[Livros diferentes, histórias semelhantes #2] Cinquenta Tons de Cinza, E. L. James

... Para quem procura por mais livros como Cinquenta Tons de Cinza.
No primeiro post sobre livros semelhantes (Especial Belo Desastre, confira aqui), perguntei se vocês gostariam que eu repetisse a dose dessa coluna só que com o popular Cinquenta Tons de Cinza em foco, e diante de algumas manifestações positivas, eis mês aqui com uma matéria recheada de livros adultos, com mocinhos dominantes e bilionários, heroínas inseguras e frágeis, relacionamentos puramente sexuais e... Ei, nem todos os livros nesse estilo são assim! Sabemos o quanto esse gênero tem feito sucesso por aqui, e que depois do fenômeno de vendas gerado por essa trilogia muitas editoras nacionais, e até mesmo autores internacionais, resolveram seguir a fórmula do sucesso criada pela escritora E L James, publicando e desenvolvendo tramas semelhantes a protagonizada por Anastasia e Christian Grey.
Se fossemos citar as principais características do romance Cinquenta Tons de Cinza, quais seriam elas?
  • Mocinho dominante, multibilionário, repleto de traumas e arisco a relacionamentos (Sem mencionar sua beleza, seu olhar matador e o efeito causado na população feminina);
  • Mocinha submissa, insegura, que precisa se auto firmar emocionalmente, financeiramente e sexualmente;
  • Paixão explosiva instantânea (Te vi e quero você pra mim, simples assim);
  • Acordos Sexuais e relações de Submissão (Só em livros mesmo, SÓ EM LIVROS...);
  • Relacionamento conturbado, proibido e/ou “imoral” perante alguns padrões sociais. 

Sendo assim, levando em conta tais características da obra, listei os livros semelhantes em categorias. Vamos conferir?

A tal da Submissão
Clichê ou não, eis um fato: Cinquenta Tons abriu caminho para os livros que giram em torno da submissão sexual. Na obra da E. L. James esse não é um elemento abordado densamente, mas sim um aspecto da trama que comumente tem sido utilizado em outros livros do gênero. Desta forma, os livros que seguem esse estilo abordam tal fator de forma variada, podendo ou não se aprofundar nesse tipo de relacionamento.  Um dos livros nesse estilo que já li e que trata objetivamente desse fator é o Dominada pelo Desejo.

    
Tudo começa com o anti-herói
Assim como o Sr. Grey eles são bonitos, multimilionários, homens de sucesso empresarial, e não costumam receber um não... isso até encontrarem uma mulher disposta a dizê-lo. Esse, eu acho, é o aspecto mais abordado nos livros que seguem o estilo de Cinquenta Tons de Cinzas; os mocinhos traumatizados, dominantes e avessos a namoros e/ou envolvimentos sentimentais. Nesse estilo li Forever Black e me apaixonei pelo mocinho que tem tudo de clichê, mas muito de imprevisível. Ainda nesse tópico temos o típico anti-herói doido para encontrar uma nova submissa ou uma nova “amiga com benefícios”, e que para isso faz uso de várias artimanhas (leia-se contratos, chantagens, indiretas em becos escuros...) em sua busca implacável para sanar seus desejos. Temos ainda aquele tipo que quer ensinar as artes da sedução para a mocinha envolvida, ou aquele que só quer uma companhia casual e acaba apaixonado, sem mencionar o que foge da heroína (e do sentimento que carrega por ela) que nem o diabo foge da cruz... São várias motivações, e no fundo, a mesma busca e determinação em ter o que se querer.


Indo além da moral
Sinceramente, o relacionamento descrito em Cinquenta Tons de Cinza não é exatamente um bom um modelo para se seguir. Temos um envolvimento confuso, imoral e inegavelmente romantizado, afinal, sabemos que na vida real qualquer pessoa em sã consciência fugiria de algo assim. Porém, vemos além do que é ou não moralmente aceito pela sociedade e enxergamos o afeto e amor que tal relacionamento, por mais negativo que seja, gera. Assim, nessa categoria temos relacionamentos entre aluno e professor, dominação física e até mesmo, captura e sequestro. Pois é, pois é...

