[Resenha] Paixão – Nicole Jordan

A bela e sensual Aurora Demming acaba de perder o seu prometido e para garantir seu futuro, seu autoritário pai arranja-lhe um casamento de conveniência com um homem bem mais velho que ela. Com o fim de espantar a tristeza da sua vida, viaja às Ilhas Britânicas Ocidentais onde conhece Nicholas Sabine, um perigoso e sedutor americano condenado à forca por assassinato e pirataria com quem faz um estranho pacto. Aurora aceita se casar com o enigmático estrangeiro e tornar-se tutora de sua meia-irmã para fugir do acordo paterno. Há porém outra condição essencial, é preciso legitimar a união dos dois e para isso, a angelical donzela deverá realmente consumar a noite de núpcias, um breve espaço de tempo no qual o encantador Nicholas mostrará a Aurora parte dos segredos voluptuosos de dois corpos em um mesmo leito. Viúva, de volta à sociedade inglesa e com a irmã de Nicholas sob a sua responsabilidade, ela inicia uma nova vida, independente mas desprovida de amor.
Romance Histórico || 400 Páginas || Cortesia Editora Planeta || Skoob || Compare & Compre|| Classificação: 4/5
Romântico e sensual na metida certa. Mesmo sob o peso do seu sobrenome, e consequentemente da sua alta posição social, Aurora Demming não leva uma vida fácil. A mercê do humor instável e controlador do seu pai desde jovem ela aprendeu a seguir as regras impostas por ele e, acostumada com as injustiças feitas pelo patriarca de sua família, desenvolveu um espírito conciliador e propício a ajudar e defender os menos favorecidos. Assim, após perder seu grande amigo e futuro noivo a jovem encara mais uma das ordens absurdas do seu pai: um casamento arranjado sem amor. Ciente de seu dever ela está prestes a aceitar tal compromisso quando surge em sua vida o charmoso e perigoso Nicholas Sabine – nada mais nada menos do que um famoso pirata americano condenado à morte. Ele tem menos de duas noites de vida, mas vê nela a solução de todos os seus problemas, já ela deveria fugir dele, mas seu coração clama em ajudá-lo... Para terem o que precisam tudo o que eles devem fazer é se casar, viver uma noite na plenitude da união de marido e mulher e então, seguirem cada um o seu destino: ele morto mas em paz, e ela viúva só que independente.
Eu jamais quis encontrar um amor assim – uma paixão intensa. O tipo que domina e faz perder o controle. Mas não tive escolha. Não depois que encontrei você.

