Anúncios
maio 10, 2022

DICAS DE LIVROS PARA MAMÃES

Domingo foi Dia das Mães e esta é uma data feita para celebrar com aquelas que aceitam a grandiosa e custosa tarefa de doar-se inteiramente para outro ser humano. Isso tudo enquanto aprendem mais sobre o poder do amor próprio. Maternar é entrega, afeto, aprendizado e amor! Todas essas coisas possuem o poder de nos deixar cada dia mais felizes.

Pensando nisso, montamos uma lista maravilhosa com alguns livros sobre maternidade, experiências, aprendizados e sobre o ato, em si, de maternar. Continua aqui na matéria e vem conferir tudo logo abaixo!

 

EU NÃO NASCI MÃE

“Para muitas mães e pais, é tentador acreditar na ilusão de que criar um filho depende de seguir manuais. Os modelos de parentalidade são múltiplos e, apesar da existência deles, cuidadores continuam sofrendo com a culpa e o receio de não fazer um bom trabalho. Por isso, ao invés de buscar respostas prontas, se faz cada vez mais necessário desenvolver um novo olhar para a parentalidade.

Nesse sentido, Lua Barros se vale de sua experiência como educadora parental e mãe para, ao invés de propor fórmulas ou receitas, trazer questionamentos. Essas questões que ela levanta se baseiam em suas próprias experiências e em teorias da educação, com o intuito de conduzir o leitor a se perceber no processo de educar a criança e, principalmente, se (re)educar para encarar uma parentalidade mais saudável.”

Link: https://amzn.to/3vYqtEj

 

MÃE FORA DA CAIXA

“O Mãe Fora da Caixa não é só um livro de relatos de vivências maternas, é também um abraço de cura. Aqui nos sentimos representadas e acolhidas nos desafios e nas doçuras da maternidade. Aqui somos impulsionadas a nos libertarmos dos pré-conceitos sobre o mundo materno e a nos permitir a audácia de sonhar, de nos reinventar e de viver a maternidade de forma leve, prazerosa, sem críticas, regras e julgamentos.”

Link: https://amzn.to/399hmri

 

60 DIAS DE NEBLINA

“Uma coletânea de crônicas, palavras que narram o auê do cotidiano, o rir para não chorar, o amor que tira e coloca o chão, as gargalhadas sinceras, as frustrações que descem com o café já gelado. A perfeita bagunça de sentimentos que habita o coração de toda mãe. 60 dias de Neblina, um livro sobre você, sobre mim, sobre a mãe que você esbarra na fila do caixa do mercado. Um livro sobre nós, e sobre essa jornada enlouquecedora, incrível que é a maternidade.”

Link: https://amzn.to/3FzIR9J

 

MATERNIDADES NO PLURAL

“Não existe jeito certo de ser mãe: maternar é um amplo leque de possibilidades. Annie Baracat, por exemplo, enfrentou resistência até de amigos quando adotou uma criança e se tornou mãe solo por opção. Já Ligia Moreiras nunca sonhou em ser mãe, mas aprendeu a percorrer o caminho da maternidade sozinha e hoje ajuda outras mulheres a fazerem o mesmo. Junto com seu primeiro filho, Deh Bastos nasceu como mãe e renasceu como mulher preta.

Glaucia Batista não imaginava que teria que se adaptar à maternidade atípica, mas passou por esse processo duas vezes. Depois de abandonar o projeto hollywoodiano de família heteronormativa, Marcela Tiboni pôde vivenciar a dupla maternidade. Mariana Camardelli, por sua vez, aprendeu na prática que é possível maternar (e amar) filhos que não são seus. Aqui estão algumas das muitas maneiras possíveis de cuidar e de ser mãe em um mundo cada vez mais diverso e aberto às diferenças.”

Link: https://amzn.to/3kTDNDN

 

MATERNIDADE: UM ROMANCE

“Em Maternidade, Sheila Heti reflete sobre os ganhos e as perdas para uma mulher que decide se tornar mãe, tratando a decisão que mais traz consequências na vida adulta com a franqueza, a originalidade e o humor que lhe renderam reconhecimento internacional por seu livro anterior, How Should a Person Be?.

Ao se aproximar dos quarenta anos, numa fase em que todas as suas amigas se perguntam quando irão ter filhos, a narradora do romance intimista e urgente de Heti ― no limiar entre a ficção e autorreflexão ― questiona se aquela é uma experiência que ela quer ter. Numa narrativa que se estende ao longo de muitos anos, moldada a partir de conversas com seus pares e seu parceiro e de sua relação com os pais, ela se vê em um embate para fazer uma escolha sábia e coerente. Depois de buscar ajuda na filosofia, no próprio corpo, no misticismo e no acaso, ela descobre a resposta num lugar bem mais familiar do que imaginaria.”

Link: https://amzn.to/3FzndCM

 

AS PRIMEIRAS QUATRO ESTAÇÕES

“Após sua primeira gestação e em seu primeiro ano como mãe, a escritora e influenciadora Fernanda Witwitsky teve que lidar com muitas dúvidas, medos e anseios. Assim, As primeiras quatro estações nasce do desejo de Fernanda por compartilhar seus aprendizados e dar dicas que possam ajudar outras mães a compreenderem que é possível passar por esse processo sem necessariamente perder uma perspectiva real e carinhosa sobre a sua nova vida.

Assim como as estações do ano, a maternidade também traz consigo um novo tempo sobre a vida. Cada estação tem suas peculiaridades: dias frios ou quentes, folhas coloridas ou secas. E, por mais que possamos sentir que estamos passando por determinada estação sozinhos, a verdade é que as diferentes estações do ano acontecem para todos. Todos nós passaremos por uma repetição de momentos felizes e momentos difíceis na nossa vida, e assim também acontece na maternidade.”

Link: https://amzn.to/3PbJCdu

Gostaram da lista? Se vocês tiverem outras dicas de livros assim, deixa aqui nos comentários!

Beijos!

Anúncios

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário