[Resenha] Curvas para Cavill – Bianca Briones


"Clara passou toda sua vida com um imenso complexo de culpa por um segredo de sua infância, que a fazia imaginar um mundo mais colorido e, por consequência, gerou muitas horas com o terapeuta caríssimo pago pelo pai. Agora aos 30 anos, sua vida não poderia estar pior: traída em um casamento sem amor, sem perspectiva de trabalho, com dois filhos gêmeos para criar e completamente acima do peso, ela conta com Branca e Bernardo, dois irmãos, que eram seus vizinhos e são seus amigos desde crianças, conhecendo todos (ou quase todos) seus traumas, devaneios e fantasias. E é enquanto espera Branca chegar com o kit Apaga ex, que Clara percebe que nem tudo está perdido e que o mundo pode ser muito mais bonito com ninguém menos que ator Henry Cavill, o novo Super-Homem. Com um novo objetivo em mente, ela decide: se um homem real partiu seu coração, ela trabalhará duro para lidar com todos os seus problemas e conseguir modelar suas “Curvas para Cavill”. E daí que ela não o conhece pessoalmente?”

Chick-lit || 400 páginas || Skoob || Página do Facebook || Site da autora || Classificação: 5 estrelinhas douradas e um cantinho especial dentro do meu coração   || Resenhado por Mayara

O que fazer quando sua vida toma um rumo inesperado? Como adaptar-se as mudanças que ocorrem de uma hora para outra em nossa vida? Como viver sem aquela pessoa que acordou ao seu lado durante anos e que agora não passa de um estranho? Como superar uma traição, dar a volta por cima e correr em busca da independência? Trabalho, academia, amizades, filhos... Como conciliar tudo isso ao mesmo tempo em que tentamos enfrentar nossos fantasmas e traumas do passado e corremos em busca de nossa felicidade?

“Quem vê coração neste mundo de concreto?”


Clara é uma guerreira, uma mulher linda e sensível. Sua vida nunca foi um conto de fadas e desde criança carrega consigo a culpa de um grande segredo, mas apesar de tudo sempre procurou fazer as pessoas a sua volta felizes muitas vezes esquecendo-se de si mesma, escondendo suas emoções e guardando tudo para dentro de si. Com o passar dos anos foi sobrecarregando-se e deixando que os outros ditassem a sua vida, ganhou quilinhos extras e passou a sentir-se a mulher menos desejável da face da terra e, para completar o cenário, acaba de descobrir que seu marido, Maurício (aquele traste), a traíra.

Com a autoestima lá embaixo, perdida entre suas camadas e alguns quilinhos a mais Clara decide correr atrás do prejuízo, não é por causa de uma traição que ela vai parar de viver, pelo contrário, agora é que ela vai começar a viver de verdade. Mas conseguir isso sozinha não será fácil, é então que Clara decide utilizar do seu carinho de fã para com Henry Cavill e fazer dele seu divo inspirador, que será o seu guia e seu refúgio, seu porto seguro e seu escape nos momentos de fragilidade, inicia-se então o projeto “Curvas para Cavill”.

Além de Cavill Clara contará com a ajuda de seus melhores amigos, a Branca (aquela louca) e o Bernardo (aquele lindo) em sua nova fase. Bernardo é um príncipe, o melhor amigo sempre presente e sempre disposto a ajudar, um perfeito cavalheiro que não mede esforços para ajudar e lutar por aqueles que ama e por seu grande amor (ele é perfeito demais gente). Branca é hilária demais, toda despojada e desbocada, uma amiga para todas as horas, é uma personagem cativante e que arranca muitas risadas durante a leitura. E tanto Branca quanto Bernardo serão apoio constante na vida de Clara e em sua nova fase.

Temos, é claro, muitos outros personagens que conquistam o leitor, como David e Pedrinho, os filhos gêmeos de Clara que são dois espertinhos super especiais que roubam as cenas em que aparecem, os pais da Branca e do Bernardo também são encantadores, claro que temos aqueles personagens odiosos, mas estes eu vou deixar para vocês descobrirem sozinhos um dia (e odiarem, assim como eu odiei) e temos aquele que a gente já conhece de longa data, a.k.a. Rodrigo , de Entre o Amor e a Amizade, que volta pra gente matar a saudade e ficar esperando ansiosamente pelo momento em que ele terá a sua história contada.