A premissa do livro, por mais previsível que seja, é intensa e demasiadamente envolvente. A obra é dividida em três partes: a primeira quando Nicholas e Aurora se conhecem; a segunda no momento em que Aurora refaz sua vida sem a presença de Sabine; e a terceira quando a promessa de uma paixão avassaladora vem bater à sua porta. Sendo assim, a primeira parte é rodeada de promessas, perdas e recomeços. O casal está fadado a não dar certo, por isso eles se entregam sem medo a uma noite de paixão e esperança, uma noite que marca Autora para sempre, fato que torna a segunda parte do livro dolorosa e repetitiva. Autora perdeu sua mãe, perdeu seu antigo noivo e agora perdeu Sabine, homem que em pouco tempo conquistou seu carinho e admiração para então ser levado abruptamente de sua vida. Cansada de tantas perdas ela se fecha para o mundo, fazendo-nos ler sobre uma jovem que quer ajudar todos ao seu redor, mas não aceita a ajuda dos outros – e pior, um jovem que não vê o quão gélido é o mundo de solidão que escolheu viver. Nesse momento a leitura se tornou cansativa, pois, o que era tão óbvio para mim era invisível para Aurora; suas dores, medos e traumas a tornaram uma jovem que coloca os desejos e sonhos dos outros acima das suas próprias vontades, e isso me irritou profundamente. Ora bolas, ela teria poupando várias noites sem sono se tivesse abandonado a razão e simplesmente escutado seu coração, porém, quem é mesmo que faz isso? Porque cargas d’água somos seres tão racionais?
É nesse impasse que adentramos a terceira parte do livro – que para a mim foi a mais deliciosa e que me fez relembrar o motivo de gostar tanto da autora. E aqui, eis um parêntese: Sedução, livro antecessor de Paixão, foi o primeiro romance adulto histórico que li em minha vida, foi por meio dele que o gênero se tornou o meu favorito, então eu estava com altas expectativas com relação à leitura de Paixão e, foi na terceira parte do livro que a autora mostrou todo o seu potencial, inundando meus sentidos com imensas cargas de romance, paixão, superação e até mesmo mistério. Foi nesse momento que eu pensei: sim, essa é a Nicole Jordan que eu tanto admiro.
Sabe o tipo de livro que é sensual, mas extremamente romântico? Que tem cenas de sexo, mas que envolvem sentimento, compromisso, entrega e união não só carnal, mas principalmente emocional? Pois bem, é isso que lemos aqui. Além disso, a autora ainda apresenta uma ideia de amor que cura e liberta, do tipo que prova o quão forte esse sentimento pode ser. É claro que é fantasioso, ou até mesmo água com açúcar em demasia, porém é o tipo de história que arranca suspiros e emociona até os leitores de coração de pedra, e olha que esse nem é o melhor livro da autora. Então de duas uma: se você leu Sedução vai esperar mais de Paixão, mas mesmo assim vai apreciar a leitura, já se você ainda não leu nenhum livro da série, pelos céus, o que você está fazendo lendo essa resenha? Vai lá ler algo da Nicole Jordan, tipo, AGORA! Risos.
É importante dizer que o livro contém cenas de sexo e que, se você não leu Sedução, por mais que me doa dizer isso, pode ler Paixão sem medo, pois as histórias são independentes.
Sobre a Série
Paixão é o segundo volume da série histórica (do período da regência) intitulada como Notorious. Tal saga é composta por cinco livros: TheSeduction (Notorious, #1) , ThePassion (Notorious, #2) , Desire(Notorious, #3) , Ecstasy(Notorious, #4) , ThePrince of Pleasure (Notorious, #5) .

   
   
Todos os livros da série possuem início, meio e fim, por isso pode ser lidos de forma separada. Entretanto, como cada livro conta a história de amor de um grupo de notórios cavalheiros conhecidos por sua libertinagem, tanto é que fazem parte de um mesmo clube para cavalheiros e chegam a compartilhar um forte laço de amizade, é melhor ler os livros pela ordem, evitando assim pequenos spoilers. Por exemplo, no caso de Paixão o casal (lindo ) de Sedução aparece, mesmo que rapidamente, na história.
Para quem gostou de...
Trecho (s) Marcante (s):
Estava acostumado a resgatar donzelas em perigo, mas normalmente o perigo era tangível. Dessa vez, porém, teria de salvar Autora de si mesma. Ele a teria como mulher... e a faria esquecer que já havia amado outro homem.
(...) não creio que serei capaz de amar outro homem além dele. Mas, mesmo se pudesse, jamais daria novamente meu coração. Dói demais perder alguém de quem se gosta.
- Um dia você vai ter de encarar seu medo, querida. Você teme a vida, teme tanto que se enterrou viva. Mas não pode deixar de viver simplesmente por achar que pode se machucar.
Capas pelo mundo (+ aqui)
  




Top Comentarista, participe Aqui

35 comentários:

  1. Não conhecia a série e Gostei muito da resenha fiquei bastante curiosa!!Estou precisando de um livro assim com um bom romance arrebatador onde há conflitos entre o amor e a razão, aiaiai precisando suspirar um pouco ando lendo muitos livros tensos.. rsrsrs
    Nada como um romance envolvente para me alegrar =)
    Gostei da capa achei bem fofinha!!
    Bjus

