abril 19, 2016

[Resenha] Vivian Contra a America – Katie Coyle

“Vivian Apple tem um currículo surpreendentemente variado. Aos 17 anos, passou de boa moça estudiosa a revolucionária procurada, atravessou os Estados Unidos de carro com os amigos, lutou contra um bando de adolescentes doutrinados, encontrou uma irmã que nem sabia que existia e descobriu segredos sombrios sobre um culto que dominou a América. O próximo passo? Tentar determinar o paradeiro de Peter, seu meio-que-namorado, antes que o mundo acabe (de novo), em três meses. Perdidas em São Francisco, perseguidas por grupos religiosos e caçadores de recompensa e enfrentando uma sociedade cada vez mais próxima do colapso, Vivian e Harp estão em perigo e nem sabem por onde começar a busca por Peter. Até que uma pista as leva a Los Angeles, para o hotel Chateu Marmont, o improvável quartel-general da Igreja Americana, onde supostamente grandes nomes esperam pelo fim do mundo. Parece que Vivian precisa salvar o país, seus amigos e a si mesma, ou arriscar perder tudo que ama mais uma vez. Vivian, Harp, Peter e seus amigos são retratos de uma geração que tenta encontrar seu lugar num mundo que parece enlouquecer. Idealistas e ao mesmo tempo pé no chão, não vão parar por nada até descobrir a verdade nesta continuação de Vivian contra o apocalipse. Com personagens bem-construídos, diversos e apaixonantes, e uma trama cheia de ação e reviravoltas, Vivian contra a América é uma maravilhosa adição a qualquer biblioteca, que vai fazer você questionar tudo, até suas próprias crenças e convicções.”

Jovem Adulto | 298 Páginas | Cortesia Editora Agir Now | Skoob | Compare & Compre | Classificação: 4,5 estrelas | Resenha da May
Em Vivian Contra a America, através da
visão de Vivian, somos levados à continuação da jornada de duas amigas que, em
meio ao Apocalipse, descobriram um grande segredo sobre a Igreja Americana e o
temido Arrebatamento e que no caminho ainda perderam entes queridos e tiveram que
separar-se de seu amigo Peter. Agora elas precisam descobrir uma forma de
alertar a população Crente e Não-Crente sobre tal descoberta e encontrar um
meio de achar Peter e resgatá-lo, seja lá onde ele estiver. Entretanto o
caminho não será fácil e sem saber por onde começar, Vivian e Harp ficam a
deriva e correm um grande perigo, pois agora estão sendo procuradas como
criminosas pela Igreja e todos estão à sua procura. É então que Winnie, personagem que aparece no final do livro anterior, surge e as leva para
um local seguro onde um grupo de pessoas reúne-se e luta para acabar com o
poder exercido pela Igreja sobre a população.

Como já
comentei acima, no final do livro anterior nossa protagonista e sua melhor
amiga descobrem um grande segredo, porém ir contra a Igreja e abrir os olhos da
população não será fácil, portanto temos uma continuação de narrativa rápida e
ágil, que nos prende do início ao fim com seus acontecimentos e reviravoltas. A
autora mais uma vez consegue nos surpreender ao longo da narrativa nos deixando
ligados na leitura até chegarmos ao final.
O apocalipse foi só o começo.
A aura que
permeia a leitura é de completo caos, dúvida e medo, pois mesmo pelos olhos de
Vivian percebemos o quanto as pessoas estão desesperadas por acreditar em algo,
por tentar fugir da responsabilidade que cada um de nós tem pela destruição do
planeta em si. É perceptível como estão desesperadas por salvar a si mesmos e são
levados ao limite, cometendo atos hediondos e cruéis, despertando de dentro de
si aquilo que temos de pior achando que estamos fazendo o certo para a nossa
‘salvação’, nos abstendo de responsabilidades e distorcendo o certo do errado.

Também é
perceptível a crítica social que temos no decorrer da narrativa em vários
âmbitos, como a degradação do meio ambiente e as consequências que, cedo ou
tarde, chegarão até nós em forma de desastres naturais e desordem do meio; o
fanatismo religioso que muitas vezes cega as pessoas e as torna intolerantes a
tudo aquilo que difere de sua crença; racismo e homofobia mais uma vez
pontuados aqui; o capitalismo desenfreado e a busca dos ‘grandes’ por mais e
mais lucro, extorquindo tudo o que podem e em todas as áreas que conseguem
alcançar; a manipulação das massas pela mídia, que sabe como induzir-nos a
acreditar naquilo que melhor lhe convém e é usado do início ao fim na saga de
Vivian; além de nos fazer refletir sobre nossas próprias ações, movidas pelo
interesse próprio, por ódio ou vingança, mas que de certa forma moldam nossa
personalidade e mostra quem realmente somos.

Em suma eu
adorei a leitura, as críticas feitas pela autora, os pontos de reflexão que ela
nos proporciona, achei as personagens bem construídas e humanas, e suas ações
confirmam isso durante a leitura que é fácil, fluida e gostosa. A editora
também está de parabéns pela edição, pela qualidade gráfica do livro, pela
revisão que está praticamente sem erros e pela rapidez em trazer a continuação
para nós. Recomendo muito a leitura! E se você não conhece a história leia a minha resenha do primeiro volume, Vivian contra o Apocalipse, acredito que para quem leu o primeiro volume
é de leitura obrigatória, afinal o final do primeiro nos deixa bem curiosos
para saber o que vai acontecer. Além disso, eu
não vi nenhuma notícia sobre continuação após este livro, então não posso
afirmar se a autora vai escrever mais um episódio, mas para mim a saga de
Vivian, Harp e Peter termina aqui, e de uma forma muito satisfatória.

Beijos,

Participe Aqui

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

18 Comentários

  • laura
    25 junho, 2017

    Nao conhecia esse livro, a capa tambem nao me chamou a atençao nem a sinopse
    amo suas resenhas

  • Carol N
    02 maio, 2016

    Ainda não conhecia o livro…
    Com certeza, entra para minha lista de desejos! Preciso ler!

  • suzana cariri
    01 maio, 2016

    Oi!
    Li a resenha do primeiro livro dessa serie e achei uma historia diferente e interessante e lendo a resenha dessa continuação continuo interessada na serie, achei interessante a critica que a autora faz e se tiver oportunidade quero ler essa serie !!

  • Rhoana Lersch
    30 abril, 2016

    Oi Mayara!! Essas capas me matam! Quero muito ler Vivian contra o apocalipse, mas parece ser bem diferente desse né. Já li várias resenhas e quero muito conhecer a escrita da Katie logo!! Bjss

  • Ana Paula Lelis
    28 abril, 2016

    Oii! Desde outro livro da Vivian contra o apocalipse eu já queria ler, a premissa parece bem diferente e interessante e as capas sao lindas, adoro livros que o autor nos faz refletir um pouco, preciso começar a ler logo! beijo

  • Larissa Alves
    27 abril, 2016

    Olá Mayara!
    Já tinha visto o livro em alguns blogs mas nunca lido nada sobre ele antes, tinha uma ideia totalmente diferente do que realmente se trata a história. Confesso que não me chamou muito a atenção. Não sabia que era uma série também.

    Beijos.
    Larissa Alves
    http://www.feminicesdalari.com.br/

  • Micheli Pegoraro
    22 abril, 2016

    Olá Mayara,
    Já tinha ficado um pouco interessa pelo primeiro livro lendo sua resenha, principalmente por ser um tema bem diferente que normalmente não encontramos num jovem adulto. Essa sequencia parece ser uma leitura bem satisfatória mesmo por tratar de temas que nos trazem reflexão; adoro quando o livro traz critica social, e esse traz em vários âmbitos mesmo.
    Beijos

  • Jesica Duarte
    22 abril, 2016

    Quero muito conhecer esse livro, estou super curioso desdo primeiro livro.

  • Lara Cardoso
    21 abril, 2016

    Oiee tudo bom?
    Eu preciso realmente ler esse livro, o primeiro está realmente parado na minha estante faz tempo. Não sou muito fan de road trip mas quem sabe?

    Beijos

  • Talita Oliveira
    20 abril, 2016

    Quero muito conhecer esse mundo, hehe
    Já ouvi falar de Vivian e o apocalipse, não sabia q tinha mais um livro, vou ler com certeza, espero q só lance até esse, não gosto de série com muitos volumes.
    Gostei mto da resenha!

  • Theresa Cavalcanti
    20 abril, 2016

    Não fiquei com muita vontade de ler esse livro. Vi umas pessoas comentado e acho que não é pra mim.

  • Thais Lima Reis
    20 abril, 2016

    O livro parece ser interessante apesar de não ser o tema muito visto nas minhas leituras. Mas os pontos que você disse que a autora aborda é bem legal e a questão do fanatismo religioso é um, tema que deveria ser descultivo com mais seriedade. Nós vemos muito nos países estrangeiro pessoa cometeram crimes dizendo ser em nome de Deus.
    Parabéns pelo resenha e pelos pontos que você abordou.

  • Crika Regina
    20 abril, 2016

    Oi Mayara!
    Eu não li o primeiro livro, mas parece que a história é bem mais interessante do que eu pensava, com vários pontos importantes na leitura e atuais na nossa vida né? Não costuma ser meu tipo de leitura favorita, mas como de vez em qnd eu gosto de variar, talvez um dia eu dê uma chance a eles, rsrs

  • Vania Correa
    20 abril, 2016

    A história é bem agitada né,a Vivian passou por muitas coisas hein, bem eletrizante, gosto desse tema que envolva população em colapso, fim do mundo, é bem interessante, a capa está linda, beijos…

  • Rayane Colombo Gomes
    20 abril, 2016

    nao conhecia a historia mas achei bacana! acho q nao vou ler pq depois fico super assim com esses livros kk mas achei bem diferente hahah

  • Bruna Lago
    20 abril, 2016

    Oi Pah, olha não gostei muito desse livro não. Já pela sinopse, a história não me chamou a atenção, achei confusa e acredito que determinado momento, a leitura fica chata.
    Beijos

    • Bruna Lago
      20 abril, 2016

      Ah, é Mayara. Desculpa, querida. A imagem não carregou pra mim. Beijos

  • Marina Mafra
    19 abril, 2016

    Tudo bem Mayara? Parece uma leitura bem envolvente. Eu não conhecia. Esse blog de vocês ainda me leva a falência com novas leituras viu?hehe
    Super beijo,

    Blog Resenhando por Marina