A jornada de Clara é de autoconhecimento e superação. E foi extremamente delicioso acompanhar todo o seu amadurecimento como pessoa e como profissional, nos mostrando que mesmo nos momentos mais difíceis de nossas vidas podemos recomeçar, seja com um novo emprego ou um novo amor e que nunca é tarde para amar. Confesso que muitas vezes tive raiva dela e de sua teimosia, queria chacoalhar ela por se colocar sempre em último lugar e negar-se a enxergar aquilo que pra nós é tão óbvio, mas ao mesmo tempo eu entendia os seus motivos e sentia orgulho por sua coragem e determinação. O seu amadurecimento é palpável, acontece de página a página e de forma tão natural que tudo isso poderia estar acontecendo com alguém próximo de mim.

“Às vezes, para ficarmos mais fortes é preciso nos quebrarmos primeiro. “

O amor de fã pelo Henry Cavill foi colocado de uma forma linda, onde a protagonista não é louca e insana a ponto de viver em função deste amor platônico, mas mostrou uma face bacana e saudável em ser fã de algo ou alguém, de poder sonhar acordada e fugir um pouquinho de nossa realidade, usando da história do ator como exemplo e uma forma de inspiração, criando cenas cômicas, mas cheias de significado para Clara e que foram importantes para o amadurecimento da personagem.

Para mim foi impossível não me apaixonar, a Bianca pegou tudo que tem de bom no gênero chick-lit e deu o seu toque especial. Curvas para Cavill é um livro delicioso, engraçado, daqueles que fazem você gargalhar em qualquer lugar e passar vergonha, emocionante, eu raramente me emociono com um livro e quando isso acontece é porque ele é muito bom mesmo, surpreendente, o que o torna mais especial ainda, e trás mensagens lindas sobre amor, amizade e superação.

A narrativa é em primeira pessoa sob o ponto de vista da Clara, mas somos presenteados com o ponto de vista de Bernardo em certos momentos, o que para mim foi um presente lindo, visto que nunca li um chick-lit sob a perspectiva masculina, o que só enriqueceu mais o texto da autora, além de fazer a gente se apaixonar mais ainda pelo mocinho da história. ()

Eu devorei o livro durante o final de semana e quando chegou domingo à noite, e faltavam apenas 20 páginas, eu não queria continuar a leitura para não terminar o livro porque eu sabia que iria querer mais, e eu não teria mais, e sabia que iria dormir me sentindo órfã deste mundinho criado pela autora e destas personagens tão queridas e que, mais uma vez, marcaram a minha vida como leitora. Eu já disse isso para a autora e repito para vocês, se eu pudesse viveria em uma das suas histórias (provavelmente eu nem saberia qual escolher né... rs) porque é tudo tão lindo, a Bianca tem um dom maravilhoso, tudo o que ela escreve me encanta e eu nunca me cansarei de ler os seus trabalhos. ()

Preciso dizer que vale a pena a leitura? Não vejo a hora de todo mundo poder conhecer os trabalhos da Bianca, tenho certeza que todos irão amar, porque a autora escreve muito, não importa o gênero que ela se aventura, sempre somos surpreendidos e caímos de amores pelas suas personagens, suas vidas e todo o universo criado por ela. Favorito sim ou com certeza? ()

“Então, a chuva de verão desaba sobre nós, mas Bernardo não me solta. Estamos encharcados e ele não me solta. E, neste momento, o mundo pode desabar e ele continuará me segurando. Bem forte.”

♫ Para ler ao som de... 


Lucky (Jason Mraz & Colbie Caillat) || A Thousand Years (Christina Perri)

Posts relacionados:





Top Comentarista participe Aqui

26 comentários:

  1. Mayara, amei sua resenha, parece que esse livro foi escrito para mim, de certa forma. E que fofo ela colocar Henry na história.. quero muito conferir e ver como ficou. É tão bom quando lemos algo nacional de qualidade, ainda mais um chick-lit. Valeu pela dica. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  2. O que dizer?
    Suas resenhas sempre me deixam emocionada e sem palavras.
    Um dos melhores presentes de aniversário que já recebi.
    Fico muito feliz por ter você como leitora e amiga.
    Muito obrigada por tudo, sua linda.