    ResponderExcluir
  2. Comprei sedução mas ainda não li, dei uma bisbilhotada em alguns pedaços apenas. Gostei desse outro, parece bem clichê, mas parece uma leitura divertida e gostosa apenas, não um livro que vai mudar minha vida srsrsrs
    Na lista!
    bju

    ResponderExcluir
  3. As capas são lindas! Me apaixonei por todas hahahahaha. Já entrou na lista.
    http://narrandoansiedade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Gostei da sinopse. Vou dar uma procurada. Confesso que achei as capas feias, as do meio, não consigo gostar de capa assim. Mas tai um exemplo que não podemos julgar o livro pela capa.

    ResponderExcluir
  5. Não me interessei muito pela história, apesar de adorar romances. A primeira parte parece ser bem maçante com as lástimas da Aurora. Apesar dos livros poderem ser lidos separadamente, estou cansada de séries.
    Gostei mais da capa brasileira do que as americanas.

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia essa série, pela sinopse e pela sua resenha parece ser muito interessante. Adoro romances! E a capa brasileira é muito bonita.
    Abraços e parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  7. Oi!!!
    Gostei muito da resenha. Adoro romances históricos e ia gostar bastante desse livro.

    Bjo

    ResponderExcluir
  8. Tô louca para ler Sedução, o primeiro livro, porém o preço não o faz muito acessível. E agora me vem o segundo livro Paixão, que estou louca de vontade de ler. Amo romances!!!! Nicole Jordan já está garantida na minha lista de presentes de Natal!!

    ResponderExcluir
  9. É verdade flor, ás vezes somos racionais até demais! Bom, eu amei a resenha, a história parece ter potencial e já percebi que temos gostos parecidos, então acho bem provável que eu também curta!

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Adorei a resenha e fiquei com muita vontade de ler os livros, eles vão para minha lista de leituras e fiquei curiosa para saber mais sobre a autora, pois ainda não a conhecia.

    http://livroscomaflor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Já conhecia esse livro e li várias resenhas que falavam bem dele. To com muita vontade de lê-lo, a história parece muito boa, e é o tipo de livro que eu gosto de ler, que tem tudo na medida certa. Adoro esses romances e tenho certeza que vou amar esse livro ♥

    ResponderExcluir
  12. O livro é muito bom! Mas gostei mais de Sedução! Bora ler os livros da Nicole Jordan! ;)

    ResponderExcluir
  13. Olá Pah, tudo bom?

    Não sou muito acostumado a ler livros desse gênero (estilo livro de banca). Para mim, parecem clichês e repetitivos. Só que ultimamente li um livro, A Irmã de Ana Bolena, que fugiu de todas as regras e mostrou ser um belo romance, o que me deu forças para dar chance a livros desse gênero. No caso de Paixão, a premissa parece ser a mesma de sempre, aqueles romances bem açucarados e previsíveis. Apesar disso, sua resenha me deixou com uma curiosidade pequenina, principalmente por você ter destacado que era uma história envolvente.

    Beijos,
    Lucas
    ondeviveafantasia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Não gosto desse tipo de livro, ainda mais sendo histórico. Realmente não faz meu estilo nem me chamou a atenção, nem a história nem nada, entretanto sei que muita gente gosta desse ttipo de do livro. Não me interessei nem um pouco =/

    ResponderExcluir
  15. Gostei muito da história, pelo que entendi é uma coisa meio "novela" não é? O que eu achei mais interessante é que podemos ler fora de ordem porque mesmo assim entenderemos!

    Beijos

    pomardoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Sensualidade e romantismo...não poderia ser melhor.
    Fiquei com vontade de ler o livro, gosto quando o livro é dividido em partes. E esse parece ser realmente envolvente como vc disse. Não conhecia esse livro. Muito produtiva e bem escrita a sua resenha. Gostei!!! Bjokass

    ResponderExcluir
  17. Oi Pah, nunca tinha ouvido falar nesse livro, mas adorei sua resenha e fiquei curiosa em lê-lo. Não sou fanática por romances, mas tem vezes que gosto de ler algo desopilante e que me faça suspirar, e pelo visto esse livro é desse tipo.. hehe Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  18. Oi Pah!!!
    É muito difícil, sempre tento iniciar algum romance histórico e chega uma hora em que não consigo mais. Já vi em vários vídeos sua paixão por este gênero, e isso é empolgante. Queri gostar e sentir as mesmas coisas quando leio, mas infelizmente ainda não foi possível.
    Nunca tinha ouvido falar deste livro, até mesmo por não buscar muito sobre o gênero. Mas confesso que lendo seu ponto de vista achei interessante. Por se tratar de um romance adulto em que não contém só o relacionamento carnal dos personagens (como na maioria dos livros do gênero) torna-se diferente e mais prazerosa a leitura.

    Ah, li que você é de Maringá, muito difícil encontrar pessoas aqui da região pela blogosfera. Moro pertinho, só que mais no interior, ou seja, não tem livrarias grandes aqui como tem aí, droga!!! kkkk

    Beijão
    Jéssica
    http://www.bestherapy.net/

    ResponderExcluir
  19. Eu ADORO os livros da autora esse e paixão são os meus favoritos, eu tenho a versão portuguesa

    Bjo

    Pah - Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  20. Fiquei mito interessada no livro, quero ler também o Sedução que vc tanto gostou, estou amando romances históricos...

    ResponderExcluir
  21. Oi Pah, :)

    Você totalmente conquistou minha atenção por essa série, com sua resenha, sério *-*

    Relembrando que foi você quem me impediu de fazer a loucura de desistir de romances históricos hot's... rs' Esse realmente parece ser meu tipo. Principalmente por você ter dito que eles não se perdem nas cenas hot a ponto de esquecer o amor... fico com tanta pena quando livros incriveis se perdem assim. Já desisti de alguns que tinham um casal que poderia ser incrivel se mostrasse seus sentimentos, mas que a autora só deixava claro que um não conseguia manter as mãos longe do outro O.o' rs'

    A parte da resenha que mais me cativou foi essa:
    "Além disso, a autora ainda apresenta uma ideia de amor que cura e liberta, do tipo que prova o quão forte esse sentimento pode ser." *-----*
    Pronto; já quero Sedução e Paixão ;) kkk'

    P.s; Ai, Pah, sobre On Dublin Street... amei totalmente!! Juro, me apaixonei pelo Branden sem ele nem dizer nada já na cena do táxi *---* - mais do que irresistível esse cara u.ú kkk'
    Tudo bem que ás vezes ficava irritava com o modo como a Joss vivia querendo 'escorregar' das mãos dele, mas era compreensível depois do que ela passou... acho que me irritei porque eu já tinha sido conquistada muito antes dela e queria que ela o visse através dos meus olhos O.o' rsrs'

    Obrigada por me fazer sentir bem vinda Pah. Voltei pra ficar o/

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir
  22. Só o nome já chama a atenção dos ramanticos de plantão, e a sua resenha só intensifica td q a gente imagina, espera e deseja qdo ta afim de um bom romance..
    Mas, combinamos que chegar até a terceira parte deve ser dificil.. ou vc conhece mto bem a autora ou desiste na metade, foi a minha impressão tendo em vista que eu não conheço a autora...
    Eu prefiro mto mais aqueles livros que estouram nas emoções logo de cara do que os que reservam tais sentimentos ao leitor só para o final.
    Mas por td que vc falou da autora e pela sua resenha, quero procurar ler alguma coisa dela.

    bjs

    ResponderExcluir
  23. Não conhecia a autora, gostei muito do que li na resenha e acabei de ganhar mais dois livros para a minha lista quilométrica de leitura.

