Newsletter

assine a newsletter!

E receba a notificação de novos posts por e-mail

Quando Caroline Trent é sequestrada por engano por Blake Ravenscroft, não faz o menor esforço para se libertar das garras do agente perigosamente sedutor. Afinal, está mesmo querendo escapar do casamento forçado com um homem que só se interessa pela fortuna que ela herdou. Blake a confundiu com a famosa espiã espanhola Carlotta De Leon, e Caroline não vai se preocupar em esclarecer nada até completar 21 anos, dali a seis semanas, quando passará a controlar a própria herança milionária. Enquanto isso, é muito mais conveniente ficar escondida ao lado desse sequestrador misterioso. A missão de Blake era levar “Carlotta” à justiça, e não se apaixonar por ela. Depois de anos de intriga e espionagem a serviço da Coroa, o coração dele ficou frio e insensível, mas essa prisioneira se prova uma verdadeira tentação, que o desarma completamente.
Romance de Época| 304 Páginas|  Editora Arqueiro| Classificação 5/5
Skoob | Compare & Compre: SaraivaAmazon
Falou Julia Quinn e eu já estou babando arco-íris. Ela é, sem sombra de dúvidas, minha autora de romances de época favorita. Suas histórias divertem, encantam e emocionam – além de deixarem o leitor com aquele sorriso bobo no rosto do qual tanto falo. Não existe sensação melhor do que mergulhar em um dos livros da Julia e ter a certeza de que serei impactada por ele. Mesmo que o romance não passe do clichê (porque até a previsibilidade surpreende quando é essa autora escrevendo), é fato que suas histórias sempre me envolvem. Portanto, já sabia que iria adorar a leitura de Como agarrar uma Herdeira, só não imaginava que iria rir tanto.

Caroline precisa fugir do seu atual tutor. Ela já ficou sob a responsabilidade de homens ruins, mas dessa vez está beirando o insuportável. Decidida a construir seu próprio futuro com a herança que receberá em poucas semanas (ao completar vinte um anos), a jovem resolve bolar um plano para escapar da casa que era para ser seu lar. Porém, durante a fuga ela é confundida com ninguém mais ninguém menos do que Carlotta de Leon, uma perigosa espiã espanhola. Capturada por engano, Caroline acaba presa por Blake, um agente inglês que não vê a hora de terminar sua missão para poder se aposentar do serviço à Coroa. Por um lado ela está amedrontada com o futuro que a aguarda e por estar à mercê de um desconhecido, mas ao mesmo tempo Caroline não consegue frear a sensação de que, de uma forma surpreendente, conseguiu atingir o objetivo de libertar-se das garras do seu tutor. – Vendo por esse lado, omitir alguns fatos para ficar na segurança da companhia de Blake não é tão ruim assim, não é mesmo? Afinal, melhor estar ao lado de um agente da Coroa do que ter que viver com seu ardiloso tutor.
Aqui temos dois lados de uma mesma moeda: um homem marcado por perdas do passado e cansado da vida perigosa que leva, e uma mulher solitária, necessitada de carinho e afeto, e decidida a construir um novo futuro. Blake tem uma personalidade arredia, controladora e arisca às emoções. Então imagine a surpresa dele quando, ao capturar uma perigosa espiã (que na realidade é uma Lady inglesa, mas ele ainda não sabe disso), começa a sentir coisas que há anos não faziam parte de sua rotina: interesse, preocupação e afeto. Blake quer fingir que não liga para a jovem capturada, mas no fundo sente emoções por ela que não quer experimentar – não depois de ter pago um preço alto em nome do amor. Já Caroline é do tipo perspicaz, decidida e forte o suficiente para enfrentar todos os obstáculos impostos pela vida. Ela poderia ter desistido, mas não se rendeu ao mundo e a solidão. Gostei muito de como a autora trabalhou a personalidade dos dois protagonistas, falando sobre seus medos e inseguranças, e mostrando como eles fizeram para superá-los. E é exatamente por isso que o romance é do tipo de clichê que tanto amamos: quando o convívio e a força do amor são capazes de curar corações. Amei saber mais sobre eles e amei mais ainda como o romance nasce aos poucos, nas brigas e picuinhas, e vai evoluindo para um sentimento capaz de curar e unir duas almas solitárias.

