Newsletter

assine a newsletter!

E receba a notificação de novos posts por e-mail



Oi, gente linda! Vamos prestar contas sobre o Desafio Fuxicando Sobre Chick-Lits?

Para cumprir a SEXTA meta, li esse mês Mas Tem que Ser Mesmo Para Sempre?, livro de Sophie Kinsella publicado este mês pela editora Record, e, assim, risquei da lista o item #2: Ler um chick-lit standalone (livro único, que não é integrante de alguma série).

Juntos há dez anos, Sylvie e Dan compartilham todas as características de uma vida feliz: uma bela casa, bons empregos, duas filhas lindas, além de um relacionamento tão simbiótico que eles nem chegam a completar suas frases – um sempre termina a fala do outro. No entanto, quando os dois vão ao médico um dia, ouvem que sua saúde é tão boa que provavelmente vão viver mais uns 68 anos juntos... e é aí que o pânico se instala. Eles nunca imaginaram que o “até que a morte nos separe” pudesse significar sete décadas de convivência. Em nome da sobrevivência do casamento, eles rapidamente bolam um plano para manter acesa a chama da paixão: de um jeito criativo e dinâmico, passam a fazer pequenas surpresas mútuas, a fim de que seus anos (extras) juntos nunca se tornem um tédio. Porém, assim que o Projeto Surpresa é colocado em prática, contratempos acontecem e segredos vêm à tona, o que ameaça sua relação aparentemente inabalável. Quando um escândalo do passado é revelado e algumas importantes verdades não ditas são questionadas, os dois – que antes tinhas certeza de se conhecerem melhor do que ninguém – começam a se perguntar: Quem é essa pessoa de verdade?...”. Um livro espirituoso e emocionante que esmiúça os meandros do casamento e que demonstra como aqueles que amamos e achamos que conhecemos muito bem são os que mais podem nos surpreender.

Chick-Lit | 378 Páginas | Editora Record Classificação: 5/5 Resenha de Aione Simões | Skoob | Compre 



  1. Ler um chick-lit nacional;
  2. Ler um chick-lit standalone (livro único, que não é integrante de alguma série);
  3. Ler um chick-lit que faça parte de uma série; 
  4. Ler um chick-lit que você tem dúvidas se é ou não um chick-lit;
  5. Ler um chick-lit de uma autora que você admira
  6. Ler um chick-lit que você tenha vontade de ler; 
  7. Ler um chick-lit de uma autora inédita para você; 
  8. Ler um chick-lit que te ganhou pela capa; 
  9. Ler um chick-lit que te ganhou pela sinopse; 
  10. Ler um chick-lit que te ganhou pelo título; 
  11. Ler um chick-lit que foi bem-recomendado; 
  12. Ler um chick-lit que você esteja enrolando para ler. 

Ainda tem dúvidas sobre o gênero? 
Já conferiu o post com esclarecimentos e indicações de chick-lits? Já viu meu vídeo definindo esse e outros gêneros?

Observação: cada item deve ser cumprido com uma obra diferente, mesmo que um livro se encaixe em várias categorias! Ao final, 12 livros devem ser lidos para o desafio!


Quem também cumpriu mais uma meta em Junho? Me contem nos comentários!


Beijos enormes a todos!

Comentários via Facebook

1 comentários:

Resenhas

© Livros e Fuxicos • Por Paola Aleksandra – Desenvolvimento com por Subir