Anúncios
fevereiro 21, 2017

[Resenha] A Fúria e a Aurora – Renée Ahdieh

A_FÚRIA_E_A_AURORA_RENÉE_AHDIEH_ResenhaPersonagem central da história, a jovem Sherazade se candidata ao posto de noiva de Khalid Ibn Al-Rashid, o rei de Khorasan, de 18 anos de idade, considerado um monstro pelos moradores da cidade por ele governada. Casando-se todos os dias com uma mulher diferente, o califa degola as eleitas a cada amanhecer. Depois de uma fila de garotas assassinadas no castelo, e inúmeras famílias desoladas, Sherazade perde uma de suas melhores amigas, Shiva, uma das vítimas fatais de Khalid. Em nome da forte amizade entre ambas, Sherazade planeja uma vingança para colocar fim às atrocidades do atual reinado. Noite após noite, Sherazade seduz o rei, tecendo histórias que encantam e que garantem sua sobrevivência, embora saiba que cada aurora pode ser a sua última. De maneira inesperada, no entanto, passa a enxergar outras situações e realidades nas quais vive um rei com um coração atormentado. Apaixonada, a heroína da história entra em conflito ao encarar seu próprio arrebatamento como uma traição imperdoável à amiga. Apesar de não ter perdido a coragem de fazer justiça, de tirar a vida de Khalid em honra às mulheres mortas, Sherazade empreende a missão de desvendar os segredos escondidos nos imensos corredores do palácio de mármore e pedra e em cenários mágicos em meio ao deserto.

Editora: GloboAlt l 336 Páginas l Fantasia l Compare & Compre: SaraivaSubmarinoAmazon l Skoob l Resenha: @mayeosvicios l Classificação: 5/5 ♥

“Algumas coisas existem em nossas vidas por apenas um breve momento. E nós precisamos deixá-las ir para iluminar outro céu.”

A história da jovem Sherazade e do rei Khalid é exatamente assim: incrivelmente surpreendente e arrebatadora. Trata-se de uma fantasia repleta de reviravoltas que nos presenteia com a releitura do clássico As Mil e Uma Noites de uma forma doce, romântica e completamente encantadora. Eu, que não sabia o que esperar da obra, fui arrebatada e surpreendida de tal forma que A Fúria e a Aurora entrou para minha lista de favoritos, deixando-me completamente ansiosa para sua continuação.

A trama, mesmo para quem – assim como eu – nunca leu As Mil e Uma Noites, nos apresenta um reino governado por Khalid, um rei tirano, que a cada novo dia casa-se com uma jovem diferente para então, logo na aurora, mandá-las para a morte. Após perder sua melhor amiga, uma das vítimas de Khalid, Sherazade decide voluntariar-se para se casar com o rei, com o único objetivo de matá-lo e acabar com o sofrimento de tantas famílias que perderam, e perderão, suas filhas. O plano de Sherazade é encantar o rei ao contar histórias no meio da noite que, ao chegar da aurora, param prometendo mais, atiçando a curiosidade do Kalifa e permitindo a jovem mais uma noite – até que ela consiga elaborar e colocar em prática o seu plano de acabar com vida dele. Entretanto, à medida que os dias passam Sherazade percebe que por trás de tantas mortes e de tanto sofrimento existe algo mais, ela percebe em Khalid uma dor profunda e imensa, o que a faz questionar sobre o verdadeiro motivo de tantas mortes. Assim, nesta busca pela verdade e pela justiça, Sherazade acabará conhecendo mais do reino, do rei, de si mesma e sobre o que é verdadeiramente amar e até onde um homem ou uma mulher conseguem ir em nome deste sentimento tão puro e verdadeiro. 

E isso é somente a premissa da obra, a autora foi muito feliz no desenrolar dos acontecimentos, nos instigando e intrigando desde o início da leitura, pois com certeza sob a superfície fria, calculista e tirana, o Kalifa Khalid esconde muito mais, e ao lado de Sherazade vamos derrubando cada barreira, e conhecendo cada camada deste homem atormentado por escolhas que nem sequer fizera. A Fúria e a Aurora é uma obra fantástica, ambientada em meio ao desejo de vingança, a crise política e a ganância por poder – isso sem mencionar o romance arrebatador e capaz de superar todas as barreiras e que, para a alegria do leitor, está apenas começando. Outro ponto positivo é que a autora nos ensina não somente com a mitologia e misticismo presentes no livro, mas também com o amadurecimento e crescimento das personagens. Junto aos protagonistas aprendemos a perdoar, a superar, e a entender como somos falhos e parciais – independente de tempo, época, crença ou idade.

Narrado em terceira pessoa a autora nos permite visualizar o que acontece em todos os lugares além da visão de Sherazade. Contudo, confesso que senti falta da visão de Khalid (mas acredito que no próximo livro teremos o ponto de vista dele também, para a nossa imensa alegria). A narrativa é fluida e nem percebemos as páginas passarem, quando me dei conta estava na última página e com o coração na mão pela forma como tudo terminou. Preciso desesperadamente da continuação, que para minha sorte será lançada agora em fevereiro.

