[Resenha] Return to Paradise (Leaving Paradise #2) - Simone Elkeles

Sinopse: Caleb Becker deixou Paradise oito meses atrás, levando consigo o segredo que prometeu levar para o túmulo. Se a verdade fosse descoberta, iria arruinar tudo. Maggie Armstrong tentou ser forte depois que Caleb partiu seu coração e desapareceu. De alguma forma, ela conseguiu seguir em frente. Ela está determinada a fazer uma nova vida para si mesma. Mas então Caleb e Maggie são forçados a passar uma viagem de verão juntos. Eles tentam ignorar sua paixão um pelo outro, mas sentimentos enterrados reaparecem. Caleb precisa enfrentar a verdade sobre a noite do acidente de Maggie, ou o segredo que destruiu seu relacionamento ficará para sempre entre eles.
Jovem Adulto || 312 Páginas || Editora Flux (Sem previsão de lançamento no Brasil) || Skoob || Amazon || Classificação: 5/5 (Favorito) || Resenha livre de spoilers
Return to Paradise’ é a continuação do emocionante romance Leaving Paradise, livro que nos apresenta o casal Caleb e Maggie e a união de dependência e de salvação nutrida por eles. Ligados por um trágico acidente que mudou suas vidas, mergulhamos em suas lutas diárias em busca de um recomeço, compartilhando dos seus medos, traumas e dores, e torcendo até o último parágrafo do livro por um final feliz. Com o desfecho abrupto de Leaving Paradise a autora nos deixa, no mínimo, ávidos pela continuação dessa história, e exatamente por isso, foi com uma fome colossal que eu devorei o livro Return to Paradise na esperança de que a realidade dura dessa trama, pelo menos no fim, reservasse uma conclusão digna de contos de fadas.
 “- A verdade é que eu não queria ter nada a ver com você quando fui solto da prisão e voltei para Paradise. Eu culpei você por ser a razão pela qual fui para a cadeia. Eu culpei você por arruinar minha vida. E mesmo com toda a culpa e todo o ressentimento, eu me apaixonei por você. Seus malditos cantarolares, sua maldita insegurança, sua maldita vulnerabilidade... e aquela vez que você chorou em meus braços e se agarrou em mim como se eu fosse seu pilar de força, eu estava perdido, porque eu sabia que o que quer que estivesse se formando entre nós era real. Eu me odiei por estar me apaixonando por você.”