Libertação do desejo feminino
Se tem uma coisa BOA que a trilogia da E.L.James fez foi dar voz a opinião e ao desejo sexual da mulher. Depois desse livro é inegável o fato de que obras assim, voltadas para o público feminino, deixaram de figurar estantes escondidas em livrarias e bibliotecas pelo mundo para se tornarem peças de destaque nesses pontos de venda e distribuição. Agora é normal e compreensível suas leituras, o que deu espaço para obras essencialmente femininas, ou seja, com enfoque nos desejos femininos. Clubes voltados para a liberação da cobiça e dos anseios mais profundos, encontros e relacionamentos casuais com desconhecidos... bem, taí uma classe de livros que agradam as mulheres em geral.

Gostou das indicações? E do post? Se sim, me ajude a escolher qual será o próximo livro da coluna; qual obra vocês gostariam de ver por aqui? 

66 comentários:

  1. Amei o post , vários títulos e temas , bem legal , comecei a ler cinquenta tons de cinza mas parei , por ser online (eu tenho um certo problema em ler na frente do PC) , mas mesmo assim foi válido .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ler 50 tons online não tem graça, o bom é ler sozinha no quarto para poder se tocar...

      Excluir
  2. Adorei o post e vou adicionar alguns desses livros na minha lista de futuras leituras! Adorei esse tipo de post! Vai fazer mais?! Se sim, posso sugerir livros com tema medieval?! Como Guerra dos Tronos?! rs
    Beijos
    http://girlfreakbooks.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou fazer sim Tyele! Obrigada pela dica, eu ainda não li Guerra dos Tronos, mas vou pensar em um post com livros nesse estilo!

      Excluir
    2. Livros com temas medievais são empre bem vindos!
      PS: adorei o site, muito bom. Parabéns!

      Excluir
  3. http://des-conversando.blogspot.com.br/2013/06/preciso-da-ajuda-de-voces-por-favor.html lê esse post é importante *-*vou divulgar os blogs, beijos, fica com Deus *-*

    ResponderExcluir
  4. Já me indicaram 50 tons de cinza umas duas mil vezes... D:
    Eu odiei até a capa se quer saber. Não li e não tenho vontade alguma ler, é muito superficial e fútil. É quase que um livro sem qualidade alguma. Acredito que é bom ler coisas diferentes a qual estamos acostumados, mas, cara, não dá, esse não! rs
    Sou chata para leitura, não são todos os eróticos que me chamam atenção, o autor se prega demais à linguagem fula e isso é muito chato, 50 tons de cinza é um deles.
    Disseram-me que este livro tem muito sobre psicologia, porque o tal do "bonitão" ao qual o livro se refere é um tanto "descontrolado" sei lá o quê, mas, sabe, ainda fico com Freud e suas teorias com bases sexuais! rs
    Adorei os escritos, moça!
    Abraços,
    Stefanie.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara Stefanie, como você não leu e nem tem vontade de ler e afirma ser superficial e fútil? É preciso ter cuidado, para termos e darmos nossa opinião sobre algo, precisamos conhecer bem do que vamos falar. Então, não li e não gostei não rola, ok? Se não leu e não quer ler, nunca vai ter como dar sua opinião sobre o assunto. E o pior, você tem um blog!!! As suas resenhas também são baseadas na sinopse ou você lê o conteúdo do livro?

      Excluir
    2. Eu li, e ela ta certa em tudo que disse, é bem isso mesmo! Ruim, exaustivo e repetitivo demais!

      Excluir
    3. Comecei a ler e parei PÁGINA 15. É super exaustivo e lento... tipo, não tenho nem previsão de quando tentarei lê-lo. Não me deu muita animação, não!

      Excluir
    4. Leiam TODA SUA, PROFUNDAMENTE SUA E PRA SEMPRE SUA!! Serie Crossfire, apaixonante!!!

      Excluir
    5. Já li os quatro livros dessa serie, mas estou ansiosa para ler o quinto... Tem outro livro nesses gênero para me indicar... já li 50 tons ..serie Crossfire e Por você de Laurelin Paige, que também é muiiiito bom eu indico.

      Excluir
    6. Trilogia Peça-me o que quiser...Muito bom

      Excluir
  5. 50 tons de cinza é o típico 'muito barulho por nada'. eu achei chato. a autora tenta compensar com os detalhes e MUITAS partes de sexo, a falta de história. três livros que poderiam muito bem ser resumidos em um.

    ResponderExcluir
  6. Eu acho que as sugestões foram bem válidas, Pah.
    Na verdade essa ideia é ótima, por dois motivos: você sabe como agrupar os livros. Se você não gostou de um estilo e assunto, pode eliminar esses da lista. Se gostou pode ir fundo, ou no meu caso, mesmo quando eu gosto (eu preciso variar!!!) tenho que ir alternando para não enjoar, e isso me ajuda muito.

