dezembro 06, 2012

[Resenha] Dominada pelo Desejo (Wicked Ties) – Shayla Black

Sinopse: Ela não sabia que havia algo pelo que estava disposta a
suplicar… Morgan O’Malley foi testemunha de muitas coisas extravagantes como
apresentadora de um programa de televisão sobre sexo. Mas nunca tinha conhecido
a um homem como Jack Cole, um reconhecido professor das artes eróticas que
deseja lhe proporcionar tudo aquilo pelo que ela suspira em segredo. Embora
Jack é guarda-costas e pretende protegê-la do estranho que a persegue, Morgan
não se sente absolutamente segura em sua presença. Quando começa a participar
dos jogos sexuais que lhe propõe, que a submetem a sua vontade, intui que seus
motivos não são tão inocentes como parecem, mas não imagina quão pessoais podem
chegar a ser. E assim, seduzindo-a, dominando-a, Jack fará realidade suas mais
profundas fantasias…
Romance Erótico || 352 Páginas ||
Skoob ||
Editora Berkley
Trade
 || Classificação:  

Dominada pelo Desejo é o primeiro
livro da série erótica “
Wicked Love” que conta com (até o momento) seis livros publicados. Seguindo o
estilo de escrita americano, cada livro narra a história de um casal em particular,
fato que garante a individualidade das obras e permite que elas sejam lidas fora
de ordem, entretanto é de se esperar que alguns personagens se cruzem durante
os diversos livros, caracterizando a unidade da saga. A autora,
Shayla Black, é reconhecida por sua escrita sensual-erótica e além da
série supracitada, possui outros livros publicados nesse subgênero literário (Veja mais aqui). Para
os curiosos de plantão, a série ainda não foi publicada no Brasil, mas acredito
que não irá demorar muito para termos livros dessa autora publicados por aqui.
Conheci a série ao acaso enquanto, alguns anos atrás, buscava por um
livro de um autor com o nome semelhante ao da Shayla Black. Como minha busca
tratava-se de um livro didático para um trabalho da universidade, a obra da
autora, visualizada por mim em primeiro instante como um romance adulto, destacou-se
entre os livros presentes na minha lista de busca e, sem me preparar com a sinopse,
resolvi que queria lê-lo. Agora vocês imaginem o meu espanto ao me deparar com
fortes cenas de sexo, palavras de baixo escalão e um romance que não foca nos sentimentos,
mas sim, nos desejos sombrios da
personagem principal. Na época, imatura para esse tipo de literatura (mesmo já
tento tido contato com outros livros do gênero “adulto”) a escrita da autora me
assustou e terminei a leitura horrorizada com o baixo teor de romance da história.
“Se você estava esperando um
príncipe encantado, eu sinto muito. Ele está com o seu namorado.”
Entretanto, nessa semana, ao preparar uma breve introdução sobre a
diferença entre os romances eróticos e os romances adultos para a resenha do
livro Bem
Profundo
, percebi que havia interpretado de forma errada a narrativa do
livro “Dominada pelo Desejo”, e então,
ciente de que ele consiste em um romance erótico, e não adulto, resolvi relê-lo
e definir meus reias sentimentos quanto à história. O resultado? Gostei do livro. Para a proposta de
romance erótico ele cumpre o papel de esbanjar sensualidade e focar em nada mais,
nada menos, do que a libertação de todos os anseios carnais da protagonista da
obra.