    ResponderExcluir
  3. Hummmmm... to precisando mesmo de um livro assim pra me "desintoxicar" dos romances...rsrsrsrsrsrs Afinal... acho que já é o 6 seguidinho rsrsrsrs... ainda to lendo Belo desastre...acabando vou ler Desastre Iminente, depois não tenho mais nenhum romance na listinha... rsrsrsrs quem sabe depois de ler esse livro não faço as pazes com a balança... rsrsrsrs

    Ah.... adoooooro suas resenhas Mayara, Parabéns!!!

    Bjusssss

    ResponderExcluir
  4. Muito boa sua resenha, uma pena que não é meu estilo de livro :(
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Mayara, amei sua resenha, você é muito boa nisso. Amei o livro de verdade, porque me vi nessa história, me vi sendo a Clara, eu passei por coisas parecidas, tirando a parte de ser traída por um traste de marido e ter dois filhos, rs. Mas eu passei por muitos problemas com a minha família onde certas vezes tive que ser mãe dos meus irmãos, e aí eu me descuidei e engordei bastante, eu me sentia a pior pessoa do planeta quando tratava-se de aparência, as pessoas me dizem hoje: "Se você estava infeliz por que não mudava?" Porque chega um momento que com todas as pessoas em volta falando coisas horríveis de você, você acaba aceitando isso e pensando: Se eles dizem, então eu sou. E não é assim, graças a Deus eu decidi mudar, emagreci 10 kg, havia noites em que eu não comia pra emagrecer. E bem, consegui o que eu queria. Desculpa pelo desabafo agora, mas eu precisava deixar claro o porque gostei desse livro em especial.

    Amei o livro de verdade. Beijos (:

    ResponderExcluir
  6. Ah é ótimo como um livro de um gênero que não promete muita coisa em sua essência nos surpreende dessa forma, não? Ainda mais quando a personagem amadurece no decorrer da historia, nos dá uma empatia que enriquece ainda mais a obra aos nossos olhos. Entrou pra minha listinha de desejados!

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Gostei de saber que o livro te prendeu e que conseguiu ler tudo em um final de semana, super gostoso quando isso acontece...

    Bjs, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  8. Primeiro, sou viciada em chicklits. É quase um vício para mim <3 Segundo, só o título do livro já me atraiu, mas depois de ler a resenha tive certeza de que iria amá-lo! A resenha ficou ótima e eu com certeza procurarei mais sobre o livro :3
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Eu acho que esse livro mostra a auto superação e pode servir de exemplo para muitas pessoas.

    ResponderExcluir
  10. Chick-lit não é muito a minha praia.E pela sua resenha, é isso mesmo que acontece muitas vezes, a vida das pessoas muitas vezes não é um conto de fadas. E ela vive um amor platônico pelo Henry kkkk. Ele fez o Man of steel. Amo. E eu me senti assim também quando li Harry Potter, não queria terminar de ler o último livro por que eu sabia que iria querer ler mais.
    Tem post novo lá no blog. Passa lá.
    Abraços.
    J. A. Santos.

    ResponderExcluir
  11. Nada como um bom chick lit, com histórias de superação e com muito amor e romance que passam a mensagem de forma clara e gostosa de acompanhar!!
    Amei a resenha e como não conhecia o livro foi mais uma para minha lista de desejados!!
    Amei a capa muito fofa!! *--*
    É muito triste quando se acaba um livro e vc fica com saudades dos personagens e da história!!
    Bjus

    ResponderExcluir
  12. Amo este gênero de livro. Chick-lit é tudo de bom. Adorei a história, sempre gosto de livros assim. E bom saber que além de ser um livro gostoso de ler, temos frases inspiradoras de amizade, amor e etc. Adoro isso. Além do mais tem a perspectiva de um menino na história, o que deixa tudo mais interessante e diferente de outros Chick-lit. por aí.
    Espero lê-lo em breve.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Tem esse livro físico ou só em e-pub? Fiquei curiosa em fazer a leitura. Amei sua resenha! De verdade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por enquanto ele ainda não foi publicado Ana. Beijos