    Beijos,
    liliescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Eu meio que tenho um preconceito com esses livros, e nem sei explicar porquê. Não li 50 tons, mas me animei pra ler os da Sylvia Day, então logo terei alguma opinião melhor. Outros que vc citou aí eu já tinha visto e gostado da sinopse, mas não percebi que se assemelhavam à 50 tons. Acho q essa trilogia ficou tão na modinha que perdeu a graça, talvez seja isso q eu ñ goste. =/


    Bjoks!
    baguncinhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. O inferno de Gabriel é muitoooooooo bom!!!
    Amei o post, Pah!

    Bjo

    Caroline Gurgel

    ResponderExcluir
  9. Adorei o post, gêmea!
    Acho incrível quando você faz coisas assim, como você consegue agrupar temas e fazer esses posts mega sucesso!
    Parabéns!!
    Eu não tenho taaanta curiosidade com os livros do gênero, mas eu acho válido principalmente pelo último grupo que você colocou: sobre ressaltar o desejo feminino e fazer disso algo menos "tabu"!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  10. Estou no segundo livro. Confesso que está meio massante, não vejo a hora de terminar este lenga-lenga.
    Beijos...

    ResponderExcluir
  11. Adorei o post! Decidi comentar pela primeira vez (acho eu) o que e quase um ultraje pois eu adoro Livros e Fuxicos e acho-te uma fofa. Os teus videos sao sempre os primeiros que eu vejo e adoro mesmo a maneira como falas, tao querida. Prometo comentar masi vezes qvisto que estou sempre por ca.
    Um beijo enorme,
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  12. Existe gosto pra tudo, o que é ótimo! Assim cada um pode se saciar daquilo que gosta e se ainda não encontrou, vai achar. Achei interessante o bum do 50 tons, pq ele foi capaz de se tornar visível p/ uma gama muito grande de mulheres. Grande parte delas, mulheres que cresceram reprimidas pela educação, ou que com a correria do dia a dia deixaram de lado o ‘mulher’ e focaram no lado mãe. Conheço muitas que ao lerem o 50 perceberam o quanto deixaram de lado a ‘sensualidade’ ao invés de tentar equilibrar os lados com a vida agitada. Mas essa é só a minha visão sobre o sucesso. Agora, com o leque aberto... existe a possibilidade de encontrar o seu próprio gosto. Pronto, falei!

    Gostei do post Pah!
    bjs

    ResponderExcluir
  13. AMEI O POST!!!!

    li 50 tons e os pontos básicos do livro foram ressaltados, e para quem gostou vc ainda deu sugestões de livros que apresentam esses pontos. Embora EU não ache que 50 tons tenha sido bem escrito, foi bom para trazer livros do genero para o Brasil, ou melhor para as livrarias, pq se procurar, os livros de banca tem bastante do assunto, não SM, mas o erótico.

    bjos
    dicalivros.blosgspot.com

    ResponderExcluir
  14. Adorei as sugestões Pah. Eu sou uma fã assumida de Cinquenta Tons, mas mais pelo fato dele ser uma fanfic de Crepúsculo. Apesar disso, até então nunca li nenhum outro livro no gênero, mas tenho curiosidade. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  15. Como assim o comentário acima?? "Eu odiei até a capa se quer saber. Não li e não tenho vontade alguma ler, é muito superficial e fútil. É quase que um livro sem qualidade alguma"

    É algum tipo de piada? A criança não leu o livro e disse que era superficial? An? Não entendi. Baseado em que ela emitiu sua opinião?

    Respeito quem não quer ler, mas se não leu, não diga que é superficial. Se não quer ler, cale-se. Se quer emitir sua opinião, leia antes e não se passe por ignorante.