Depois de reler esse livro não consigo parar de pensar nas semelhanças
que os livros eróticos do momento possuem com essa história: Desejo ardente,
libertação de fantasias sexuais, certas pitadas de mistério e suspense e, como
o próprio nome deixa aparente, uma relação de grande dominação. Contudo,
aqui nós temos a essência da relação de dominação sexual, que em teoria não
foca as vontades do dominador, mas sim da submissa. É dele a responsabilidade
de levá-la a atingir o prazer máximo, mesmo que para isso precise abdicar de
seus desejos para satisfazê-la completamente. Quem lê romances desse gênero,
principalmente os atuais, sabe que esse conceito anda sendo deturpado por
alguns escritores, não vejo isso como um grande erro, mas é bom ter contato com
um livro que prioriza a real essência do termo “dominação”.
Desta forma, o livro narra a história de libertação dos desejos da Morgan, apresentadora de um programa de
televisão sobre sexo, que muitas vezes fala aos seus telespectadores sobre
coisas que nunca experimentou. Em busca de um nível maior de conhecimento ela procura
por alguém que a auxilie em seu trabalho e por isso, recebe uma proposta do
enigmático Jack Cole que a quer como
sua submissa sob qualquer circunstância.
A primeira parte do livro é voltada para a escolha de Morgan e sua luta interior entre o
desejo e o pudor. Nesse momento Jack
é um perfeito anti-herói, suas atitudes são todas voltadas para a imposição de
sua vontade, ele quer dormir com Morgan,
quer dominá-la, envolvê-la, e para isso pretende fazê-la aceitar sua proposta
de qualquer maneira. Seus motivos não poderiam ser menos honrados, contudo existe
um segredo por trás de suas atitudes e esse elemento dá um ar de mistério diferenciado
para a trama, que além do desejo carnal, explora o passado dos personagens,
suas mágoas, traumas e esperanças para o futuro. Sendo assim, quando esses
aspectos ganham vida na segunda parte do livro, a história engrena e então, lemos
em uma constante explosão de sentimentos sobre como Morgan e Jack se envolvem
em um labirinto de paixão.
Em termos de sexo, confesso que o livro assusta com sua intensidade, não
se enganem comparando o livro com as modinhas desse gênero que estão surgindo
por aí (e nada contra tais modinhas, eu até gosto de boa parte delas), contudo,
se preparem para algo mais carnal e controverso. Entretanto, como eu mesma fiz
de principio, não julguem o livro como uma mera história sexual. A trama
envolve sim sentimentos, libertações e amadurecimento pessoal, afinal os dois personagens
principais possuem segredos que os prendem ao passado, e é com o desprendimento
do tabu que envolve os seus desejos sexuais que eles alcançam também, a
libertação de seus maiores medos.
Para quem gosta de romances eróticos, com pitadas de suspense, mistério e
com muita dominação e tensão sexual Dominada
pelo Desejo
é uma ótima escolha de literatura, contudo, se preparem para a
diversidade da narrativa e não esperem dela nada menos do que um forte e denso
romance embasado na paixão. Além disso, fica aí uma boa dica de leitura para os
que querem fugir dos livros de modinha voltados para esse gênero literário sem
deixar de conhecer mais sobre essa abrangente classe de romances apimentados.
Quotes:
 “If you were expecting Prince
Charming, I’m sorry. He’s with his boyfriend.”
(Tradução livre: “Se você estava esperando um
príncipe encantado, eu sinto muito. Ele está com o seu namorado.”)
“Watch that mouth, cher. I own
a ball gag. I know how to use it, he growled.”
(Tradução livre: “Cuidado com a boca, cher. Eu
possuo uma mordaça de bola. Eu sei como usá-la, ele rosnou.”).
“Have you ever wanted to put
yourself in the hands of a man whose sole purpose is to give you pleasure?”
(Tradução livre: Alguma vez você já quis colocar-se
nas mãos de um homem cujo único objetivo é dar-lhe prazer?).
“Do you want a man to see
inside you, all the way to your fantasies, the darkest ones you don’t even tell
your friends about, and make every one come true?”
(Tradução Livre: Você quer um homem para ver dentro
de você, todo o caminho para suas fantasias, as mais escuras que nem sequer você
conta aos seus amigos, e fazer cada uma delas se tornar realidade?).
Capas pelo Mundo:

  

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

17 Comentários

  • Patty Telles
    15 setembro, 2015

    Oi Pah ja vejo seu blog a um tempo e amo tuas resenhas, estava a procura de livros da Shayla Black e vi no seu blog 🙂 Gostaria de saber se vc sabe todos os livros da autora, pq eu ja baixei a Saga Wicked Lovers e a Mestres Do Menage, e gostaria de saber mais livros da autora, se ela tem mais sagas, se vc puder me ajudar eu agradeço muito, pois gosto de livros adultos e não consigo encontrar facil, e na internet vi q ela so tem livros desse tipo 😀 Se vc puder me dizer o nome dos livros q ela ja publicou eu te agradeço muito <3 Se quiser pode mandar os nomes pro meu email se vc souber, obrigada <3 :* (pattytelles22@yahoo.com.br)

  • Paola Aleksandra
    Paola Aleksandra
    23 junho, 2014

    Oi Aracele, tudo bem? Os direitos desse livro foram adquiridos por uma editora nacional, então logo logo ele será publicado por aqui 🙂

  • Anônimo
    20 junho, 2014

    Olá, Tudo bem??
    Meu nome é Aracele Pernas, não estranhem é meu sobrenome mesmo! rs
    Gostaria muito de ter esse Livro e o Seduction de Shayla Black em Português é claro! Alguém poderia me mostrar onde tem??
    Att
    Aracele

  • Anônimo
    20 junho, 2014

    Olá, meu nome é Aracele Pernas, sim esse é meu sobrenome mesmo!
    Adoraria ter esse livro em Português. Alguém saberia onde posso encontra-lo?

  • Daiana
    04 junho, 2013

    Quando vai ser lançado aqui no Brasil, achei super interessante

    • Paola Aleksandra
      Paola Aleksandra
      04 junho, 2013

      Não tenho informações sobre o lançamento da série por aqui Diana ;/ Acho que nenhuma editora se interessou pelo livro.

  • Karina B.
    18 dezembro, 2012

    Oi Pah!
    O livro tem um tema legal (ta bem em alta agora)
    Muito interessante o fato de você só conseguir gostar mais do livro com a releitura depois de algum tempo, isso já aconteceu comigo 🙂

    Beijos!