Em minha espera alucinada pela felicidade dos personagens centrais dessa história confesso que fiquei impaciente com a primeira parte do livro Return to Paradise. Eu queria que as coisas se resolvessem logo, na realidade eu precisava disso para me sentir segura quanto ao rumo da narrativa, mas a trama definitivamente não segue pelos caminhos que almejamos, e além desse fator dar ao livro um caráter de imprevisibilidade totalmente diferente do romance anterior a este, ele faz valer os verdadeiros valores da autora, que faz de tudo para manter o aspecto realístico de sua obra, provando que mesmo na ficção as pessoas precisam aprender com seus erros e comprovar isso com ações, não com palavras.
Por esse motivo o livro, mesmo narrando sobre o processo de amadurecimento e superação do casal, pode ser considerado como a história de vida do Caleb. Ele rouba totalmente a cena, de forma que cada capítulo descrito é, pelo menos em suma, sobre ele, sobre sua necessidade de enfrentar o passado, de aliviar o peso que carrega nos ombros. Oito meses se passaram desde o fim do primeiro livro e mesmo assim ele continua perdido, sozinho, longe de todos que ama, e confrontado e rotulado pela sociedade ao seu redor. De fato ele assumiu o papel para o qual foi designado, mas mesmo que ele queira acreditar que esse é o melhor meio de garantir a felicidade de sua família, bem no fundo ele sabe que está pagando um preço alto por manter-se afastado das pessoas que merecem saber o segredo que conduz a sua vida.
Se no primeiro livro me apaixonei por esse personagem confuso, complicado e dono de um coração enorme, no segundo e último romance da “saga” fiquei completamente enamorada por ele. Não existem palavras para descrever tamanha intensidade de emoções. Ele carrega nos ombros um fardo pesado o suficiente para incitar no leitor a vontade de ajudá-lo a enfrentar seus medos, e mesmo quando ele considera estar forte o suficiente para isso, não deixa de ser punido, cobrado e julgado pela sociedade ao seu redor. Emocionei-me com Caleb, torci por ele, acreditei em seus valores, mas também tive raiva dele em certos momentos, circunstâncias essas que me lembraram, constantemente, o quanto ele é humano e passível de erros.
Sobre a escrita da autora mantenho as palavras que utilizei para descrever a narrativa do livro Leaving Paradise. É incrível como ela nos obrigada a mergulhar nas emoções descritas, intercalando a narrativa sob as óticas de dois personagens tão distintos, e ao mesmo tempo tão parecidos. Dizer que eu gostei desse romance é pouco, pois na realidade me apaixonei por ele, me encantei por seus personagens, experimentei suas dores e almejei de todo o coração que eles pudessem alcançar a felicidade. Indico tais livros aos amantes de literatura que mescla a razão com a emoção com uma perfeição digna da vida real.
Quotes:
 “O programa Re-COMEÇAR realmente trouxe à tona o fato que os acidentes afetam muitas pessoas... eles são como avalanches, afetando tudo e todos em seu caminho”.
 “-O que você vai fazer agora que estou indefesa?” Ela pergunta. Eu me inclino para baixo e sussurro em seu ouvido, “-Você entendeu tudo errado, Maggie. Sou eu que estou indefeso aqui”.
“Rapidamente me meto na cama e enterro a cabeça no meu travesseiro para que ele não possa escutar minha dor enquanto choro. Por que faço isso? Por que eu o deixo ir sem lutar?”
 “-Ele cometeu um erro. Mãe, todos nós cometemos erros. Será que não merecemos uma segunda chance?”
(Atenção, trecho com possível spoiler). “Logo eu começo a correr. Quanto mais rápido eu corro, mais minha mente corre com pensamentos do que era e o que poderia ser. Não, eu não posso, eu digo a mim mesmo. Mas e se eu o fizesse? (...). Tenho toneladas de arrependimentos, decorrente do meu medo de ser rejeitado pelas pessoas que eu me importo. Eu não quero estar sozinho. Eu não quero que minha família ache que eu desisti deles. Eu também não quero que Maggie pense que eu desisti de nós dois. Minha boca fica seca e meu coração está acelerado enquanto percebo para onde estou indo. Vou voltar a Paradise. Estou indo para casa”.
 “-Nós estivemos no inferno e voltamos. Vamos conseguir. (...). Confie em mim” - ele sussurra contra meus lábios. “- Maggie, você é meu paraíso”.
Capas pelo Mundo:

  

(Comente e Concorra Post 2 - Clique na imagem e saiba como participar)

18 comentários:

  1. Oi gêmea!
    Sei exatamente como é essa sensação de se sentir impaciente com a leitura por querer ver as coisas no caminho certo. É uma agonia enquanto elas parecem complicadas, não é?
    Bem, acho que você foi, até agora, a pessoa que mais me entusiasmou pra ler esses livros, então eles não vão sair do meu carrinho de compras do Book Depository hehe
    Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Nunca li nenhum desses 2 livros. Na verdade nem ouvi falar, mas terei prazer em ler.

    ResponderExcluir
  3. Tenho os dois aqui e ainda não consegui ler nenhum. Esta na minha lista de leituras faz é tempo.
    ô vida difícil!!