Romance, ação, aventura, mitologia, fantasia, superação, heroísmo… Nossa, são tantas coisas que você vai encontrar aqui que, sem dúvida alguma, eu recomendo de olhos fechados e para todos os públicos, pois vale muito a pena.

Sobre a Série

A Fúria e a Aurora é o primeiro volume de uma duologia. O segundo volume, A Rosa e a Adaga, está previsto para Fevereiro de 2017.

 

Beijos!

 

 
 
 
 

 

 

Anúncios

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

12 Comentários

  • Evellyn Mendonça
    01 março, 2017

    Ooi Mayara nunca li As Mil e Uma Noites, e fiquei super curiosa lendo a resenha desse livro.
    Essa capa é muito linda!!! Adorei saber que no livro tem o amadurecimento e crescimento das personagens.
    Bjs

  • Lara Cardoso
    28 fevereiro, 2017

    Eu vi muitas resenhas positivas, mas infelizmente o gênero não é do meu agrado.
    A capa é muito linda, amo azul ahahah

  • Girlene Viey
    27 fevereiro, 2017

    Não conhecia essa duologia, e também não li As Mil e Uma Noites
    Entretanto gostei da historia, a forma como fatos vai acontecendo na vida da jovem
    e como ela vai lidando com toda aquela informação. Parece leitura bastante agradável, e envolvente. Espero conhecer mais sobre essa obra em breve, pois gostei bastante da personagem Sherazade

  • Palavras e Notas
    25 fevereiro, 2017

    Oi, Maiara! Quando li a sinopse eu amei logo de cara, e apesar da história ganhar esse clima romântico do qual eu estou fugindo no decorrer da obra, ainda assim eu adicionei à wishlist. Parece uma boa leitura e seus comentários positivos apenas me motiva ainda mais a ler o livro, but, tenho um pouco de receio quanto a obras desse estilo, tive Isso com A Cidade do Sol e me decepcionei, é um livro muito triste com uma boa história, mas que não consegui terminar :/

    Porém, mesmo as atrocidades do Rei sendo ressaltadas, acredito que desta obra aí eu vou gostar.

    Abs.

  • Thaynara ribeiro
    24 fevereiro, 2017

    Sherazade sempre foi uma historia que me encantou e com essa versão não é diferente! Quero muito ler

  • Yana
    24 fevereiro, 2017

    May, estava desconfiada desse livro por ser uma releitura e fiquei imaginando se fugiria muito da histórias que li na infância. Com sua resenha fiquei super animada! Assim que puder vou adquirir o livro!

  • Gi
    23 fevereiro, 2017

    Não vejo a hora de ler essa releitura de uma história q muito me fascina.

  • Caroline Garcia
    22 fevereiro, 2017

    Esse livro me conquistou desde o lançamento. Nem li ele ainda e já considero "pakas" haha
    A capa maravilhosa e a sinopse me chamaram demais a atenção.
    E o que falar da história? Parece ser incrível.
    Não conheço a escrita da autora ainda, mas tem cara de ser daquelas que conseguem prender o leitor e gosto disso.
    Sua resenha me deixou ainda mais interessada. Espero conhecer a obra em breve.
    Beijos,
    Caroline Garcia

  • Mony - UBSE
    22 fevereiro, 2017

    Este livro faz parte da minha lista de leituras, mas estou só na enrolação, justamente por não saber o que esperar. Agora, me senti curiosa para lê-lo em breve.

    Bjos,

    Mony
    http://umblogsobreesmaltes.blogspot.com.br/

  • Lili Aragão
    22 fevereiro, 2017

    Oi Paola, esse também se tornou um de meus livros favoritos e tô na expectativa do lançamento do segundo pra dar continuidade a história, acho até que vou reler A fúria e a aurora pra relembrar alguns fatos, por exemplo eu achei que houvessem poucas, mas que existiam passagens com a perspectiva de Khalid, que é personagem fantástico <3
    O romance do livro é fofo, a história é encantadora e as lições que você retirou do livro e destacou no texto são ótimas e muito presentes: perdão, superação… O livro é maravilhoso e vale super a pena 😉

  • RUDYNALVA
    22 fevereiro, 2017

    Mayara!
    Gosto demais das releituras dos contos de fadas e ver aqui uma das Mil e uma noites, me deixou encantada, ainda mais com tantos assuntos abordados: Romance, ação, aventura, mitologia, fantasia, superação, heroísmo…
    Deve mesmo ser uma leitura fabulosa.
    “Saber encontrar a alegria na alegria dos outros, é o segredo da felicidade.” (Georges Bernanos)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

  • Leticia Golz
    21 fevereiro, 2017

    Oi, May
    São poucos os livros com mitologia que me agradam, mas sua resenha tão positiva me convenceu. Sem contar que desde que vi esse livro pensei que ele poderia ser assim mesmo tao incrível.
    Curiosa por esse romance arrebatador. Belíssima resenha!