[Resenha] O Pedido – Katie Ashley


Durante as semanas seguintes a separação de Aidan, Emma fez o que pôde para seguir em frente. Ignorando as inúmeras mensagens de texto e voz e as flores, ela não tinha certeza se queria voltar para ele. Mas Aidan não desistiria fácil – principalmente não até que Emma o deixasse revelar o segredo de seu passado que o levou a ter fobia de assumir compromissos. Mas o destino intervém quando Emma entra em trabalho de parto prematuro e precisa repousar por duas semanas. Aidan aproveita para fazer uma proposta surpreendente. Para provar seu amor e comprometimento com ela e com seu futuro filho, ele pede uma licença do emprego para cuidar dela em tempo integral. Jurando proteger seu coração, Emma concorda com relutância. Enquanto fica comovida com a atenção e os cuidados de Aidan, Emma fica desconsertada com a aproximação do médico da emergência, Alpesh “Pesh” Nadeen. Pesh é tudo que Emma poderia querer – bem-sucedido, equilibrado e pronto para se casar, para ser marido e pai. Pesh só quer conquistar o coração de Emma, mas ela não tem certeza se será capaz de entregá-lo. O coração dela pode ainda pertencer ao mesmo homem que o partiu – aquele que está tão desesperado para tentar tê-la de volta.

Romance Contemporâneo (+18) || 288 Páginas || Cortesia Editora Pandorga|| Skoob || Compare & Compre || Classificação: 4/5
Texto livre de Spoilers
O Pedido é a continuação do delicioso romance A Proposta, livro que nos apresenta os personagens Emma e Aidan, dois opostos que – seja por obra do destino ou do cupido – acabam embarcando em um relacionamento nada convencional. O envolvimento dos dois gira em torno do desejo de Emma em ser mãe, já que após tanta perda e dor tudo o que ela quer é alguém para amar e cuidar. Assim, disposto a tê-la de qualquer jeito, Aidan faz uma proposta que mudará completamente a vida deles, um acordo simples com o qual Emma ganharia um bebê e ele teria tempo suficiente para apreciar a companhia dela em sua cama. Porém, o que eles não previam é que iriam acabar completamente apaixonados, e ao passo que Emma está disposta a correr o risco de viver esse amor, Aidan carrega em seu coração cicatrizes que o afastam de qualquer possibilidade de aceitar amar e de deixar ser amado. Agora, um tempo depois, – sozinho, machucado e arrependido – ele vai lutar para recuperar Emma, para amá-la com toda a sua força e para construir ao lado dela uma família grande e feliz, o único problema é que ela não está disposta a perdoá-lo. Mas, sinceramente, quem estaria?

Em linhas gerais O Pedido trata de perdão e recomeço. Aidan errou feio com Emma e passa boa parte do livro tentando reconquistá-la, tentando provar para ela que está arrependido e que a ama de verdade. Nesse ponto a autora aborda muito bem o verdadeiro sentido do amor, da capacidade de cura e transformação que só esse sentimento tem, pois com o decorrer da leitura fica claro para o leitor que Aidan mudou, que o sentimento que ele nutre pela Emma o curou do passado e o fez enxergar os verdadeiros valores da vida. Porém, o fato é que mesmo que ele tenha se tornado um novo homem e que finalmente esteja preparado para se entregar ao amor, isso ainda não faz dele o homem certo para Emma. Ele pode amá-la, pode sonhar um futuro ao lado dela, mas se ela não o perdoar verdadeiramente e escolher viver ao lado dele, eles nunca poderão encontrar a felicidade. E a prova da mudança de Aidan é que, ao se dar conta disso, ele torna a felicidade de Emma sua prioridade, ainda que isso signifique deixá-la seguir em frente.
O ponto de conflito desse livro – perdoar ou não Aidan – me deixou completamente dividida. Como leitora eu acreditei instantaneamente nele, e a cada gesto de amor e carinho do personagem meu coração se derretia todo e eu pensava “Emma, sua boba, agarra logo o homem!”. Não tem como resistir a tanto amor, a tanta entrega e emoção, Aidan realmente mudou, e a abordagem emocional da história (que se iniciou como algo puramente físico) comprova isso. Entretanto, ao mesmo tempo em que eu torcia para que Emma o perdoasse, meu lado racional indicava que se fosse comigo, que se estivéssemos falando de uma situação real, eu nunca daria uma segunda chance à Aidan – independente das mudanças e até mesmo do sentimento envolvido, minha moral e meus valores não permitiriam isso. E essa é a grande questão, mesmo dividida, mesmo Emma conhecendo outro alguém que poderia (pelo menos de certa forma) fazê-la feliz, eu não consegui em nenhum momento deixar de torcer pelo Aidan, isso porque a autora me fez ter fé no amor descrito, o que sem dúvida é o ponto alto da história.
Amor, lágrimas e recomeços, tudo no melhor estilo água com açúcar que tanto gosto – Como resistir a uma história assim? Fui fisgada desde o primeiro capítulo e me envolvi demais com esses personagens. Suas histórias de vida, a fé que compartilham, e a vontade de formar laços que vão além das aparências... Isso tudo é tão lindo, tão real e tocante. Talvez eu seja suspeita porque gosto demais de tramas assim, mas o fato é que, indo além das minhas preferências literárias, eu acabei a leitura desse livro com um sorriso bobo no rosto e com uma sensação de que o amor sempre vence, independente dos altos e baixos da vida. E que vá para o espaço meu orgulho feminino, afinal não é ele que traz a felicidade, mas sim o amor.
“Nunca pense que por causa do que aconteceu antes o seu amor não é tão forte e tão bonito quanto o de qualquer outra pessoa. É o amor que ultrapassa as provas mais difíceis e sobrevive que vale a pena ter.”
“Fica mais alguns dias ou semanas. (...) Fica para sempre.”
Sobre a Série
O Pedido é o segundo volume da saga The Proposition, composta pelo conto A Festa e pelos livros A Proposta e O Pedido. No Brasil ambos os livros já foram publicados, enquanto o conto foi disponibilizado gratuitamente pela editora em e-book (Leia-o aqui).
PS. O conto A Festa narra a festa empresarial em que o casal de A Proposta se conhece, porém não é preciso lê-lo para acompanhar a série, afinal ele é apenas um bônus para os leitores. Contudo, para quem não leu os livros e está em dúvida se gostará da trama, essa é uma boa opção para conhecer os personagens e a escrita da autora.





Participe Aqui

27 comentários:

  1. Não gostei do livro, a capa não chamou minha atenção, a sinopse muito menos, o enredo sei lá não é o meu tipo de leitura.

    ResponderExcluir
  2. nn gostei dessa capa achei muito basica , e o livro tambem nn me chamou atenção :/

    ResponderExcluir
  3. assim como a Simonir Rodrigues eu também tenho problema com essa série. Esses foram os únicos livros da editora que eu li e não curti mesmo! Até coloquei para troca. Achei tudo muito clichê, sei lá, talvez não era o momento para eu ter lido esses livros né? ;/

    ResponderExcluir
  4. Preciso confessar que com essas capas tão parecidas, nunca sei qual livro é qual. Ainda não li o primeiro e como no início da resenha você fala que este é o segundo, nem li o que você escreveu :( Mas tenho vontade de ler essa trilogia/série.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li o primeiro volume mas me interessa bastante essa série. Fiquei curiosa para saber como o casal irá se acertar nesse volume, parece ser muito bom. Gosto muito de saber que o que começou como algo apenas físico acabou tomando outro rumo! :)
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá Paola, tudo bem?
    Eu estou querendo está coleção a muito tempo mas infelizmente ainda não conseguir comprar! Eu havia lido O Pedido, que minha amiga emprestou, e eu amei o jeito que a Katie Ashley usa as palavras, o jeito dela escrever. E pretendo ler os outros série!
    Beijoos

    ResponderExcluir
  7. acho que já vi um filme com este tipo de trama! hahaha
    parecem ser livros muito legais, e eu estou curiosa para ler!
    acho que vou gostar... parece ser bem clichê e eu adoooooooooro isso hahaha

    ResponderExcluir
  8. Oi, Paola.
    Essa série é muito boa. Fiquei torcendo muito pelo Aidan. Vou procurar ler o conto para saber como eles se conheceram.

    ResponderExcluir
  9. Muito bom. Apaixonada por esse cantinho!

    Beijooos.

    ResponderExcluir
  10. Oi Paola!Como vai?
    Acho que essa série parece bem bacana mas eu só não comprarei os livros...
    Sua resenha estava ótima.
    Beijos e até mais,
    Ana.
    http://www.umlivroenadamais.com/

    ResponderExcluir
  11. Pah, confesso que fiquei com medo de ler a resenha para evitar spoilers, ainda mais se tratando do último livro da trilogia. Mas fico feliz em saber que você gostou. Conheci esses livros pelo seu blog e desde então os coloquei na lista. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  12. Katie Ashley realmente sabe prender os leitores. Comecei a ler A Proposta, e fiquei tão louco com o final, que ao ler a resenha de O Pedido, me senti insanamente desesperado para ver o desfecho da história.
    As capas que são bem fraquinhas, não me chamam muita atenção.
    Mas parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  13. Oi, eu comprei os livros mas ainda não li. Estava em dúvida em relação aos livros pois li algumas resenhas negativas, mas sua resenha me fez ter mais vontade lê-los .
    Vou colocá-los nas minhas próximas leituras.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Olá Pah! Já tinha visto um desses livros antes dando uma olhada no site da Submarino, mas não sabia que era uma série, li a resenha com medo de conter spoilers e gostei bastante, eles agora estão na minha meta de leituras.

    ResponderExcluir
  15. Não gostei muito da capa e esse tipo de romance não enche muito os meus olhos. Gosto de romances com um fundo interessante, principalmente quando é histórico.
    Eu acabo achando esse tipo de livro muito parecido com todos os outros do mesmo gênero.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de Abril

    ResponderExcluir
  16. Oi Pah, então, eu achei essas capas tão feias mas tão feias que dá um desânimo de ler só de olhar. =( E eu estou evitando os livros "água com açúcar", eu até gosto, mas no momento acho que não é apropriado. Quem sabe um dia. ;)

    ResponderExcluir
  17. Não li o primeiro volume, mais estou interessada neles.Li muitas resenhas positivas á respeito.A história é bem diferente mas interessante, e espero lê-los em breve apesar de não gostar das capas, e não curtir muito o gênero.

    ResponderExcluir
  18. Não li o primeiro volume, mais estou interessada neles . Li muitas resenhas positivas á respeito, a história é bem diferente mas interessante, e espero lê-los em breve apesar de não gostar das capas, e não curtir muito o gênero.

    ResponderExcluir
  19. Essa capa é tão contráditoria, eu amei o layout e a foto mas mesmo assim não consigo gostar dela :p

    ResponderExcluir
  20. Adorei a resenha, mais não gostei muito do livro, acho q é a capa que não me chamou muito a minha atenção, também a história não me chamou muito a atenção :/

    ResponderExcluir
  21. Oláá, Pah!
    Me lembro da resenha de A Proposta! E não tinha ido muito lá com a cara depois, sei lá.
    Mas O Pedido parece ser muito lindo, com o Aidan tentando conquistar a Emma. Só acho que esse negócio de tornar a felicidade dela prioridade mesmo que tenha que deixa-la pra outra pessoa me cheira a um final em que os dois não vão ficar juntos. E isso me decepcionará demais.
    Apesar de que eu, de acordo com meus princípios, também não daria uma segunda chance. Mas pô, nos livros pelo menos quero ver finais felizes.
    Prevejo uma resistência que terei à série...

    ResponderExcluir
  22. Eu não curto livros desse gênero, então nem tento ler, porque sei que vou querer abandonar a leitura.

    E-mail: juliamariamoraes2013@gmail.com
    Nome de seguidor: Julia Moraes

    ResponderExcluir
  23. Oii Pah!
    Não me interessei muito em ler essa série. Mas, não descarto a possibilidade de ler futuramente. Afinal adoro livros com temas como esse.
    Adorei a resenha, me deixou curiosa para ler A Proposta.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  24. Tenho um desses livros dessa série aqui... acho que A proposta ( nao tenho certeza, sao todos muito parecidos... hahaah) mas essa é uma série que por enquanto não me atraiu... =/

    ResponderExcluir
  25. Eu já li A Proposta, mas não gostei muito não... até já troquei pelo Skoob. O livro não conseguiu prender minha atenção e não pretendo ler a continuação, pelo menos não tão logo.

    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
  26. Gosto do tema mas a série não me animou muito não. Acho que a capa conta muito, e achei a capa um tanto careta kkk talvez leia depois, quem sabe

    ResponderExcluir
  27. Adorei a "trilogia" se é que pode ser chamado assim :)
    E assim como vc adoro tramas água com açucar.. é um tema muito bacana (ser mãe), e eu no momento estou buscando muitas leituras do gênero.. marido e eu estamos planejando um bebêzinho :)
    Abraços

    ResponderExcluir