Além do romance e da personalidade incrível desses dois (e de ambos terem uma história real sobre perda e recomeço para contar), amei o fato de o livro ser extremamente divertido. Blake e Caroline vivem brigando – bem no estilo cão e gato – e trocando farpas. E o fato é que essa relação tortuosa permite que eles mostrem o que têm de melhor: um humor afiado. Eles gostam de usar e abusar da ironia e, juntos, criam um enlace cheio de alfinetadas, bom-humor e gargalhadas. Além disso, o livro foge do que estamos acostumados a ler. Claro que tem clichê, o amor por si só é um dos maiores e melhores clichês do mundo, contudo o diferente da trama está na espionagem. Toda a obra gira em torno do trabalho de Blake e de como Caroline foi arrastada para essa missão. Portanto, nada de bailes ou salões londrinos, o que vemos aqui são aventuras noturnas, arrombamentos, capturas e muitos mistérios. E eu amei muito tudo isso!
Sem dúvida um dos meus livros preferidos da Julia Quinn! Queria ter amado mais o Blake (confesso que algumas horas fiquei tentada a bater nele, risos), mas Caroline me fez amar essa história, esse enlace e, principalmente, o lindo e emocionante final que esse casal protagoniza.

Espionagem, bom humor e um enlace amoroso capaz de curar anos de dor e solidão. Como é que não vamos amar esse livro? 
Sobre a Série

Como Agarrar uma Herdeira é o primeiro volume da duologia Agentes da Coroa. A saga é composta por dois livros e cada um narra à história de um casal diferente. Contudo, os protagonistas masculinos são grandes amigos – ambos trabalham para a Coroa – e suas jornadas estão interligadas.


Beijos, 



Comentários via Facebook

6 comentários:

  1. Pah!
    Gosto muito dos romances de época, ainda mais os da Julia.
    Achei fantástica a ideia da fuga de Caroline e dela ser confundida com uma espiã.
    E o romance dela com Blake é do tipo que gosto também com troca de farpas e no final...só amor!
    Desejo um ótimo final de semana!
    “Saber quando se deve esperar é o grande segredo do sucesso.” (Xavier Maistre)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  2. Pah, amei muito!! Eu realmente ri muito com esse livro. A Julia nunca me decepciona,irei com toda certeza ler o segundo livro logo. Super Beijo !!

    ResponderExcluir
  3. Estou amando ler O Duque e Eu da Julia... E eu sem duvidas me apaixonei perdidamente por esta duologia... Vou interromper a listinha dos livros da Julia e ja vou adiquirir estes! :) Obrigada mais una vez Pah por suas dicas :*

    ResponderExcluir
  4. Pah, primeiramente essas capas ficaram um arraso, né?
    Não tenho dúvida de que vou amar esse livro. Adoro essa relação cão e gato e romances de época que me fazem rir muito. Com certeza uma ótima dica! Espero não demorar para ler.

    ResponderExcluir
  5. Que capas lindas! Bem interessante a resenha.

    ResponderExcluir
  6. Ler a resenha padrão não me fez ter vontade de ler ese livro.. mas agora fiquei querendo kkkkk - adorei a resenha....

    Pah não sei se você já leu, mas eu li e amei Um acordo de Cavalheiros da Lucy Vargas. A historia do Tristan e Dot é deliciosa e também envolve espionagem. Estou certa de que voce se encantará com ambos pois é um mocinho e uma mocinha que estão muito à frente de seu tempo e por isso tecem um relacionamento completamente fora dos padroes da epoca. :)

    Um abraço,
    heloiza

    ResponderExcluir

Resenhas

© Livros & Fuxicos – Desenvolvimento com por Subir