      Excluir
  14. Esse negócio de fazer os outros felizes sem se preocupar com si mesma é tão eu! Me identifiquei muito, logo de cara, com a personagem, exceto a parte do marido, porque não tenho né... Por enquanto, só noivado mesmo, hehe.
    Uau, passar vergonha? Pior que tenho vergonha alheia até em livros, haha. To ficando com medo... brinks.
    Já saquei que esse livro vai me preparar pro que der e vier. To muito ansiosa pra conseguir um s2
    E só mais uma coisinha: a música do post é sensacional!

    ResponderExcluir
  15. ah, eu tenho o costume de ler a noite, e as vezes tenho essa sensação de não querer terminar o livro para não sentir falta do mundo da autora ;~~
    achei que fosse só eu que sentisse isso hahaha
    você não precisa dizer que vale a pena, que o livro é ótimo ou que a história é incrível... sua resenha disse tudo!
    confesso que quando li a sinopse do livro, pensei que a história iria ser tipo um auto-ajuda chato. grande engano o meu hhahaha

    ResponderExcluir
  16. Mesmo a história parecer ser legal, não chamou atenção para eu ler. Acho que quero dar um tempinho em histórias desse tipo

    ResponderExcluir
  17. meu Deus que livro lindo, já quero, adoro chick lit e esse parece ser muito bom, daqueles que não da pra largar hahah

    ResponderExcluir
  18. Oii!
    Nunca li nada dessa autora, mas fique curiosa, a sinopse é muito interessante :)
    Parece ser uma historia muito legal! E eu adorei o fato de ela ser fã do Henry Cavill! haha

    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Não conhecia a autora, nunca li nada dela. Bom o livro ter te conquistado. Não consegui formar uma opinião, acredito que devido não ter achando interessante a história. Mas, pela sua resenha parece um livro bom.

    ResponderExcluir
  20. A Bianca precisa publicar logo os livros dela, não vejo a hora de ler esse e As Batidas Perdidas do Coração <3

    ResponderExcluir
  21. Mayara, que resenha maravilhosa! Eu não conhecia esse livro da Bianca, mas é incrivelmente a minha cara! Um chick lit maravilhoso, adorei a história e o título tem tudo a ver né. Já li Entre o amor e a amizade da Bianca e realmente ela escreve bem demais, e hoje eu li uma notícia no face que fiquei muito feliz, a Bianca Briones assinou com a Verus editora, então teremos Curvas para Cavill em breve, olha que coisa maravilhosa! Fiquei mega feliz, desejo todo sucesso pra ela, e pra voce, parabéns pela resenha deliciosa! :)

    ResponderExcluir
  22. Olá Mayara!
    Simplesmente amei a sua resenha! Me deu uma vontade enorme de ler o livro, rs.
    Parece ser muito bom ><
    Beijos,
    Ana M.
    http://addictiononbooks.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. Esse livro parece ser bem cômico mesmo preciso ler pra já..afinal tem meu amadissimo Henry Cavill <3
    só não curti muito a capa me lembrou muito A Próxima Grande Sensação!!

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Adorei sua resenha! A sinopse não me chamou a atenção em nada, mas sua resenha me conquistou!! Fiquei com muita vontade de ler um livro, parece muito bom, divertido, leve, tudo de bom!

    ResponderExcluir
  25. "Um cantinho especial dentro do meu coração ♥" só pela classificação já conseguia perceber o quanto você se identificou e amou a história. Eu, particularmente, já estava encantada apenas de ler o título da obra. Ok, tenho uma queda pelo Henry, aquele britânico lindo másculo e fofo *-* E a protagonista parece ser um amor! Adoro chick lit e esse não aparenta ser um livrinho qualquer? Quero ele pra mim, pra poder abraçar e amar a Clara e o Bernardo (já gostei dele também) com toda a animação do mundo ♥

    ResponderExcluir