    Amei a resenha!
    Eu adoro a escrita dessa autora desde que li Quimica Perfeita.

    bbjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Esse é o famoso Caleb que todas as meninas falam tanto, hein?! Não li o primeiro livro, mas pela sinopse desse e pela sua resenha, fiquei morrendo de vontade. Já vou ir atrás. Bjão,
    Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  5. Pah,
    Li a sua resenha de "Leaving Paradise" e fiquei bem curiosa em relação à história do livro. Com a de sua continuação, claro, não poderia ter sido diferente. É visível o quão intensa e envolvente a leitura foi para você. E também não é a primeira vez que leio tantos elogios a respeito dessa autora.
    Ótima resenha =)
    Beijo!

    ResponderExcluir
  6. Confesso que em sua primeira resenha a história não havia me cativado, mas agora depois de ler a resenha da continuação os dois livros já estão na minha lista de compras.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi não conhecia a série,gostei da dica e do casal Caleb e Maggie que estavam "ligados por um trágico acidente que mudou suas vidas", mergulhamos em suas lutas diária ,a história envolvendo:união de dependência e de salvação nutrida por eles.
    Amei os quotes,as capas estão bonitas!

    ResponderExcluir
  8. Oi Paola,
    nossa, eu AAAAAAMO esse livro!
    LP e RP são tão lindos, estão entre os meus favoritos.
    A Simone Elkeles escreve super bem, li 4 livros dela e todos viraram meus favoritos.
    O que eu mais gosto nessa série é que a relação entre a Maggie e o Caleb é tão bonita, tão verdadeira.
    Beijos :*
    Francielle
    http://theserialreader.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Esse deve ser o tipo de livro que prende o leitor até o final. Altas expectativas nele!

    ResponderExcluir
  10. Adorei o livro, confesso que não a autora, mas a resenha me deixou com vontade de ler.

    ResponderExcluir
  11. Eu amo Simone Elkeles, e essas séries dela me matam! Amo todas!!!! É uma pena que acaba o livro,poderia ler para sempre rssrssrsrsrsr

    ResponderExcluir
  12. Oi Pah!
    Esse livro é incrível! Amei ler essa série :)
    A Simone Elkeles escreve muito bem. Fiquei morrendo de vontade de ler outros livros dela.
    Eu também achei que em "Return to Paradise" o Caleb rouba totalmente a cena, e eu adorei isso! Foi tão bom ver o amadurecimento dos personagens. E o tão esperado 'Final Feliz' *-*

    Adorei a resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi Pah, agora achei os outros selinhos. Estranho, não sei como eu não os vi, até porque cheguei a comentar no post premiado. Talvez as imagens dos selinhos podem não ter carregado para mim e não percebi se tratar de um post premiado. Agora já está tudo certinho.. hehe Bjão, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  14. Eu já li Química Perfeita dessa mesma autora e simplesmente adorei, e pelo que me parece esse livro é tão bom quanto a Química Perfeita, ele já está na minha listinha de livros para ler esse ano.
    Parabéns pela resenha, beijos...

    ResponderExcluir
  15. Oiiii Pah,

    O primeiro livro que li da Simone Elkeles foi "Química Perfeita" e adorei, tanto o livro quanto a escrita que flui muito bem e prende o leitor.

    Não li o "Leaving Paradise", porque AINDA não encontrei, fiquei desesperada pra ler assim que li sua resenha no blog, mas não desisti, CONTINUO NA PROCURA.

    Bjoss

    ResponderExcluir
  16. Nossa parece muito bom o livro, mais eu ainda nem encontrei o Leaving Paradise =(

    Mais não vou desisti ;p

    beijos flor =)

    ResponderExcluir
  17. Mais livros pra minha listinha infinita de livros que preciso ler esse ano!
    Eu adoro o estilo do livro, esse Caleb deu o que falar né?!

    Beijo Pah
    Michelle Boyd
    The Little Things

    ResponderExcluir
  18. Oi PAh...

    Adorei a resenha fiquei louca para ler o primeiro livro e este... mas vou ter que esperar lançar aqui... Li Quimica perfeita e adorei... Ameii ... e quero outros livros da Simone...

    ResponderExcluir