    Enfim...
    Amei o post! haha

    ResponderExcluir
  16. Já li 50 tons e minha opinião mesmo seis meses depois ainda não foi definida, não sei se amo ou se odeio.
    A protagonista é das mais sem graça, mas ela evolui no livro, mesmo que o personagem que me fez ler 1000 páginas foi o Sr. Grey.
    Em relação as partes mais tensas do livro, eu já li coisas piores e não me espantou, apesar da surrealidade de alguns acontecimentos.
    Ana.
    http://umlivroenadamais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Gostei do post, mas permita-me uma correção: "Acordos sexuais e de relação de submissão só em livros". Sugiro que pesquise a respeito do universo BDSM, temática do livro, onde estes acordos (por escrito,inclusive), são comuns e fazem parte da prática segura e consensual entre os casais. Criticar isto remete a preconceito ou falta de conhecimento. Também não gostei da forma pobre como a autora escreve a trilogia, repleta de clichês, mas se faz tanto sucesso mundialmente, há que se analisar os porquês. Ao meu ver, o personagem Christian Grey remete ao sonho dos contos de fadas que nós mulheres acalentamos. Depois que queimamos os sutiãs e fomos à luta com nossos parceiros, muita coisa melhorou, porém o romantismo ficou esquecido. Penso que o livro, que na verdade retrata uma história de amor, reflete um grito preso na garganta da maioria de nós: o desejo de ser bem tratada, provida de bens materiais, elogiada, amada. É um grito por amor, mesmo que com uma linguagem tão pobrezinha. Há que se calar, há que se pensar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente, acho que se as duas pessoas em questao estiverem de acordo, totalmente normal
      Eu apenas nao cho que faria.

      Excluir
    2. Concordo com você em tudo que disse anonimo!! Menos na parte de ser uma autora que tem uma escrita pobre!! Achei o livro bem detalhado e adorei a Trilogia!!

      Excluir
  18. Aderei o seu post. Principalmente das várias formas que você viu o livro Cinquenta tons de Cinza. Eu os li e sinceramente, me arrependi profundamente. Não cosido aceitar o que a Ana fez, velho! A mulher engravidou de um sádico que quer BATER NELA O TEMPO TODO! Poderia ser o Brad Pitty, mas quando eu visse aquele quarto "Vermelho da Dor" eu sairia correndo que nem uma doida!!! Cara maluco! Me pergunto porque as mulheres gostam desses livros onde os homens mandam, controlam e te persegui. E depois dizem que esse tempo já passou... Affs... Não sei se é porque eu tenho 16 anos e não sei o que amor sexual mais isso idiotice. Odiei o livro. Mas alguns citados acima me parecem bem interessante e gostaria de lê-los. Enfim, amei o blog e amei o post. Com certeza, voltarei mais vezes! s2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não está errada, Luisa. A trilogia mostra sim um relacionamento abusivo (não pelo BDSM) mas pelas atitudes do Grey como um todo. Se não gostou não foi por ser jovem demais e inexperiente, foi por ter uma auto estima sólida.

      Excluir
  19. Oi Pah!
    Eu meio que tinha enjoado deste gênero.
    Mas ando afim de ler Obessão, dizem que é muito bom.
    Outro que chamou minha atenção foi o Butterflay e o Proibida.

    Adoreii o post.
    Beijinhos*

    ResponderExcluir
  20. Eu confesso que gostei do 50 tons, embora tenho diversas ressalvas e críticas negativas sobre ele, mas como a Pah mencionou, é fato que o livro abriu espaço para tratar, de maneiras mais aberta, o mundo dos desejos femininos. É claro que o livros em muitos pontos é machista e conservador, pelo menos na forma como Cristian exerce seu poder e vontades sobre Anastacia, mas também é cativante e libertador ao mostrar que mulheres anseiam por uma vida amorosa mais interessante, com maior atenção e disposição de seus parceiros. Prova disso é quantidade eleva das vendas.
    Eu não leio muitos livros neste estilo, porém recentemente comecei a ler a trilogia Cross Fire , Toda e particularmente gostou muito, principalmente do 2 livro. Esse sim vale a pena conferir por tratar de questões além do sexo e por apresentar personagens mais complexos e reais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você Rafa! Acho que o mais importante é ver que esses livros, ou pelo menos a maioria deles, vai além do sexo :)

      Excluir
  21. Oi...
    Amei o post....
    E confesso que me abriu várias portas para outras leituras depois que li os comentários...
    Tive a oportunidade de ler o 3 50 tons, apesar de algumas coisas que eu achei um tanto exagerada, mas como amo ler romances e ainda mais apimentados (o assunto sexo me fascina)não reclamo. Mas as opções que você deu são ótimas... assim continuarei lendo assuntos de meu interesse...
    Obrigada, lindinha... valeu pelas dicas... bjs.

    ResponderExcluir
  22. Adorei o post!! Acho que você poderia fazer um de indicação de romances históricos, já que gosta tanto. Adoraria ver suas indicações.
    Eu adoro o livro Amor de Redenção. Já leu? Se não precisa urgentemente ler! É incrível! Muito emocionante! Do tipo que te faz chorar!! De verdade! Se passa na Corrida do Ouro, e reconta a história bíblica de Oseías. Michael Rosea (personagem maravilhoso), religioso como é, pede sua esposa a Deus, e ao ver Angel, descobre nela a esposa que tanto pediu. Só tem um detalhe: Angel é uma prostituta. E o passado dela... É muito triste. Ela aprendeu a não confiar em homem nenhum, por tudo o que passou. É triste de verdade, você chora já nas primeiras páginas com isso. Mas pouco a pouco as coisas vão acontecendo... E o final é lindo! Arrebatador! Ensina como o amor pode salvar, transformar. É maravilhoso. E eu gostaria de ver mais livros assim. Se souber de algum... :)
    Se ficou curiosa sobre a história fiz resenha dela no blog onde eu era postadora. Confira: http://www.blogflordelis.com/2013/03/resenha-amor-de-redencao.html

    Beijinhos e boas leituras. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vivian, tudo bem? Já fui conferir sua resenha e adorei, fiquei muito curiosa em ler o livro! Sobre a dica de romances históricos, adorei! Vou preparar um post sobre eles :) Bjs

      Excluir
  23. Adorei o post. Já li Cinquenta Tons e PENSO EXATAMENTE COMO VOCÊ kkkkk Depois que lançaram esse livro, mais 500 livros eróticos foram lançados.

    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Li a trilogia 50 tons, a trilogia toda sua, li tbm o cretino irresistível, to indo ler a bibliotecária....amooooo esses livros...devoro eles...fico madrugadas sem durmir para poder ler tudo!!!!se é lenga lenga ou não...só sei que amoo!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Li tbm o entre o agora e o nunca, muitoooo bommmmm!!!! xD

      Excluir
  25. Sinceramente? Não li nenhum desses livros, que eu tenha lembrança... na verdade não é muito minha praia... Vi várias resenhas e críticas de 50 tons em milhões de lugares, algumas até falando que a narrativa é mega, super ultra pobre (e a pessoa da resenha realmente sabia escrever muito bem). Aí, pensei (me desculpe a comparação): poxa, o que esperar de uma fan fic de crepúsculo? que narrativamente falando tb não é lá essas coisas? hahahaha, enfim....(olha que eu fui guerreira e li, né?)
    Super concordo com o que vc falou no final do post, sobre como isso "abriu" as portas para livros do gênero, alguns até piores e outros melhores. Mas infelizmente continuo achando que a sociedade é muito hipócrita, ficavam mesmo escondidos e agora estão na lista dos mais vendidos e todo mundo sabe que a temática é o sexo! Olha quanta hipocrisia!!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  26. Claire vê seu futuro transformado quando seu grande amor sofre um acidente. Com isso, as verdades começam a ser reveladas e ela, moça do século XIX, tenta decidir se dá chance a um novo amor ou se constrói sua vida de maneira independente. Porém, toda escolha tem suas consequências e diga-se: emocionantes consequências.
    "A Casa dos Boswell" é um romance erótico capaz de sacudir qualquer cabeceira.

    https://www.amazon.com.br/dp/B00DT57QZK
    http://pt.scribd.com/doc/151996037/A-Casa-Dos-Boswell-Danielle-Nelson

    ResponderExcluir
  27. Gostei também! Mas realmente no BDSM há acordos entre o D/s, como bem lembrado pelo Anônimo! Li 50 tons, os 2 livros da trilogia de Gabriel e os 2 livros da trilogia Submissa e estou lendo o terceiro por um site de fanfics. A trilogia de Gabriel é mais romantizada que 50 tons e a Submissa é mais erótico e mais profunda quando se trata de BDSM. Adorei os 3, mas o que mais gostei foi a trilogia da Submissa! Lembrando que a trilogia da Submissa foi escrita anteriormente ao 50 tons no fanfics. Bjus!

    ResponderExcluir
  28. Achei o post bem pertinente... principalmente nos livros sobre a libertação feminina, tem um que é basicamente o mesmo contexto de Proibida e Butterfly é o S.E.C.R.E.T.

    ResponderExcluir
  29. Amei o post, e amei mto os 3 livros, qria q tivesse uma continuação futura mas seguindo o prólogo, ou seja, com as palavras do Sr.Gray, seria delicioso saber tda sua vivencia em kda pedaço da história.

    ResponderExcluir
  30. Um post super-interessante. Adorei!
    :)

    ResponderExcluir
  31. quero comprar a serie forever ja tem tem portugues??

