Fuxicando Sobre Chick-Lits: Legalmente Loira - Amanda Brown


"Chick-lit" é um gênero literário que abrange a vida da mulher moderna, sendo voltado, principalmente, para o sexo feminino. São romances leves, com um toque de humor, que narram o quotidiano e entram fundo nas dúvidas e emoções das personagens, transmitindo, normalmente, a sensação de estar lendo o relato de uma amiga. As história nesses livros poderiam facilmente ser uma conversa entre garotas ou mulheres, na qual há compartilhamento de sonhos, segredos, confissões.




Oi gente!

Não, vocês não leram o título do post errado. "Legalmente Loira" é baseado em um chick-lit!
Vocês sabiam? Porque eu não fazia a menor ideia e quase caí da cadeira quando descobri!
Eu estava procurando algo legal para trazer para vocês e resolvi procurar por mais filmes/séries que tivessem sido baseados em chick-lits (lembrando que esse é o tema de Abril do Desafio Fuxicando Sobre Chick-Lits e que já fiz um post sobre chick-lits adaptados aqui e aqui) e que eu ainda não havia indicado para vocês, e eis que faço essa descoberta!
Fiquei tão empolgada, principalmente por ver que há vários livros protagonizados por Elle Woods, que resolvi fazer o post apenas sobre essa série e a autora!

Bora conferir?




Legally Blonde surgiu a partir de uma compilação de cartas e contos escritos por Amanda Brown enquanto cursava direito na Faculdade de Stanford. Em um dos primeiros encontros de alunos no início das aulas,  no qual diz que todas as mulheres lá pareciam zangadas, Amanda deu risada de uma situação que todas as outras pessoas levavam muito a sério. Como resultado, acabou não fazendo amizades e se sentindo deslocada em um ambiente tão anti-social.
Então, passou a observar as pessoas ao seu redor e a escrever cartas para seus amigos - em papeis rosa e com uma caneta com plumas rosas - com o objetivo de se divertir e se distrair. No final, acabou escrevendo por volta de 300 páginas, e foi quando decidiu enviá-las para uma agente literária, que notou o manuscrito por ter sido escrito inteiro na cor rosa. O manuscrito logo foi enviado para diversas editoras e produtoras, e foi quando a MGM comprou os direitos para produzir o filme. Porém, nenhuma editora se interessou na publicação.
No fim, o livro foi publicado pela primeira vez em junho de 2001, um mês antes do filme ser lançado nos EUA.

Fontes: 1, 2, 3

Sinopse: Elle Woods, sênior pela Universidade da Califórnia, parece ter tudo. Presidente do clube Delta-Gama, está prestes a ser tornar a Sra. Warner Huntington III. Infelizmente, Warner, que acaba de ingressar na Faculdade de Direito de Stanford, termina com ela com a explicação de que, agora, ele precisa de uma mulher "mais séria" ao seu lado. Disposta a enfrentar essa inesperada virada de sorte, Woods não fica deprimida, mas sim, ocupada.Graças a um criativo vídeo de solicitação e a uma demanda por "diversidade" em Stanford, Ella é admitida. Logo, ela está rumo ao norte com seu conversível e seu chihuahua, determinada a ganhar novamente seu homem. Esperto, rápido e divertido, Legally Blonde prova quanta diversão as loiras podem ter.
Retirada do Goodreads.

Elle Woods ficou tão famosa que o filme ganhou uma continuação e Amanda Brown acabou escrevendo mais quatro livros protagonizados por ela. A série Elle Woods narra a vida de Elle durante seus anos de High School, do segundo ao quarto ano (nos EUA, o Ensino Médio dura quatro anos e não três, como no Brasil).


Sinopse: Blonde At Heart (publicado em Maio/2006)
Quando Elle Woods, uma estudante do segundo ano do Ensino Médio, se apaixona por Hunter Perry, a estrela do time de basquete que defende o espírito esportivo da escola, decide transformar as líderes de torcida, o time de basquete e a si mesma.

Sinopse: Beach Blonde (publicado em julho/2006)
Quando Elle Woods descobre que alguém está poluindo a água e ferindo as focas de sua praia favorita, ela cria um plano para impedir o culpado.