    ResponderExcluir
  24. Eu nunca li nenhum livro desse gênero literário :S Na verdade eu nem saberia por onde começar hahaha
    Gostei bastante da resenha, talvez eu leia (depois de ler o primeiro) :D

    Beijo

    ResponderExcluir
  25. De novo acho que a capa brasileira esta mais linda de todas.
    O livro tem tudo para prender o leitor. Obaa!!
    Eu queroo. Amiga, valeu pela dica de novo.

    ResponderExcluir
  26. Eu adoro ler livros que quentes e bem românticos que vão muito além de apenas o desejo carnal, sabe?
    Eu fiquei com muita vontade de ler esse livro e conhecer tudo sobre o casal <3

    ResponderExcluir
  27. Eu não sabia dessa série eu, já havia visto esse livro Paixão lá no meu serviço, mas nunca pensei em ler ele, sei lá acho que a capa não me agradou muito, mas agora sabendo a historia do livro fiquei super curiosa, e acho super legal ser uma série independente, mas mesmo assim gosto de ler em ordem, como você eu acho já que lhe doía falar de podia ler o segundo sem ter lido o primeiro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Talvez eu tenha ficado com uma certa curiosidade para saber sobre essa divisão do livro em três partes. Eu gosto de histórias de romance e creio que não vou me decepcionar.
    A capa brasileira é mais bonita que as estrangeiras hahahaha

    ResponderExcluir
  29. Oii Pah!
    Lendo a sinopse de "Paixão", me lembrei do livro "Shanna" da Kathleen E. Woodiwiss.
    Eu adorei "Sedução", é um ótimo livro, e estou aguardando ansiosamente para poder fazer a leitura de "Paixão". Adoro os livros da Nicole Jordan.
    "Paixão" parece ter uma história muito interessante, e fiquei muito curiosa para saber o que vai acontecer =D

    Adorei a resenha!
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  30. Fiquei meio em dúvida se eu gostaria de ler o livro :/

    ResponderExcluir
  31. O livro parece ser muito bom, mas ainda estou em duvida se leio ou não...

    ResponderExcluir
  32. Como já falei, livros adultos não é meu tipo de leitura preferida. Mas, a historia deste livro é interessante. Nunca tinha ouvido falar desta serie. Quem sabe num futuro próximo eu não leia, já q tem romance (algo q eu gosto de ler).
    Beijos

    ResponderExcluir
  33. Eu jamais pegaria esse livro para ler sem uma indicação. Não sou a primeira fã de romances com essa vibe de 'historicos' (e adultos), embora tenha gostado dos que li! Mas é só uma birra que tenho e preciso sempre de recomendações (ou nome) para ler!
    Achei a premissa bem dramatica e isso tb não me faz querer sair correndo pra ler.
    Mas que bom que vc curte a autora e foi ela que fez vc gostar do genero! Eu ainda não tenho essa predileção, mas talvez ainda não tenha encontrado o livro certo! Talvez um dia eu leia um e me apaixone ;)


    bjss

    ResponderExcluir
  34. Como você disse que a série é formada por livros independentes, eu não tive problemas com spoilers e gostei bastante da história do livro, apesar de não ter gostado de saber que Nicholas irá morrer, como assim o mocinho não ira sobreviver?! Mesmo assim me fez pensar que na terceira parte um outro amor irá aparecer na vida de Aurora e a tirar de sua solidão. Então vou procurar saber um pouco mais da autora, mas se você gosta tanto de romances históricos com certeza você tem que ler os livros da Judith Mcnaught!!

    ResponderExcluir
  35. Se emociona até os leitores de coração de pedra, imagina eu, que sou manteiga derretida rs.
    Pela resenha fiquei com a impressão de que a historia toda é muito triste, sensível, e cheia de paixão (como o nome diz).
    Torço pro Nicholas não morrer... Agora vamos ler pra descobrir né.

    ResponderExcluir