    ResponderExcluir
  32. sabem se já tem a série forever em português quero comprar?

    ResponderExcluir
  33. O melhor da lista, pra mim, é Beautiful Bastard/Cretino Irresistível.
    Miiiinha geeeente, quem não leu, surgiro que leia E RÁPIDO! Cês não sabem o caminho da perdição que estão perdendo! (Bennett Ryan, oi)
    Considero um dos melhores eróticos que já li. Rawn <3

    ResponderExcluir
  34. Olá.
    Adorei a resenha!!
    Estou lendo "cinquenta tons mais escuros" e a cada dia me apaixono mais pela história, por sair um pouco dos romances normais, sabe?
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  35. Oi gente, olha, eu li 50 tons pela primeira vez no computador, e agora tenho os livros, confesso que ele me desagradou em certos pontos, pois a protagonista às vezes é meio irritante e o protagonista ciumento demais, nada diferente dos romance chick- lit, porém eu realmente gostei dos livros pela sua base, ouvi tanto falar em 50 tons que acabei lendo e nao me arrependo nem um minuto. me lembro de rir, chorar, e ficar mega nervosa como a protagonista mas eu realmente sou assm com todos os livros que leio. Quanto ao BDSM, as pessoas acham repgnante, eu acho que se as duas pessoa estiverem de acordo e concedindo, porque não? porem acho que eu mesma nao faria.
    Concordo quando disseram que deveria ter um livro na versao Grey.
    Isso é tudo.

    ResponderExcluir
  36. Adorei o post, vou ler Forever Black pq foi o único livro citado =) Se gostou de 50 tons, vale a pena ler Peça-me o que quiser, é mais pesado, mas a autora é maravilhosa, e descreve, finalmente, uma mocinha com atitude =)

    ResponderExcluir
  37. Adorei as indicações, já li alguns desses que vc indicou. Fiquei interessada por Forever Black.
    Beijão ;*

    livrossaofilhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  38. Oi Pah, adorei seu post, suas indicações e suas observações.
    Esse tipo de livro, romance erótico para ser mais clara, não me assusta, pois os livros baratinhos das bancas de jornais e revistas são todos assim. Posso generalizar nesse aspecto. Mas entendo o fato do sucesso de 50 tons, pois aborda o erotismo no BSDM, coisa rara nas pessoas em seus relacionamentos reais. Penso que talvez as pessoas nunca leram os livros baratinhos e quando veio o sucesso de 50 tons, as pessoas assustaram um pouco, pq romance erótico não precisa necessariamente abordar BSDM. bjs e otimo post.
    quatroestacoes.blog.br

    ResponderExcluir
  39. Li Forever Black e me apaixonei. Recomendo Cretino Irresistível, e Peça-me o Que Quiser. Ótimos! Fora toda a série Crossfire que é perfeita

    ResponderExcluir
  40. Amei o post!
    Já li alguns, e anotei os outros pra ler!!!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  41. Eu gostei muito da trilogia 50 tons em menos de duas semanas eu li os tres livros. Me surpreendeu bastante pq antes eu estava lendo chamas na escuridao, o que e basicamente a mesma historia. Fou otimo amei 50 tons, mas estou com medo de assistir ao filme, pois algumas vezes eles conseguem estragar tudo ! O blog ta otimo bju

    ResponderExcluir
  42. LI OS 3 LIVROS DA TRILOGIA 50 TONS E AMEI. CONCORDO QUE DEVERIA HAVER MAIS LIVROS, MAS AGORA NA VISÃO DO GREY COM RELAÇÃO A HISTORIA.

    ResponderExcluir
  43. Leiam simplesmente irresistível esse livro e perfeito amei não e igual ao gênero de 50 tons de cinza mais e ótimo.

    ResponderExcluir
  44. Muiiito legal seu blog, achei show de bola!

    Gostaria de deixar uma dica aqui pra quem quiser ter acesso há muitos dos livros citados aqui gratuitamente. Tudo no site Ebook Yes - http://www.ebookyes.com.br

    ResponderExcluir
  45. Oi, estou escrevendo um livro, e postando os capítulos no meu blog, é um livro teen, e gostaria muito de saber a opinião de vocês, visitem: http://segredosdab.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  46. Adorei as dicas.
    Eu já Li a trilogia 50tons, peça-me o que quiser, toda sua e por você. Esses livros são do estilo que amo, com muito romance, ciúmes. Qual livro me indicam nesse estilo?

    ResponderExcluir