sonora de clássicos da MPB que ela vai buscar conforto para as mudanças que o tempo lhe traz: ela perde o namorado em um pôr do sol; vê amizades antigas de apagarem em uma noite; mas vê também brilhar a luz de novos amores a cada dia. Amores. No plural. Mesmo com o coração dividido, porém, ela vai ter que aprender que a relação mais difícil de se administrar é a consigo mesma.


Jovem Adulto Editora
Trampolim
280 Páginas
Classificação: 4,5
/5
Skoob | Compre: Amazon
Noites
de Sol
é o tipo de livro que conquista logo nas primeiras páginas.
Ao falar sobre os típicos dramas da adolescência – na voz de uma personagem sincera
e palpável – o livro nos faz mergulhar em um mar de inseguranças, escolhas e
descobertas. A história me fez relembrar essa fase tão conflituosa e saudar a
verdade que só o tempo revela: crescer dói, mas cada marca nós torna adultos
mais fortes.

Soraya mora em Brasília, conta com o apoio de uma família
presente e amorosa, possui poucos mas bons amigos e, ao que tudo indica,
sente-se realizada em seu namoro. Contudo, nas férias de final de ano que
precedem o último ano do ensino médio, sua vida vira de pernas para o ar. A
rejeição do garoto que amava mexe com as emoções da jovem e, em um impulso, ela
resolve viver por si mesma, abandonando as convenções e libertando-se dos
grilhões gerados pelas expectativas da sociedade. Sem namorado e sem mais
ninguém com o poder de fazê-la duvidar de si mesma, Sol liberta o drama que
ameaça consumir seu coração, raspa o cabelo e decide trabalhar outro tipo de
amor: o amor próprio. Assim, acompanhamos Soraya lidando com o ex, com os dias
pouco pacíficos na escola, com novos amigos chegando e outros partindo, com a
descoberta de novos amores e, principalmente, com a necessidade de amar o
reflexo que vê no espelho.

Sol representa com maestria os típicos conflitos da
adolescência: problemas para aceitar seu corpo, medo de se rotular, pressão
para ser o que a sociedade espera, inseguranças sobre o futuro, amizades
desfeitas e, obviamente, romances repletos de primeiras vezes. A narrativa da
personagem tem um toque de drama que
me lembrou a Paola de dez anos atrás e suas inseguranças. Quando somos jovens é
difícil imaginar o futuro, mas a verdade é que o passar do tempo só nós faz
bem. Portanto, ler sobre os dilemas da Soraya também significa se identificar
com a sua maneira de ver o mundo, se jogar nos seus problemas e inseguranças, e
viver sem ter a certeza de que o futuro será bom e feliz – exatamente como
acontece com todo jovem adulto. Sem dúvida, o melhor de tudo é mergulhar na
mente dessa jovem, compreender seus dilemas e, no momento certo, amadurecer com
ela. Sol cresce muito ao longo do livro e isso cativa o leitor.


Os dilemas sobre padrões de beleza, dramas familiares,
preconceito e laços de amizade foram extremamente bem trabalhados pelo autor.
Me envolvi não só com a história de Sol, mas também com a de seus pais e
amigos. O mesmo acontece com o romance. Em alguns momentos ele pende para o
clichê e em outros segue caminhos tortuosos e dolorosos. Através de Sol lemos
sobre primeiras vezes, paixão à primeira vista, ciúmes e muita insegurança. Não
encontramos um romance leve e doce, como podemos imaginar, mas algo tão sincero
quanto à vida real. Até porque, às vezes o amor não é o suficiente para manter
duas pessoas próximas, não é mesmo?


Para quem gosta de livros jovens sobre crescimento e
aprendizado, eis uma ótima opção de leitura. O autor escreve muito bem e sua
personagem é maravilhosa.

Sorteio

Gostou da resenha? Então que tal concorrer
a esse livro lindo
? Para participar basta:

• Possuir endereço de entrega no Brasil;
• Comentar nessa resenha (Só serão aceitos comentários
relacionados com o conteúdo da postagem);
• Preencher o seguinte formulário:



Prontinho, agora você já está participando! A promoção fica
no ar até o dia 30 de Junho e o
ganhador será divulgado no dia seguinte. Lembrando que o mesmo tem até 48 horas
para responder o contato de solicitação de endereço, se não, realizaremos um
novo sorteio. Além disso, vale salientar que o envio do prêmio pode demorar até
40 dias.

Beijos

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

7 Comentários

  • Patricia FQ
    27 junho, 2018

    É muito bom acompanhar o amadurecimento de um personagem, isso nos faz refletir sobre nossas atitudes o que inevitavelmente contribui para nosso próprio amadurecimento.

  • Ana Paula Palmeira
    25 junho, 2018

    Ola… Eu adorei a resenha! Fiquei super curiosa para mergulhar nesta historia!

  • Adriana C.
    25 junho, 2018

    Parece ser um livro apaixonante! Essa fase da adolescência traz muitos conflitos, inseguranças e medos. Livros assim servem também como uma ajuda a quem está nessa fase da vida. Quero ter a oportunidade de ler essa história que promete muitas emoções!

  • Francisca Elizabete
    23 junho, 2018

    Achei o livro super interessante, e fiquei também muito curiosa para ler!! Gosto de livros que abordam temas diversos: dilemas sobre padrões de beleza, dramas familiares, preconceito e laços de amizade e romance!! Os personagens parecem ser bem construídos, e com certeza a história irá conseguir prender a atenção dos leitores ávidos por uma boa leitura!!

  • Anna Mendes
    19 junho, 2018

    Oi Paola!
    Adorei a resenha!
    Fiquei encantada com a capa deste livro!
    Gostei muito da premissa! Parece ser uma leitura muito envolvente, emocionante e que proporciona muitas reflexões!
    Adoro livros com protagonistas que estão em uma jornada de amadurecimento e crescimento.
    Fiquei muito curiosa para fazer a leitura! 🙂
    Bjos!

  • Tereza Cristina Machado
    18 junho, 2018

    Oi Pah!
    Achei interessante sua resenha, sou do tipo que amo um romance, mas me aventuro em outros gêneros e fiquei instigada a querer ler esse. Por sua resenha da pra perceber que certas situações vividas na adolescência se repetem muito na vida adulta… ciclos de amores e experiência são uma constante da vida. Enfim, quero muito ganhar pra ler, mas ainda sim vou colocar na minha lista de aquisições.

  • Unknown
    18 junho, 2018

    Adoro MPB, e cenário do livro me fez lembra o filme Faroeste Caboclo. "ela perde o namorado em um pôr do sol; vê amizades antigas de apagarem em uma noite; mas vê também brilhar a luz de novos amores a cada dia" – adorei, como poesia.