  • VANESSAANGELQ
    17 dezembro, 2012

    Nossa as capas pelo mundo estão muy calientes…
    Resenha interessante,mas depois da onda de 50 Tons de cinza no mercado editorial mundial, alguns livros querem seguir a onda, ou competir nesse gênero de romance erótico e virou uma febre mundial.Pelos quotes já dá para ter uma noção.

  • jayane
    09 dezembro, 2012

    A não sei se leria,quem sabe to lendo o segundo volume de 50 tons e to gostando,mais o meu tipo mesmo de leitura ta mais para Muito Mais Que Uma Princesa da Laura Lee Guhrke.

  • leitura hot
    08 dezembro, 2012

    Oi Pah!
    Várias pessoas já me indicaram essa série mas devido à minha enorme lista de leitura sempre deixo pra depois, agora com sua resenha me deu uma super vontade de ler! Outra série muito boa que eu gostei bastante é a Sweet de Maya Banks, gostei principalmente do 4º doce tentação. Por cima, conta a estória de uma mulher que quando garota era apaixonada pelo amigo de seu irmão, só que ele era casado, depois de anos quando ela se tornou mulher se candidatou a trabalhar na mesma boate que o Mika(sua paixão platônica) frequentava. Daí você já pode ver no que vai dar…e ele é bem mais velho do que ela, enfim, tem uma certa estória envolvente que prende o leitor tirando as cenas eróticas, essas nem se falam! rsrs

    Beijos
    Amanda
    leiturahot.blogspot.com

  • Livroterapias
    07 dezembro, 2012

    Oi!

    Estou passando para convidar você para uma super promoção que tá rolando lá no blog

    http://livroterapias.blogspot.com.br/2012/12/promocao-de-natal-morte-subita-brinde.html

    Beijinhos

    Rízia – Livroterapias

  • Rayme
    07 dezembro, 2012

    não conhecia a autora nem este livro, mas fiquei meio assustada a principio.
    nunca li nenhum livro erótico, nem esses que estão na moda agora, mas tenho interesse em ler para conhecer… e não ser pré-conceituosa né! 😀

    • Gleiciene Lopes Assis
      07 março, 2013

      oi, eu lia so livro romanticos e então vi no fantastico falar sobre a trilogia de 50 tons de cinza e amei… e depois disso não consigo mais parar e a lista de livros é muito grande e infelizmente não consigo acompanhar, pq se não daqui a pouco meu salário vai ser so pra livros (rsrsrsrsrs)enfim vale a pena ler viu… é so abrir a mente e se deixar levar… bjs

  • ✿Nessa✿
    07 dezembro, 2012

    Oi Pah!
    Nossa, o que tem surgido de livros desses gêneros, até estou enjoando sabe!
    No momento eu dei uma parada no Sr. Grey, falta eu ler o último, e estou lendo chick-lits e romances.
    Pelo que vejo, este livro é foret, não sei se estou certa, mas parece ser mais forte que o cinquenta tons..
    Fiquei um pouco curiosa para conhecer este livro, ainda não o tinha visto.
    Adorei o post!

    Bjinhs*

  • Gih Pinheiro
    06 dezembro, 2012

    Uau, não conhecia o livro, mas parece mesmo fora do comum. Achei o enredo interessante, mas não sei se é o tipo de livro perfeito para mim no momento, mas deixarei anotado na minha listinha…posso mudar de ideia! kk

    Ótima resenha!!

    Beijos

    http://kastmaker.blogspot.com/

  • Aione Simoes
    Aione Simoes
    06 dezembro, 2012

    Oi gêmea!
    Eu gostei dessa questão por trás da leitura, de você tê-la conseguido interpretar melhor com o passar dos anos.
    A questão é que, agora, por conta da moda, muitos livros vão surgir apenas com valor comercial, produções em massa sem grandes desenvolvimentos em termos de enredo.
    Enfim, parece ser uma leitura intensa e que exige do leitor uma correta interpretação, mas que pode vir decepcionar se a leitura se iniciar com uma expectativa diferente.
    Beijão!

    • Lili
      07 dezembro, 2012

      Eu também achei muito bom trazeres esse outro lado Pah, de ter reinterpretado a tua leitura. Esse é um dos motivos pelos quais eu curto reler livros. A gente pode mudar a opinião, os sentimentos com relação ao livro dependendo da época que estamos vivendo (olha a tal da expectativa também atuando aqui hehehe).

      Confesso que eu sou meio contra as modinhas. Contra no sentido de que não em sinto estimulada a devorar os livros semelhantes. Preciso de espaço, um dos motivos para eu estar esperando pra ler 50 tons.

      Ainda assim, esse tipo de leitura nunca será uma favortia minha. Porque eu não curto a questão sexual como ponto central da escrita. Para mim, Belo desastre é um exemplo de onde eu acho que cabe bem tratar de dominação e de sexo, Onze minutos do Paulo Coelho idem.
      O sexo é parte da história, mas não seu ponto de partida.

      Beijos,
      liliescreve.blogspot.com