Anúncios
julho 07, 2021

UMA HOMENAGEM À LUCINDA RILEY

Dia 11 de Junho, infelizmente, faleceu a escritora Lucinda Riley. Ela era responsável por diversas obras que tocaram os corações dos seus leitores e deixaram um legado incrível da pessoa e profissional que foi. 

Muitos de vocês pediram para que a gente produzisse algum conteúdo prestando essa homenagem à Lucinda e aqui estamos nós! Vamos contar um pouco sobre a história dela e sobre as suas histórias que conquistaram o mundo. Então, vamos lá!

Lucinda Kate Edmonds nasceu em 16 de fevereiro de 1965 na cidade de Lisburn, situada na Irlanda do Norte. Nos seus primeiros anos de vida ela viveu em uma vila no município de Drumbeg, antes mesmo de se mudar para a Inglaterra.

Com 14 anos, Lucinda começou sua aula de teatro e balé na Italia Conti Academy of Theatre Arts, em Londres. Aos 16, ela participou da adaptação “A História dos Caçadores de Tesouro” com um papel super importante. Na época, a produção saiu pelo canal da BBC.

Logo depois, ela foi convidada para atuar em “Auf Wiedersehen Pet”, uma comédia romântica. Após fazer todos esses papéis, Lucinda continuou trabalhando como atriz durante 7 anos da sua vida. Porém, esse sonho foi interrompido depois que ela descobriu a Mononucleose, uma infecção causada pelo vírus Epstein-Barr e que gera muita febre, cansaço e dor de garganta. Então, infelizmente, essa doença durou um longo período e isso fez com que ela abdicasse a carreira. Neste período ela foi casada com Owen Whittaker e ficou com ele durante 10 anos!

Mas, se por um lado isso foi prejudicial para a profissão de atriz, ajudou na profissão de escritora. Seu primeiro romance saiu em 1992 e foi intitulado de “Lovers and Players”, levando o nome de Lucinda Edmons ainda. Anos depois vieram os grandes sucessos como: A Casa das Orquídeas; A Rosa da Meia-Noite; A Garota do Penhasco; A Luz Através da Janela e; A Série das Sete Irmãs. A partir de então, seus livros foram assinados com o nome “Lucinda Riley” por conta do seu casamento com Stephen Riley, com quem ficou casada até o falecimento.

Além disso, as obras de Lucinda também saíram das páginas e tiveram a intenção de parar nas telinhas. Em 2016, a série das Sete Irmãs teve os direitos comprados, mas ainda não foi lançada. Ano passado ela participou de uma live com a Arqueiro e disse que estava participando diretamente de todos os detalhes da produção. Mas, não sabemos como ficará após a morte da autora.

Sim, Lucinda amava o Brasil e já declarou isso várias vezes. Nessa mesma entrevista com a Arqueiro ela falou sobre a emoção de ter visto o Cristo pela primeira vez. Além de ter falado sobre o primeiro livro da série As Sete Irmãs que se passa aqui no país. E não é só isso! Ela chegou a vir para o Brasil algumas vezes para as Bienais de São Paulo e do Rio de Janeiro e também visitou a cidade de Abadiânia, em Goiás. Ou seja, muito brasileirinha, não é mesmo?

“Ir à Bienal foi provavelmente a mais incrível experiência da minha carreira literária. Havia 300, 400 pessoas gritando. Foi emocionante. Meu momento Madonna. Viajo o mundo todo, vejo muitos lugares, mas normalmente não sinto o que o Brasil despertou em mim. Como alguém pode explicar isso? Meu nome é Lucinda, tão português. Somos ingleses, por que meus pais me deram esse nome? Quem sabe eu não estive aqui há 200 anos?”

No ano de 2019, a Lucinda deu uma entrevista para um jornal norueguês contando que estava com um câncer de esôfago. Ela continuou suas atividades como escritora durante os 4 anos desde que descobriu a doença. E, a sua última obra, que ainda terá o lançamento, foi o último livro da famosa série As Sete Irmãs.

Então, como já mencionamos lá no início da matéria, no dia 11 de Junho a Lucinda nos deixou junto a sua família que a amava tanto. Além de 4 lindos filhos, ela nos deixou inúmeros legados com as suas histórias tão profundas e emocionantes.

Essa é nossa homenagem a essa atriz e escritora incrível que se foi, mas sempre estará presente através das suas obras. Muito obrigada por toda a sua contribuição na literatura, Lucinda. Você é inesquecível! Que os familiares, amigos e fãs recebam esse post como um grande abraço de conforto perante esse momento que é tão difícil, mas que deixa uma mensagem que ela sempre fazia questão de reforçar: “O momento é tudo o que temos”!

Beijos!

Anúncios

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

4 Comentários

  • Adoro todos os seus livros…para mim foi um perda irreparável.

    • Redação Livros & Fuxicos
      Redação Livros & Fuxicos
      18 agosto, 2021

      Ela era um escritora incrível mesmo, Maria! Estará eternizada através das suas grandes histórias ♥

  • Eliane
    08 julho, 2021

    Olá Paola
    Que bela homenagem !!
    Infelizmente uma grande perda os todos os familiares. e para o mundo literárioMas pelo que li acima ela teve uma partida tranquila junto aos seus filhos e marido.
    Perdemos uma grande escritora mas assim é a vida .
    Não sabia desse carinho que ela tinha para com nosso país!E sempre que posso eu adquiri os livros dela .

    • Redação Livros & Fuxicos
      Redação Livros & Fuxicos
      09 julho, 2021

      Obrigada pelo carinho de sempre, Eliane! Uma grande perda realmente, mas ela estará sempre eternizada através das suas histórias ♥