Sinopse: Blonde At Love (publicado em Janeiro/2007)
Elle está ocupada durante seu terceiro ano de Ensino Médio com suas atividades de líder de torcida e de governo estudantil, mantendo, tentando manter seu salão favorito impedido de ser fechado e tentando descobrir como conseguir Hunter, que dizem ter sido visto saindo com outra garota, de volta à tempo para o Dia dos Namorados.

Sinopse: Vote Blonde (publicado em Agosto/2008)
Elle planeja sua campanha para presidência do corpo estudantil depois que ela ouve que o outro candidato planeja se livrar das danças da escola, mas alguém está tentando sabotá-la. 



Amanda Brown tem outros dois livros publicados. Family Trust, publicado pela primeira vez em 2003, foi cotado para ser adaptado para o cinema, mas o projeto não foi adiante. School of Fortune, por sua vez, lançado em 2007, também está cotado para ser adaptado, tendo Ashley Tisdale, Julie Andrews e Justin Long no elenco, mas, até agora, nada foi confirmado.




Quem mais adoraria que Legally Blonde fosse lançado por aqui? Eu amei o filme e a leitura deve ser tão divertida quanto a adaptação.

Espero que tenham gostado!

Beijos para todos!


13 comentários:

  1. nossa, eu também não sabia!!!
    fiquei encantada! *-*
    adoro os filmes e agora quero muito muito muito ler os livros ;~~
    eu iria AMAR se fosse lançado aqui :D

    ResponderExcluir
  2. Sempre amei os filmes, mas nunca me perguntei se haviam livros. Adorei saber!

    Bjs

    ssentrelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Cai da cadeira[2] haha
    Que incrivel! *-*
    Adorei saber também!:D

    ResponderExcluir
  4. Gente, TEM que ser lançado por aqui! Não é exatamente o meu gênero literário, mas o filme é incrível , e espero sinceramente que o livro não decepcione. Seria interessante acompanhar as outras histórias, tem petição pra assinar? ASHUAHUH
    Não sabia que era baseado em um livro, simplesmente incrível!

    thetheatredesvampires.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Hey Aione!
    Também fiquei surpresa em saber dos livros!

    Adoro os filmes, apesar de não ter visto o 3 ainda, e a Elle Woods poderia ser parente da Becky Bloom HAHAHA

    Parabéns pela coluna!

    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  6. Eu cai da cadeira também. Já tinha caído ao ler o título do post.
    E não é que o que eu achei mais legal foi que a série deu um revertério?!
    Ela retornou na história, ao invés de avançar. Achei isso o máximo.

    Quero quero quero!!!


    liliescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Aione, tive um treco agora!! Como assim existe o livro, e como assim não tem no Brasil? Minha nossa, não sei se fico feliz ou triste.. kkk Simplesmente amo a Elle e o filme!! É um dos meus preferidos. Vou ir atrás dos livros da autora com certeza. Obrigada pela preciosa dica!! Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  8. Gosto bastante dos filmes, são bem divertidos. Chick-lit não bem meu gênero favorito de leitura, mas leria os livros se fossem lançados aqui.
    Beijos
    fromafallenangelsheart.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. =OOO eu naao acreditooo!
    eu amoo demais esse filme, se nao fosse por voce eu morria sem saber!
    pena nao ter no brasil. se não ja estariam na minha lista de aquisições rsrs

    Beijinhos, Dreeh.
    Livros e tudo que há de bom

    ResponderExcluir
  10. Adoro os filmes, com certeza os livros devem ser divertidíssimos.
    Pena que não foram lançados por aqui :(((

    BEIJOS

    ResponderExcluir
  11. Oi Mi*
    Adoreii, eu iria gostar muito de ler os livros.

    Beijos*

    ResponderExcluir
  12. Nossa, to boba! Tb não fazia ideia disso! Pena que os livros não tem aqui, né? Eu adoro o filme, acho mt engraçado! Eu gosto dos Chick-lit, principalmente por ser uma leitura leve, adoro intercalar com livros um pouco mais pesados. Esse gênero é ótimo pra relaxar!

    beijos, adorei o seu blog
    Kel
    http://porumaboaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Mi...Adorei, também não sabia que Legalmente Loira era um Chick-lit, adoro o filme e gostaria sim que fosse lançado aqui no brasil ^^
    Beijos flor

    ResponderExcluir